Debatendo amenidades às vésperas do golpe

15 de outubro de 2014 § 16 Comentários

a1

A reunião de Dilma Rousseff com “movimentos sociais” reconhecidamente sustentados por seu governo no Palácio do Planalto para marcar para morrer a democracia no Brasil pelo mesmo genero de falcatrua plebiscitária a que se recorreu para mata-la em todos os vizinhos “bolivarianos” que o PT nos aponta como modelos politicos é o grande ausente não só do ultimo debate dos presidenciáveis como de toda esta eleição.

Comecei a sequencia desta nota escrevendo que em qualquer outro lugar do mundo este seria o tema dominante desta campanha mas logo me dei conta de que isso é um absurdo. Em nenhum país politicamente civilizado seria tema de uma eleição propor aos proprios eleitores a cassação dos seus representantes eleitos como fonte exclusiva de legitimidade de qualquer ação política ou legislativa — o axioma que se constitui na própria essencia do “contrato social” e, como diz o nome, do regime de “democracia representativa” — e a substituição dos 140 milhões de eleitores deste país por um punhado de Organizações Não Governamentais Organizadas pelo Governo e financiados pelo partido político que ora ocupa o poder.

Perto disso toda a vasta crônica da corrupção da Era PT fica pequena.

a2

Mesmo assim, o absurdo kafkiano de pedir aos eleitores que cassem-se a si mesmos não só é possível aqui como, nas vésperas da eleição, pode transformar-se num decreto presidencial (o de numero 8243) assinado pela candidata da situação sem que nem o Congresso Nacional cujos poderes estão sendo usurpados pelo dito decreto nem, acredite quem quiser que venha a ler este texto no futuro, os candidatos que disputaram com ela a Presidência da República esboçassem a menor reação ou sequer chegassem a mencionar o assunto ao longo de toda a campanha eleitoral.

Quando a história do golpe contra a democracia brasileira de que só nos salvaremos se o tema da corrupção provocar desta vez no eleitorado a reação que ate hoje nunca provocou, nem mesmo sob o impacto do Mensalão, for contada no futuro, este será certamente o grande enigma com que se depararão os historiadores: como foi que o próprio eleitorado brasileiro aquiesceu a suicidar-se?

A resposta, antecipo aos leitores do futuro, é que o que tornou isso possível foi a omissão e a conivência das oposições que, sabe-se la por quais cargas d’água, permitiram que o eleitorado engolisse esse engodo sem nunca ter sido alertado para o veneno que estava se dispondo a tragar.

a2

A senhora Dilma Rousseff, depois de assinar um decreto que põe esse golpe tecnicamente em vigência, deu-se o luxo de receber em palácio, às vésperas de um dos últimos confrontos com seu contendor no 2º Turno, uma comissão dos mais manjados entre os “movimentos sociais” amestrados e assalariados do governo para confirmar que, sim, a sua “reforma política” que, a repetir os termos do seu decreto sobre o assunto, extingue a democracia representativa no Brasil, será baixada, se reeleita ela for, à margem do Congresso Nacional eleito por todos nós, na base de um plebiscito que se tornará necessario possivelmente porque os advogados do partido ja se deram conta da inconstitucionalidade do Decreto 8243 e estão se antecipando às contestações que ele sofrerá quando ela houver por bem acionar o gatilho da arma de que ja se armou.

Mesmo assim, ninguém lhe pediu, desde o início da campanha eleitoral ate estes 10 dias que faltam para a decisão final em 2º Turno, que nos explique porque os “movimentos sociais” que o Secretario Geral da Presidência escolher (segundo o Decreto 8243 ele é o unico autorizado a promover sozinho essa selção) têm mais legitimidade que os representantes escolhidos pelos 140 milhões de brasileiros a quem ela também esta pedindo votos para escrever as leis e determinar o futuro regime politico deste país.

a2

§ 16 Respostas para Debatendo amenidades às vésperas do golpe

  • Marina Mesquita disse:

    Fernão, tenta ser menos prolixo.

    Curtir

  • Renato jacob disse:

    Resta nos a esperanca- última- de que os militares cumpram sua promessa de defender a constituição, que neste caso está sendo atropelada. Resta nos ainda torcer para que estejam unidos. Está chegando a hora.

    Curtir

    • Gustavo Goncalves (Silvestre) disse:

      Renato, eu nao sou contra os militares, mas me parece que muito do que estamos SOFRENDO hoje e’ de responsabilidade deles.

      Oras, se nao foram eles que soltaram os caes do inferno, com a “Lei da Anistia”, permitindo-lhes que reescrevessem uma nova constituicao que eleva o criminoso e rebaixa o que trabalha?

      Foram os militares que entregaram as academias brasileiras aos esquerdistas revolucionarios e golpistas. Aqui na Unicamp, por exemplo, tem professor que foi terrorista no passado e o volume de propaganda revolucionaria e’ tao grande que qualquer aluno que saia daquela universidade e’ automativamente um comuna de carteirinha.

      Que dizer entao que os militares sabiam que advogados e membros da igreja catolica estavam assessorando os criminosos e nao fizeram nada!? Pois quem assessora criminosos tb e’ criminoso e tem que sofrer na CADEIA!

      Me parece que a direita de antigamente foi quem pagou o preco pior, com cassassoes, exilios, difamacoes, mentiras etc. Antigamente a direita se reunia e orquestrava resistencia, e foi severamente desmobilizada pelos militares que nao aguentavam uma gota de criticismo qualquer. Enquanto isso, a esquerda se organizava em qualquer lugar, em festa de estudante, gremios, etc, etc, etc.

      Nao sei porque falam tanto de Antonio Gramsci… A subversao cultural no Brasil e’ tao antiga quanto Benjamin Constant!

      Isto dentro da constatacao de que os militares sempre se acharam arrogantes, “donos” da patria e da vida alheia… por vezes sinto que uma dita “intervencao militar” agora resultaria num acordo entre milicos e comunas…. e’ o caminho reto para o inferno!

      Se houvesse um pingo de patriotismo nestes que vestem a farda, teriam ha’ muito condenado publicamente os rumos politicos contrarios ‘a vontade popular expressa no Referendo de 2005 e a arma jamais teria sido proibida. Tambem, e com uma mesma firmeza, teriam condenado as drogas, mas nao falam nada, nada! So se preocupam com a chegada da propria aposentadoria, temos militares de quinta categoria, esta e’ a verdade….

      Curtir

      • Renato jacob disse:

        GUstavo, voce tem toda razao. Nao sou a favor de ditaduras, sejam quais forem. E como vc bem lembra, nada impede de os nossos novos militares se aliarem aos esquerdistas. Ai, nao temos mais esperancas porque vao implantar os soviets sob o comando de Gilberto Carvalho e ponto. Quem tiver condicoes, foge para Miami. Os outros ficaremos aqui a servico. Nao vai ser nosso judiciario- ja totalmente esquerdizado- que vai defender a Constituicao, a democracia e o estado de direito

        Curtir

  • Fabio de Araujo disse:

    A candidata do PT, não obstante todo o aparato que dispõe, não consegue avançar nas pesquisas mais recentes, pelo contrário, está tendenciamente abaixo do candidato do PSDB. Até poucos dias antes da votação, não se pode excluir a possibilidade dos correlegionários e a tropa de choque de usarem meios ilícitos, calúnias etc para tentar reverter a atual tendência. O ex-presidente Lula quando se ausenta da campanha é porque está preparando algo contra a oposição e talvez assessorado pelo sinistro secretário Gilberto Carvalho.

    Curtir

  • Gustavo Goncalves (Silvestre) disse:

    Este fato da Dilma acusar-NOS de golpista e’ uma afronta nojenta e completa baixaria. Os niveis de imbecilidade do eleitorado nunca estiveram em alta. Ate homossexuais que conheco se vestem como Che Guevara, ignorando-se que o “Paraiso Socialista Caribenho” matou e jogou em campos de concentracao centenas de milhares de homossexuais. Fala-se em liberdade religiosa, mas so’ se for para ateista e satanista. Fala-se em feminismo, mas nao para trabalhar e estudar e sim para ficar transando e abortando. O PT transformou este pais numa coisa nojenta, pois considero essencialmente asqueroso que apenas uma minoria como NOS nos revoltemos com relacao a isto.

    A guilhotina da revolucao destes caras ja’ esta’ sendo erguida e advinha quem vai perder o pescoco nela? NOS! Os que trabalham, os que defendem o que ha’ de legitimo… E’ um absurdo que enquanto o resto do mundo evolui pra frente, nossa economia esteja estagnada, jogada no esgoto. A escassez de trabalho atinge niveis inquietantes: os mais jovens sequer procuram trabalho mais! Seus sonhos e’ virar agitador revolucionario, que nojo..

    Vou votar no Aecio Neves, mas vou falar pra voces uma coisa: eu nao confio neste homem, nao confio no PSDB, nao confio em ninguem mais… E’ capaz deste homem ficar so’ tomando criticas durante o governo sem reagir e o proprio Lula voltar ao poder em 2018… Oras, se ate aqui a dita “oposicao” ficou em silencio, que mais esperar deste mundo?

    Curtir

  • Ola Fernao,
    Este assunto é de vital importância para o futuro do Brasil. Você, que tem influência no cenário político nacional, deve alertar a direção da campanha do Candidato à presidência Aecio Neves, para por em debate este terrível golpe que está em andamento. Também acho, assim como a Marina, que você poderia ser mais didático, para que o maior número de pessoas entenda ,o que de fato significa, o poder que a Petralhada esta colocando nas mãos dos bandidos dos movimentos sociais. O Congresso nacional não acordou para o assassinato da Democracia brasileira praticado pelo PT, com a conivência de toda a sociedade civil.
    Abraços
    Luciana de Almeida Prado

    Curtir

  • Willy disse:

    Por um único motivo, infelizmente todos que têm a capacidade de entender o alcance deste decreto já votam no Aécio.

    Curtir

  • Carlos Leôncio de Magalhães disse:

    Fernão, parabéns. Este foi na veia. Boa viagem.

    Curtir

  • nandoathayde disse:

    Concordo com o Willy. Só não entendi o ‘infelizmente’. ‘Felizmente’ que alguns/muitos tenham entendido o alcance desse Decreto do ‘Gilbertinho”, e felizmente que ambos – Decreto e Gilbertinho – juntamente com toda a corja petralha irão para a lata do lixo da História, no proximo dia 26. Parabéns por suas intervenções, embora às vezes, meio prolixas, como outro também disse um pouco mais acima.

    Curtir

  • […] (*) Este é excerto de artigo publicado pelo jornalista Fernão Lara Mesquita em seu blogue. Para ler na íntegra, clique aqui. […]

    Curtir

  • José L. Sanctis disse:

    Prezado Fernão.

    Comento aqui pois não consegui inserir o vídeo anexo no seu blog.

    O PSDB quer mesmo perder a eleição. É um conluio orquestrado pelo Fernando Kerensnki Cardoso e a velha guarda comunista lá instalada, que é farinha do mesmo saco que o PT. No vídeo que segue disse aos 1:40 que foi a público dizer que não haveria risco na eleição do Lula em 2002, traindo o candidato do PSDB. Em 2005 não deixou o Lula ser impedido devido ao mensalão, pois “abalaria as instituições” e seria melhor deixá-lo sangrando até morrer. Na verdade esse sr. deixou o Brasil sangrando até agora, agindo como quinta coluna na campanha de seu partido. Quem vai morrer é o Brasil.

    O PSDB sempre foi oposição a favor.

    Abraço.

    José Luiz

    Curtir

  • vittorio disse:

    AONDE VAMOS PARA? ACORDA OPOSIÇÃO SE É QUE REALMENTE QUER SER. AÇÃO!!

    Curtir

  • Doug disse:

    E o Olavo de Carvalho, Fernão?! Ele foi tratado como louco e escorraçado de toda a grande mídia — perdendo uma a uma as suas colunas — por anunciar, desde 1992, que o PT faria exatamente o que está fazendo agora.

    Eu ainda me lembro dos risinhos irônicos do Pedro Bial, do Otávio Frias Filho e de dezenas de outros iluminados diante das denúncias envolvendo o Foro de São Paulo e as aspirações socialistas e revolucionários do PT e de seus aliados latino-americanos.

    Lembro de como ele foi tratado como adepto de teorias de conspiração, como louco que “vê comunistas até de baixo da cama”, como alguém que “açoitava cavalos mortos” and so on and so forth.

    Hoje, ele ainda é ridicularizado e escreve apenas para um pequeno, embora excelente, jornal. Não estaria na hora de reparar essa justiça fazendo uma matéria sobre a capacidade de enxergar longe que ele demonstrou durante todo esse tempo? Meu sonho seria ver ele assinando uma coluna no Estadão, mas não sei se isso seria sonhar demais.

    Um abraço e parabéns pelo seu trabalho no blog. Vale por toda a imprensa.

    Curtir

  • atrasdomurodeberlim disse:

    Estimado Fernao
    Lamentavelmente, pela carga populista do governo e o alto nivel de dependencia das classes mais vulneraveis da sociedade, considero correta a decisao de nao tocar o tema na campanha, ja que, pela sua propria natureza o assunto pode se converter em faca de dois gumes; para a maioria da populacao os valores republicanos de liberdade e democracia nao sao compreendidos, e o termo “poder popular” pode ser muito melhor aproveitado em discursos petistas do que em discursos oposicionistas. Portanto, o erro ja foi cometido, o melhor a meu ver e o ataque imediato depois das eleicoes, se possivel.
    Moro na Venezuela, e o que esta acontecendo no Brasil segue o “script” bolchevique bolivariano em cada pequeno detalhe. So peco a Deus que os brasileiros tenham mais juizo do que os venezuelanos nesta eleicao.
    Abraco

    Curtir

  • Fausto Italiano disse:

    Com atraso mas, ainda, em tempo :

    VÍDEO IMPERDÍVEL…VEJA ANTES QUE TIREM DO AR

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Debatendo amenidades às vésperas do golpe no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: