Não se iludam: este é o duelo final

13 de outubro de 2014 § 35 Comentários

a4É assustador esse abraço sem nenhum pudor do PT na mentira.

Dia após dia os jornais trazem novas coleções de dados e de desmentidos que confirmam a profundidade do buraco em que o país vai entrando mas nada abala a cega confiança do partido de Dilma Rousseff, seja na impermeabilidade dos grotões que vivem da Bolsa Família à informação que circula nas velocidades do 3º Milênio pelo Brasil metropolitano, seja na condição que acredita ter de calar esse Brasil mais moderno de que o PT se vai divorciando cada vez mais irreconciliavelmente com esse seu casamento acintoso com a mentira.

Quanto mais avança a campanha mais claro fica que o PT, encurralado, está assumindo um risco calculado do qual não ha retorno possível: ou perde a eleição, ou ganha e fecha o regime quando os fatos já não puderem mais ser encobertos por palavras.

Ver João Santana repetir friamente todos os dias pela boca de uma Dilma Rousseff despida dos seus atributos e características pessoais, com um olhar cândido, que a chuva de lama da Petrobrás sobre o PT, o PMDB, o tesoureiro Vaccari Neto e o resto do círculo íntimo do governo da ex-presidente do Conselho de Administração da estatal assaltada pelos “petrolões” não é senão o reflexo “da luta sem tréguas que o PT vem travando contra a corrupção” é algo que, por mais que se procure forçar outras leituras, só pode ser interpretado como antecipações das violências futuras que se tornarão necessárias quando as provas adiantadas pelas delações premiadas virarem processos e os fatos que os indicadores econômicos antecipam, já descidos inteiros às ruas, passarem a exigir do partido que mate mais do que apenas a verdade para não ser apeado do poder.

a3

A desmontagem do IBGE e a desconstrução da PNAD, termômetros do real estado da equação social brasileira e bússolas de orientação do investimento público, junto com a falsificação sistemática dos dados (hoje ha matérias em todos os jornais apontando as despesas subestimadas e as receitas irreais do orçamento de 2015), nos dizem das reais prioridades do partido que tem plena consciência do quanto são curtas as pernas dessas mentiras todas. Afinal, de que servem instrumentos criados para interrogar a realidade e proporcionar um balizamento racional do investimento público para um partido que não se vexa de construir a sua em pleno ar, à revelia dos fatos, e que afirma quase textualmente todos os dias que toda a ação do Estado, sob sua batuta, está voltada exclusivamente para comprar os meios de perpetuar o PT no poder?

Os passos anteriores nessa estrada são ainda mais inconfundíveis.

A promessa sempre reiterada de “controlar a mídia” deixou para traz o estágio dos “balões de ensaio” e dos “morde-e-assopras” de um partido supostamente “dividido” a esse respeito para entrar no programa oficial do PT para o segundo governo Dilma travestido num “controle econômico” que sinaliza que é do modelo argentino que se trata agora: pretendem “fatiar” as maiores empresas como foi feito com o grupo Clarín e, possivelmente, controlar o resto da imprensa livre apropriando-se da cadeia de insumos básicos (papel e telecomunicações) e exercendo chantagem regulatória e fiscal (multas e taxação da mercadoria “informação”).

a3

O Congresso Nacional que, desde o Mensalão, é este que, com os pouquíssimos desvios da regra de praxe, vai de Michael Temer, o possível vice-presidente de 5 bilhões de reais, a André Vargas, o sócio condenado ha décadas por falcatruas pregressas com o doleiro Alberto Youssef que dá punhadas no ar, como as de Genoíno e Zé Dirceu, na cara do degredado Joaquim Barbosa, mas resiste à renuncia enquanto os companheiros cozinham-lhe um novo julgamento.

Para o que porventura venha a sobrar em pé dessa instituição, já está vigente – conquanto ainda não aplicado – o Decreto 8243 assinado por Dilma Rousseff que dá aos “movimentos sociais” a serem escolhidos, nomeadamente segundo o decreto pelo Secretário Geral da Presidência, a prerrogativa de fazer leis ou de triar as leis feitas pelo Legislativo vetando as que estiverem fora do novo padrão de “direitos humanos” estabelecido pelo partido.

Por cima de tudo, Dilma acaba de incluir formalmente nas suas promessas de campanha também um “plebiscito” sobre as suas “reformas políticas”, uma forma, talvez, de legitimar um decreto nitidamente inconstitucional.

a3

A frente dos previsíveis recursos judiciais contra essas violências todas já está devidamente coberta pelo aparelhamento do Supremo Tribunal Federal que coroou os movimentos anteriores de domesticação das entidades de defesa da cidadania e dos direitos humanos tais como a OAB, hoje transformada em mais uma UNE, agora a dos advogados, que recebe mesada do governo.

Acentua o desconforto com essa sucesssão de “avisos prévios” a hesitação da campanha de Aécio em afirmar claramente – como afinal fez Marina Silva ao dizer que é de garantir ou não a alternância no poder que caracteriza a democracia que se trata – que é isso, nada mais, nada menos, que está em disputa nesta eleição.

A maioria democrática do eleitorado brasileiro, com o povo de São Paulo na vanguarda da corrida que, nos últimos dias da campanha, virou a eleição a favor de Aécio e Marina, compreendeu isso antes e mais completamente que os próprios marqueteiros do candidato.

O PT já entendeu que este duelo é final e abriu mão da metade do Brasil na esperança de levar a outra + 1 a dar-lhe a condição, se salvo pelas urnas, de mudar suficientemente a regra do jogo para calar a outra. Está na hora da campanha de Aécio comprar essa briga nos termos em que ela lhe foi proposta para que ninguém, lá na frente, possa alegar que votou desavisado do que realmente estava em jogo.

a3

Marcado:, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

§ 35 Respostas para Não se iludam: este é o duelo final

  • Geraldo disse:

    É exatamente o que penso destas eleições.
    Serão as últimas, tal qual as conhecemos.
    Se o PT vencer, as próximas serão apenas simulacros, iguais às da Bolívia.
    Se perder, voltará a competir democraticamente, de acordo com as regras do jogo, o que não faz já há algum tempo.

    Curtir

  • Fabio de Araujo disse:

    O segundo round da delação premiada começa nesta semana, com o doleiro Yousseff abrindo a caixa de Pandora. Apesar do nome do principal aliado do Lulo-Petismo, um senador do PMDB, estar guardado a sete chaves pelo doleiro, ele terá que declarar o nome ao juiz Sergio Moro. Mas o mais grave está pior vir que é a irrigação de volume expressivo de recursos financeiros da Petrobrás para a base política que apoia o PT desde o 1º mandato do ex-presidente Lula. Ou seja, a corrupção na Petrobrás não se limita ao ex-diretor de Abastecimento. O escândalo Mensalão II é muito maior do que o primeiro, do ponto de vista financeiro. Daí a razão do desespero da candidata Dilma Rousseff em criticar a liberação de informações, que ela chama de vazamento e da saída de cena de seu padrino político, o ex-presidente Lula.

    Curtir

  • Fernão
    impostura, fingimento, simulação e falsidade, em suma facetas do “vale tudo pra ganhar as eleições” segundo a candidata Dilma, ressaltando da presença da mentira em que busca vantagens aos votos dos menos esclarecidos.
    É isso sem considerar a corrupção na Petrobrás, que o “talentoso” Temer sugere acreditando que acabem as apurações após as eleições.
    Mereceria começar com a dele no Porto de Santos e de seu laranja ex- defenestrado Ministro Wagner Rossi.

    Curtir

  • José Luiz de Sanctis disse:

    Diante desse descalabro, onde estão ou o que estão fazendo os advogados do PSDB que não exigem o direito de resposta ao TSE? Assim usariam o tempo dos mentirosos para desmenti-los. Se o mocinho demorar para sacar, será morto pelo bandido.

    Curtir

  • José Luiz,
    Lembre-se de que o Presidente do TSE é o petista Dias Tóffoli. Creio que até é bom que falem à dar subsídios aos debates. O desesperado em geral comete sucessivas tolices dando espaço a serem, ao caso, ridicularizados, embora os petistas fanáticos pouco se importam .

    Curtir

  • Dá para acreditar que em seus pronunciamentos na tv a presidente-candidata Dilma indica de dois motes ao futuro governo, ou sejam:
    Igualdade?! seja social, financeira, econômica enfim qualquer uma não existe à começar pela própria natureza humana;
    E a pior: acabar com a corrupção!!!!
    Portanto, deixa falar, aliás, alimente-as que ajuda a afundar.

    Curtir

  • Valéria Rodrigues disse:

    Perfeito e irretocável! É nossa última chance mesmo.

    Curtir

  • Renato disse:

    Acho que, essa turma do PT estão abandonando o barco, antes que ele afunde. Vão deixar o país devastado, sucateado e irão fazer oposição, greves, passeatas…vão fazer de tudo para piorar oque já está ruim e, daqui quatro anos voltarem por cima. É tipico dos comunistas fazerem isso.

    Curtir

    • CECILIA THOMPSON disse:

      Concordo com tudo – menos no uso do termo ‘comunistas’. Comunistas não fazem isso – nem o PT JAMAIS foi comunista. Lênin e Trotsky estão se remexendo nas covas, dizenbdo: “EPA! assim não, já é demais…”

      Curtir

      • Renato disse:

        Cecília,
        Embora o termo ”Comunista” esteja esquecido do cenário politico atual.
        Seus meios de ação nunca estiveram tão atuais; luta de classes, aumento constante da criminalidade, militância, mentiras para se perpetuarem no poder, controle dos meios de comunicação…

        Curtir

  • Gustavo Goncalves (Silvestre) disse:

    O PT ja perdeu a hegemonia. Todos os militantes que possuia migraram para outros partidos menores, tipo PSOL, PSTU, PCO, et cetera. O Foro de Sao Paulo esta’ para Lula e Fidel como o Vaticano esta para Cristo: sem o lider, o resto nao existe.

    As manifestacoes no ano passado mostraram que o PT perdeu o controle sobre alguns dos movimentos sociais. Me parece que o decreto foi criado para a finalidade de “agraciar” estas criancas fugidas de casa, fazer com que os adolescentes rebeldes voltem para a casa de origem. Claro que alguns movimentos classicos como o MST ainda continuam sob a obediencia canina do PT/Lula, mas os novos movimentos, igualmente ou ate mais radicais, estao na verdade muito distantes do Foro de Sao Paulo.

    Portanto, se o PT perder as eleicoes, Lula sabe que vai-se embora o maior esquema de corrupcao e tentativa de tomada do poder. Sem o Foro de Sao Paulo, as taticas gramiscianas quase que totalmente tornam-se inuteis. Os tempos nao estao bons para o Lula.

    Por isto este descaramento constante, pintaram agora a Dilma como “coracao valente”, enquanto o Aecio deveria ter reagido ‘a altura e te-la chamado de “coracao terrorista”, apelido que considero mais apropriado.

    Deixo pra voces alguns links:

    Uma análise psiquiátrica da atual condição mental de Lula
    http://www.dm.com.br/texto/187061

    O texto acima e’ simplesmente sensacional.

    Advogado que representa acusado de ser líder de black bloc em SP é membro do PT e defendeu Cesare Battisti

    http://testemunha-do-caos.blogspot.com.br/2014/08/advogado-que-representa-acusado-de-ser.html

    Aqui mostra como o PT tentou agraciar. Na verdade o Lusvarghi nem de longe foi lider das manifestacoes do ano passado, mas se o PT enviou o mesmo advogado que defendeu Battisti e’ porque deve ter caido na conversa do Deic.

    Curtir

  • Thomas Gale disse:

    Postei errado, estou corrigindo agora.

    Tem tanto nexo no que você escreve sobre esse partido. Oxalá mais brasileiros adquira essa clarividência, para solucionar essa mediocridade que é o governo do PT. O Brasil merece mais isto…

    Curtir

  • Renato,
    Eu não me preocuparia com a “oposição” petista. Eles perderam o encanto diante de tantos desastres que causaram ao país, em especial na corrupção. O discurso acabou e seus dirigidos da UNE, ONGs e movimentos sociais sem o dinheiro que não lhes faltavam quero ver onde chegam. Vc verá a diferença entre o socialismo bolivariano com e sem o estado que os financiam.

    Curtir

  • Renato disse:

    Sao Paulo perdeu em 32, apesar de estar do lado certo. Será que vai perder de novo, de novo do lado do certo?

    Curtir

  • Renato disse:

    Por que nao se fala em impeachment da presidenta?

    Curtir

  • Nada melhor que a eleição, será,espero, um impeachement inquestionável daqui a 12 dias.
    Lembro-o de que o Collor só foi mandado embora porque perdeu a maioria no Congresso e, o Lula quando do mensalão sobreviveu pela maioria. O Congresso nada mais é, infelizmente do que uma agência que obedece ao Executivo.

    Curtir

  • O atual governo, caso perca as eleições, e estou trabalhando para isso, irá se deliciar na oposição com os sofrimentos que teremos que passar em nossa economia, devido ao estado calamitoso que a deixará, por não ter tomado atitudes corajosas no realinhamento de diversos preços defasados, ouça-se petróleo e energia, segurando a inflação do jeito que seus dirigentes (presidente e equipe econômica) enxergam como proteger socialmente os menos privilegiados, ou melhor, sempre culpando quem tem êxito profissional.

    Curtir

  • […] Lara Mesquita, jornalista, em seu blogue Vespeiro, 13 out° […]

    Curtir

  • honorio sergio disse:

    Não vamos deixar essa corja ficar onde está, façamos o bom e velho boca à boca, e desmontemos o PT, no voto, limpo e sem chance à eles de se recuperarem. Lima Duarte disse uma frase que merece ser repetida aqui!
    http://kdfrases.com/frase/129682

    Curtir

  • Hoje, de fato começa o 2o turno massificando à sociedade as qualidades dos candidatos através do debate da Bandeirantes. Não imaginava, até porque normalmente não assisto, que a Aécio tão bem naquele da Globo, a ponto de reverter a tendência do eleitorado de forma quantitativa em tão pouco tempo, independentemente da curva de preferência dele mostrar alguns sinais de persistência com consistência mas não como o resultado apresentou
    Qualquer caminho será válido a mandar o corrupto PT pra onde quiser , menos ficar no governo. Aliás, será muito bom eles serem oposição ferrenha, odienta e burra como costumam ser

    Curtir

  • Renato disse:

    Marito Cobucci, Na época do Collor, quem fazia oposição era o PT. E este foi o fator principal da queda do presidente. O PT é o único partido que têm militância, mst, cut.. Espalhados pelo País inteiro. As ruas são deles. Que outro partido pode contar com isso?

    Curtir

    • Renato,
      Desculpe, mas não foi o PT quem derrubou o Collor, até porque sózinhos não conseguiriam. Foi o Congresso como um todo onde ele perdeu a maioria, e por isso caiu, se não estaria lá até hoje.
      Nenhum partido tem esse poder e dificilmente terá terá maioria qualificada à tanto.

      Curtir

    • CECILIA THOMPSON disse:

      As ruas tanto não são deles que, em junho de 2013, quando multidões (+1, eu) tomaram as ruas, o PT tentou se infiltrar (EU ESTAVA LÁ E VI) e foi expulso, pelo oportunismo e ausência de liderança verdadeira. Os ‘petistas’ ou estão na cadeia ou em casa, esperando as bolsas-esmola.
      Ou deixaram o partido – os mais dignos -, decepcionados com a falta de lisura e de atitude no mensalão, com as mentiras e ‘malfeitos’ – coroados agora com o inenarrável escândalo da Petrobrás.
      E quem apeou o tal do collor do poder – aliado de dilma e lulla, atualmente – foi o povo, ummonte de caras pintas e congressistas direitos (é, ainda tem, sabia?) Saudações democráticas.

      Curtir

  • CECILIA THOMPSON disse:

    Matar ou morrer, na tradução brasileira. Ou seria Matar… ou correr? como na velha chanchada da Atlântida? Que medo…

    Curtir

  • Cecília,
    Com a escória, ao caso o PT, não podemos tomar medidas racionais porque eles não agem dessa forma. São bandidos, mentem, tergiversam, iludem, dissimulam tudo pelo poder, e vc sabe que tem uma platéia que os aceita graças as benesse que propiciam. Onde já se viu o Ministro-Chefe da Casa Civil, Gilberto Carvalho, ir conversar com os MST na rua em frente ao Palácio do Governo. Eles não tem sequer compostura cívica nem respeito ao cargo que exercem. Esse indivíduo foi acusado de ser “mula” do Zé Dirceu na corrupção em Sto André que vitimou o Prefeito. São esses os nosso adversários e não poderemos ser pudicos. ingênuos. Trata-se de uma guerra e temos que vencer.

    Curtir

  • Não assisti todo o debate na Band, não aguento mais!!. Todavia, pelo pouco que assisti, a Dilma continua mentindo, só fala em passado do PSDB, não tem nenhuma proposta porque não há o que propor na visão bolivariana onde os resultados se fazem presentes. Não sei se o Aécio perguntou , se não deveria, sobre os financiamentos a o Porto de Cuba e da refinaria Abreu de Lima onde a Venezuela em situação privilegiada não pagou os 40%, nesta data em US$ 8 bilhões!
    De qualquer forma deveremos usar de todos os meios possíveis e impossíveis a combater o petismo seja onde for. Eles podem destruir o Brasil nivelando por baixo à terem controle da esperada maioria dentre as “regras” explícitas do Foro de São Paulo no apoio a “esquerda” como mostram com nossos recursos.

    Curtir

  • Renato disse:

    Marito Cobucci, Eu não disse que foi o PT, ”só” que derrubou o presidente Collor, mas, o principal dentre outros. Quanto á maioria no congresso, formou-se justamente pelo fato do PT ser oposição.

    Curtir

  • Renato disse:

    Cecilia Thompson,
    O PT tanto comanda as ruas que, na época do Collor, roubaram bem menos do que agora e, fizeram um furdunço danado, caras pintadas…
    Cade as manifestações hoje em dia, Com essa roubalheira toda? Quanto as manifestações do ano passado, elas foram espontâneas, sem foco, cada um reivindicava uma coisa, ou seja, não tinha liderança. Foi só o PT acionar sua militância para começarem quebrar tudo que a brincadeira acabou.

    Curtir

    • Cecília,
      O PT no início do governo Lula aparelhou a UNE, a troco de vantagens e aí começou todo cerceamento estudantil, exceto nas ocorrências a que vc se refere que, a rigor, começou com uma “bobagem” dos R$ 0,20 centavos, que serviu de “nariz de cera” pra caminhar por onde foi, incluído do vandalismo que interessava aos petistas fanáticos. Eles atuam em segmentos que não raro esquecemos que existem mas se movimentam não tendo o que perder.

      Curtir

  • Renato, o PT serviu á dar maioria, o consenso foi geral e o fato do PT ter sido oposição teve um peso relativo e não absoluto, uma vez serem oposição a tudo à firmar posição como partido, repito, sem prejuízo em terem sido úteis. Passados algum tempo o Lula aliou-se ao Collor!, beijou a mão do Jader Barbalho e “casou” com o Sarney.

    Curtir

  • Jose carlos danis disse:

    O Lula, que nao vale o pao que come,
    esta quieto como passrimho na muda.
    O Aecio timha obrigacao de fazer uma caca as bruxas, prender, recolher a grana roubada , desaparelhar o estado,
    voltar o Brasil parao o eixo EUA- UE?
    abandonar esses parceiros sul americanos bolivarianos e fecha o Foro de Sap Paulo para sempre

    Curtir

  • A quem interessar, abaixo os 20 municípios com maior percentual de atendimento pelo Bolsa família e os estados aos quais pertencem, e está tudo explicado.

    1. Junco do Maranhão (MA): 90,6%
    2. Sebastião Barros (PI): 86,9%
    3. Belo Monte (AL): 83,6%
    4. Alcântara (MA): 83,3%
    5. Pavussu (PI): 82,7%
    6. Serrano do Maranhão (MA): 82,5%
    7. Vera Mendes (PI): 82%
    8. Brejo do Piauí (PI): 80,6%
    9. Calumbi (PE): 80,3%
    10. Severiano Melo (RN): 79,3%
    11. Palmeirândia (MA): 78,7%
    12. São João Batista (MA): 78,7%
    13. Matinha (MA): 78,7%
    14. Lagoa do Sítio (PI): 78,6%
    15. Paquetá (PI): 78,5%
    16. Capitão Gervásio Oliveira (PI): 78,3%
    17. Sigefredo Pacheco (PI): 77,6%
    18. São Lourenço do Piauí (PI): 77,6%
    19. Pedro Laurentino (PI): 77,5%
    20. Flores do Piauí (PI): 76,5%

    Curtir

  • Mais uma da série à quem interessar quanto as eleições, e que merece uma reflexão uma vez serem absolutamente respeitados em todo o mundo.

    A revista britânica “The Economist” publicou um artigo nesta quinta-feira (16) no qual declara apoio a Aécio Neves (PSDB) contra Dilma Rousseff (PT). Com o título de “Por que o Brasil precisa de mudança”, o texto diz que, na gestão da presidente, a economia do país “estagnou” e o “progresso social se tornou mais lento”. A “The Economist” fala de êxitos de Dilma em programas sociais, mas considera maiores os fracassos de seu governo, citando uma “queda de investimento” no país e enumerando os “poucos esforços” da presidente “em livrar o Brasil de seus problemas estruturais. Sobre Aécio, a revista alega que as políticas do tucano “poderiam beneficiar tanto os brasileiros pobres quanto os mais prósperos” e elogia tanto o governo Fernando Henrique Cardoso. “Sr. Neves merece vencer”, afirma a “Economist”, dizendo que o tucano “provou que pode fazer sua política econômica funcionar” e que a “má gestão do PT é a grande ameaça aos programas sociais.

    Curtir

  • Eduardo, recebi e repasso sobre Minas e o Aécio:

    Eu e um grupo de amigos e amigas, cansados desse mimimi petista, pelo fato
    do Aécio ter perdido em Minas por 400.000 votos, menos de 5%, sendo que em
    BH teve o dobro dos votos de Dilma, perdendo para o PT apenas no Norte do
    estado, uma região extremamente pobre e dependente do Bolsa Família,
    resolvemos nos unir e mandar essa mensagem para amigos de outros estados ou
    que morem em outros estados e que apoiam Aécio, para que a verdade seja
    divulgada e para que possamos explicar aos que ainda estão indecisos e que
    ainda pensam no voto nulo ou branco… Aécio governou Minas por 8 anos e
    deixou o governo com mais de 90% de aprovação… Em seguida, seu candidato
    Anastasia governou por mais 8 anos e agora se elegeu senador, com 62% dos
    votos, contra 30% do candidato petista. O PSDB perdeu a eleição ao governo
    em Minas, por ter realmente feito uma escolha errada, colocando um candidato
    pouco expressivo. Além disso, o candidato petista tentou ao máximo se
    desvincular do PT, usando material de campanha de cores totalmente
    diferentes da do partido e usando o símbolo PT muito discretamente.
    Manipularam o Ibope, colocando o candidato do PSDB com 20% dos votos, sendo
    que o mesmo teve 41%. Dois dias após o resultado da eleição, a PF apreendeu
    o jatinho que o candidato usava, com uma grande quantidade de dinheiro…
    Por isso precisamos nos unir pra ficarmos livres do PT. A pequena diferença
    que tirou a vitória do Aécio em Minas veio exatamente da região do Norte de
    Minas, como já disse, uma região extremamente pobre e dependente dos
    auxílios do Governo petista. Minas apoia, sim, Aécio. Sábado, BH organizou
    um evento, não oficial, na Praça da Liberdade, como vários outros
    organizados Brasil afora, reuniu 10.000 pessoas, sem a presença de Aécio…
    No mesmo dia, Dilma estava lá, fazendo campanha com menos de 500 pessoas
    presentes. Minas não quer o PT. Vamos usar o WhatsApp pra divulgar…
    Obrigada!
    Ajudem a divulgar!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Não se iludam: este é o duelo final no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: