De onde saiu esse plebiscito?

1 de julho de 2013 § 8 Comentários

pt8

É como na história da namorada, depois esposa, depois ex-esposa:

Quer testar um “guerrilheiro da democracia” dos “Anos de Chumbo”? Ponha ele no poder. Quer conhecê-lo de fato? Ameace tirá-lo do poder.

Eu sempre soube que o Brasil só conheceria o PT real na hora em que ele estivesse realmente ameaçado de perder o poder.

Agora ele está.

De 70 e tantos para 57% e daí para 30% em menos de quatro semanas é um trambolhão de que será difícil levantar. Ainda mais a Dilma que está mais perdida que cego em quarto escuro procurando um gato preto que não está lá.

pt7

Sempre tem o Lula, é verdade. E seria até bem feito se fosse ele que tivesse de descascar o abacaxi peludo que a Dilma vai deixar em vez de passar o resto dos seus dias no bem bom agora que enricou.

Isso seria o definitivo “reforço” da vacina anti populismo que o povo brasileiro está começando a tomar agora e ainda vai doer muito, mas muito mesmo.

Mas um pálido consolo porque quem vai descascar esse abacaxi pra valer como sempre somos nós mesmo.

De qualquer jeito, o momento é dos mais perigosos. Quando gente como o Rui Falcão começa a salivar incontidamente é porque a liberdade e a democracia estão seriamente ameaçadas de tomar uma mordida potencialmente fatal.

pt1

Em primeiro lugar, pense bem: de onde foi que saiu essa ideia de plebiscito?

Da “voz das ruas” é que não foi. Eu não vi nenhum cartaz pedindo “Plebiscito já!” Os que eu tenho visto, aliás, falam de coisas que não requerem reforma nenhuma. O que se pede, no mais das vezes, é só que se cumpra as leis existentes e que elas valham para todos.

Acabar com a impunidade dos dois tipos de criminosos que nos infernizam a vida, hospital melhor, escola melhor, menos rapinagem no uso do dinheiro publico, etc., nada disso precisa de plebiscito nem de mexida na Constituição.

É só começar. Por os 80% de sócios que o governo tem no Congresso votando as coisas certas.

pt2

Em vez disso dona Dilma tira um plebiscito da cartola e começa a chamar, dia após dia, todos os “movimentos sociais” que foram explicitamente escorraçados de todas as manifestações que tentaram usurpar com suas bandeiras vermelhas para sentarem à mesa onde o PT pretende elaborar a pauta do “seu” plebiscito.

Impossível não pensar que “aí tem”, ainda que esteja claro pra qualquer pessoa com um pingo de juízo que se esses malucos golpistas prevalecerem arriscam levar o país a uma guerra civil.

A questão espinhosa, porém, é que o problema real que dona Dilma foi construindo com sua arrogância e sua incompetência autoritárias é de um tamanho e de uma profundidade tais que já não tem conserto. E ninguém sabe melhor disso do que eles. A economia vai chegar em frangalhos a outubro de 2014. Tem uma metade do país – mais os estrangeiros todos que bateram asas, coisa que vai acelerar muito esse processo – que já se deu conta do que vem vindo aí. E essa metade, que está nas ruas, já deixou claro que está perdida pro PT.

pt12

O risco de perder o poder e ter a verdadeira “caixa preta” aberta pro país inteiro saber o quanto é pouco o que ele já sabe e o indigna tanto, coisa que levaria muita gente boa pra trás das grades, é real.

Assim, estão jogando para esse Congresso marrom e cúmplice que o Lula criou a alternativa de aderir ao golpe para salvar a pele ou se apresentar ao público como “surdos à voz das ruas”.

Essa sinuca de bico é a lenha ideal pra fogueira de um plebiscito envenenado.

A aposta, portanto, parece ser a de que, com um plebiscito, o outro Brasil sem internet também virá às urnas insuflado por discursos sabor “luta de classes”, podendo a “Primavera Brasileira” sofrer o mesmo destino das “Primaveras Árabes” que começaram com a classe média ilustrada e conectada pedindo liberdade nas ruas e acabaram com as multidões penduradas nas “bolsas” lá dos fundões aprovando governos islâmicos mais duros que os que tinham sido derrubados.

pt13

Taí, pra não me deixar mentir, o Egito chamando o exército pra ver se sai da encalacrada.

Uma reforma política mais ampla via plebiscito, poderia até ser uma resposta, já que não se pode esperar muito do Congresso Nacional que temos em matéria de reformas a nosso favor.

Mas para se provar honesta, ela teria de começar pelo afastamento da hipótese golpista pelo expediente simples de definir, desde já, que o que o plebiscito decidir só vale pra 2016. E então começar a procurar com calma caminhos para montar uma pauta honesta para ele.

Em vez disso, a senhora “presidenta” que não pode nem mostrar a cara no Maracanã, convoca a cada dia um dos “Não nos representa!” para “representar o povo” na mesa de negociações do “seu” plebiscito.

Se for por esse caminho vamos mal…

pt11

Marcado:, , , , , , , , , , , , , , ,

§ 8 Respostas para De onde saiu esse plebiscito?

  • Robson Silva disse:

    Nada de plebiscito! a não ser que seja para definir legalmente a não obrigatoriedade de votar nestes porqueiras.
    O que queremos é que se cupra tudo que stá designado em nossa Carta Magna em favor dos direitos dos brasileiros, porque de deveres e obrigações que não trazem nenhum retorno, nós estamos de saco cheio.

    Curtir

  • Maria João disse:

    Você Tá certíssimo. ❗Esse Pt consegue desvirtuar qualquer coisa…. Triste sina a nossa
    Maria João

    Curtir

  • Sergio disse:

    Manobra (agora) diversionista de quem, em desespero de causa, quer mostrar que ainda pode influenciar corações e mentes, que não foi irremediavelmente tragada pela maré montante da insatisfação popular…

    Mas que já estava nos planos, apenas aguardando o momento mais propício (no segundo mandato), para ser tirada da cartola.

    De todo modo, após o “pronunciamento” dos militares egípcios, não mais ouviremos falar disso como ideia-força; uma voz mais alta… etc.

    Nem, tampouco, de uma tal de Comissão da Verdade.

    Aposto.

    Curtir

  • Valdir Borba Marcellino disse:

    nao sei se o povo esclarecido vai reagir com veemencia ao embuste que o pt esta a articular,mas espero que sim,pois quero que este governo que ai esta tenha seus dias contados e que o proximo tenha mais a oferecer por este povo que ate agora so esta enriquecendo esta quadrilha de ladroes lesa-patria. o nosso salvador da patria nada mais e que um espertalhao que descobriu que poderia se locupetar dando esmolas ao nosso sofrido povo(com o dinheiro do povo) em troca de votos,e continuar no poder,nao sou afavor da luta armada porque nao e tradiao deste povo ordeiro e desinformado;mas sou a favor de CADEIA NELES,POIS so assim poderemos moralizar nossa casa judiciaria e fazer esta tonelada de leis funcionarem. ACORDA BRASIL!!!

    Curtir

  • Eden Lopes Feldman disse:

    Um fato que me intriga em toda a discussão sobre tarifas, taxas e impostos é por que na questão dos pedágios nimguem levanta a questão dos tributos incidentes sobre o pedágio pago? O pedágio em si trata-se de um serviço que já foi pago pelos impostos recolhidos, então por que ser novamente tributado? Se não houvesse ICMS, PIS COFINS ISS e outros sobre o que pagamos no pedágio, além de justo, reduziria pelo menos a metade. Alguém ai poderia verificar isto?

    Curtir

  • Cecilia Thompson disse:

    Fernas Assino embaixo, as always.   Tenho escrito e insistido e batido na tecla, no Face Book – pllbiscito NÃO PODE — tem de ser REFERENDO, e respondendo aos projetos-idéias-e-sugestões DOS congressistas, fazendo o trabalho para o qual são regiamente (contradição em termos) pagos.   Egito ferve – tem golpe de EStado ‘bom’? Embarco com netos na terça dia 9 para Londres e Russia – gostaria de (AINDA) falar rapidamente com vc antes. Abraço, Cecilia       CECILIA THOMPSON                        jornalista/tradutora*                        Telefone (5511) 5572-1371                        E-mail: cecithompson@uol.com.br                                    * tradutora do inglês, francês, italiano, espanhol e alemão

     

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento De onde saiu esse plebiscito? no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: