Velhos hábitos demoram para morrer

17 de julho de 2015 § 105 Comentários

cumpadi1

Para a ponta de cima da pirâmide a nossa desordem regulatória, o pandemônio tributário e a ratoeira trabalhista foram, aos poucos, se transformando em sólidas barreiras de proteção do “know-how nacional” contra concorrentes incômodos. Os nossos “grandes tycoons” dos setores mais competitivos da economia globalizada com costas quentes no BNDES – que são o pouco que sobrevive da indústria nacional – passaram a adorar esse nosso labirinto. Esses “excepcionalismos” corporativo-burocráticos que matam as empresas, os negócios e os empregos da massa ignara dos “sem-canal-em-Brasília” aqui da planície, condenados a competir de peito aberto com as chinas da vida, transformam os mega-empresários do nosso “capitalismo de compadrio” nos “intérpretes” que qualquer estrangeiro treinado apenas na competência, na lógica do mercado e no bom senso precisa obrigatoriamente ter para poder operar direta ou indiretamente na ou com a “6a economia do mundo” (ou seja lá qual o posto para o qual tenhamos sido rebaixados nesta última rasteira) onde não valem as leis universais. cumpadi7

Em entrevista “gostando da Dilma” para a Folha de S. Paulo de 6 de julho passado, Rubens Ometto, da Cosan, dizia isso com todas as letras: “Somos brasileiros, fazemos a diferença porque sabemos como proceder, lutamos pelos nossos direitos politica e economicamente (…) para defender minhas empresas no Executivo e no Legislativo (sic). Claro que não se pode fazer certas coisas que acontecem por ai (especialmente nesses tempos de Lava-Jato) mas eles (os estrangeiros) precisam de alguem que more no Brasil“…

Logo abaixo dessa pontinha da pirâmide comem soltos os cínicos da especulação, para quem para cima ou para baixo pouco importa, o que interessa é o tamanho das oscilações, e se empanturram os banqueiros que recolhem os mortos e feridos e, a peso de ouro, os “adquirem e refundem” em novos frankensteins para o mundo dos mortos-vivos do empreendedorismo brasileiro enquanto nos sugam pela interposta pessoa do estado estroina a quem não interessa o tamanho do juro a ser pago, tudo que é necessário é que o dinheiro não pare de fluir. cumpadi11

Já para a grande massa descrente dos da base da pirâmide, aceitar a velha e surrada esmola corporativista de sempre quando a conta chega e a miséria aperta, ha muito que deixou de ser engodo que ainda engane alguém: é tão somente, ao fim de cinco séculos sem mudanças, a única maneira realista de salvar-se quem puder salvar-se da parte que for possível do adicional de sacrifício a ser imposto aos demais toda vez que a farsa completa mais um ciclo, ainda que à custa de ficar devendo à máfia.

Entre o suborno do “direito especial” a não pagar inteira a sua parte da conta oferecido pelo político/sindicalista de plantão a quem tiver massa eleitoral para tanto no atacado e, no varejo, a sangria sistemática dos empregadores pelos advogados “trabalhóstas” que vivem de cabalar candidatos a assaltar e dividir o produto do roubo com quem foi louco bastante para oferecer empregos no país que Getúlio Vargas condenou à danação eterna com o “matreiro” achado – “Seja canalha que a Justiça do Trabalho garante” – com que se perpetuou no poder, muito pouca coisa da moral e do orgulho nacionais restam em pé. cumpadi2

É de cima desses escombros que este Lula sempre triunfante apela pelo pior em cada um de nós com o seu proverbial: “Eu sou; mas quem não é”?

São estes – fora a pequena multidão dos “militantes” dispensados da corrida do merecimento pelo “toque de Midas” invertido dos “de dentro” que o PT multiplicou em metástese em cada célula do estado nacional, habitantes daquele mundo encantado do Planalto Central onde as marés são eternamente montantes, os salários sobem 78% em plena crise e os empregos nunca desaparecem – os únicos interessados em impedir para todo o sempre que se trate de curar as ancestrais doenças deste brasilzão onde, desde sempre, nunca tão poucos deveram tanto a tantos. cumpadi4

Marcado:, , , , , , , , , , , , , , , ,

§ 105 Respostas para Velhos hábitos demoram para morrer

  • Em primeiro lugar o estado degrada a sociedade no limite do possível para satisfazer a toda a canalhocracia cooperativada no butim dos recursos públicos. Instalado o caos, começam as disjunções, e ato contínuo, um novo ordenamento político, onde a salvação dos miserabilizados é feita com o empreguismo desqualificado nos serviços públicos e nas bolsas-esmolas do clientelismo político. Claro, tudo isso conseguido com muita retórica, muito reformismo de fachada, muita legislação altruística. E uma nova geração vem ocupar o lugar da anterior com o propósito de tudo mudar, que é a melhor maneira de fazer com que permaneça como está.

    Curtir

  • Miserabilidade é uma boa palavra pra traduzir pra onde vamos, começando com 110 mil desempregados com carteira assinada em junho, levando a 345 mil no primeiro trimestre.

    Tudo resultado do ilusionismo econômico “made PT” aplaudido até hoje por áulicos beneficiados incluído os do andar de cima último da pirâmide.

    Diversão à vista em agosto.11 pedidos de impeachment foram aceitos pela Câmara, 1o fruto do rompimento Cunha x aloprados.

    Curtir

  • Correção

    345 mil no 1o semestre e não trimestre.

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    Cobucci
    não esqueça das teclas Ctrl e +, para enxergarmos com X.

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    Magnífica indicação de filme: BAAHUBALI: THE BEGINNING
    Para aguçar a vontade de assisti-lo o making of do filme.

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    O filme da semana, Collor defendendo-se no Senado e:

    Curtir

    • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

      Abaixo a biodiversidade. O Brasil é um imenso canavial, vamos derrubar o Café e plantar Cana de Açucar. Cachaça todos os dias! Oba!

      Curtir

  • Eduarco

    Não dê ideia porque a Dilma na qualidade de mulher sapiens pode adotar não com a cana mas com a mandioca, orgulho de seu governo e que mandiocou todos nós.

    Não tenho nenhum apego ao Eduardo Cunha mas reconheço que a Câmara deixou de ser o que foi, chancelador das vontades do Executivo e, mais uma vez ele deu mais uma mandiocada nela, e que venham outras.

    Gostei. Aliás gosto de tudo e de todos que vão contra esse governo medíocre sem credibilidade. Mais um pouco acabo gostando até do Brahma,rsrsrsrsrsrs

    Curtir

  • Eduardo,

    Não sei se vc leu o artigo na folha do Senador Caiado, versando sobre o etanol. Gostei pela lucidez e verdades apresentadas.

    Não resisti e- coisa rara- mandei o presente que gostaria do compartilhamento por v ou por quem se interessar.

    Prezado Senador Caiado,

    Parabenizo pelo artigo sobre o etanol-pró-alcool na Folha de São Paulo. Todavia permito considerações que me parecem necessárias diante do delírio Lulista em sair-passear pelo mundo a mostrar das vantages dessa matriz energética, desconsiderando por anomalia mental ideológica o que segue:

    i- o senhor deve se lembrar durante o governo Geisel quando o Prof Delfim Neto exercia o cargo de Emabaixador em Paris e informou ao Geisel de que os árabes dariam uma elevada correção no preço do barril de petróleo. O Geisel não acreditou e deu no que deu;

    ii- desde então ficamos na mão da OPEP de, não raro levava os preços também às necessidades orçamentárias dos países integrantes e dentre os quais a Arabia Saudita tem o custo mais baixo. Portanto cada vez mais lucros;

    iii- os norte-americanos que amam o país e não são burros como acreditam os cubanófilos Marco Aurélio Garcia e o Samuel Pinheiro Guimaraes, se preocuparam com suas produções estratégicas diante do princípio dos 3 pilares: Energia, Alimentos e Segurança;

    iii- quaisquer deles não importa o custo e os exemplos mais visíveis estão nas forças armadas e nos subsídios, dedicaram-se ao extremos a tornarem-se o maior produtor mundial no combustível fóssil;

    iv- isto posto o sr. acredita que depois de tantos anos sob julgo da OPEP e mesmo com empresas norte-americanas lá participando, os EUA iriam à procura de uma nova matriz produzida por um país controlado pela esquerda burra e bolivariana chamada PT!!!!

    Convenhamos! mesmo se as alternativas deles sejam caras como a do milho ou do xisto, é bom lembrar que é deles e a conta segurança não tem preço, é diferente. Portanto, caro Senador Caiado, se o desgoverno conseguir que a produção nacional- com preços justos nas duas pontas- seja absorvida pelo mercado interno farão um grande serviço, embora eu duvide que consigam.

    Atenciosamente
    Mario Cobucci Junior , de SP, Capital

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    Brasilzão bom demais.
    O Brasil não vai estagnar. O Brasil tem quem sabe TRABALHAR

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    Brasilzão bom demais
    O Brasil não vai falir nunca.

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    BRASILZÃO BOM DEMAIS
    Uma bela lorota: o Brasil quebrando.

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    Brasilzão bom demais
    Agricultura a pleno vapor

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    Brasilzão bom demais
    O Brasil não vai falir. No Brasil existem OS BRASILEIROS

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    Brasilzão bom demais.
    O Brasil não vai falir. SEGURA PEÃO.

    Curtir

    • Falir não vai, porque todos no final socorrem exceto os cumpanheiros bolivarianos numa merda maior que a nossa, fruto da ” genial nova matriz econômica socialista”

      Na 2a quebra no governo FHC, o FMI fez o maior empréstimo da história em 40 bi de dólares, graças ao Clinton, o Premiê Japa e o Chanceler Alemão, os maiores financiadores do fundo.

      E o asno do Lula pagou antecipadamente a troco de nada só pra mostrar o próprio cretino que é.

      Quanto a nós, quebrada também está a sociedade. Afinal, 60 milhões de inadimplentes com tendência à aumento não é pouca coisa.

      O PT não se importa porque os que tem dinheiro foi a custo zero!, e voltar as origens é até confortante pra maioria que não se deu bem socialmente………….

      Curtir

  • Foi exatamente o agronegócio que não demitiu e contratou neste primeiro semestre.. Não fosse o preço baixo das commodities incluído o ferro, mesmo assim mais uma vez a agropecuária vai levar o Brasil nas costas.

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    Curtir

  • Eduardo, complementando sobe o etanol.

    Ao caso do etanol de milho é bom lembrar de que o insumo “in natura” é negociado em Chicago, portanto um commodities, e que ainda pode ser estocado e regulando o mercado.

    Ao que eu saiba a cana de açucar tem que ser utilizada em até 24 horas.

    Na ocasião imaginei a sensação do Roberto Rodrigues, inteligente, sério, conhecedor da matéria e, por dever de ofício, estar presente assistindo o Bahma no turismo de venda do etanol -nossa descoberta da pólvora.

    O poder tem custos!

    Curtir

  • É verdade, trabalhamos, assumimos riscos, geramos riqueza, enquanto eles só roubam. Deveríamos propor desobediência cívica e não pagar nada de impostos só pra ver se eles mudam ou não.

    Vale a pena abrir e ouvir sobre governos.

    http://mail.uol.com.br/attachment?msg_id=ODMyMDA&ctype=9ca5f3f355165b9b5bf803ca6fb8f92b.mp4&disposition=attachment&folder=INBOX&attsize=6514396

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    Brasilzão bom demais.
    Nada é verdade nem mentira. Tudo tem a cor do cristal com que se mira. Nossa força está no INTERIOR, OS BRASILEIROS

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    Curtido por 1 pessoa

  • Eduardo,

    teremos a CPI do BNDES. Ótimo, não me importo se é rancor do Cunha ou do diabo.

    Tudo que for contra a Dilma sou a favor venha de onde e de quem vier.

    Agende 16 de agosto e proteste mesmo na fazenda e se sozinho, ao caso convide o Sr Salinas.

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    Cobucci sempre bem acompanhado.

    Curtir

  • Eduardo,

    Paciência, se não abre. Vale a intenção de sua parte mesmo sem saber do que se trata.

    Isso que é confiança, rsrsrsrs

    Curtir

  • In the stars or Aristotle…………..taken Salinas

    Valeu aguardar, Eduardo

    ” O tempo é senhor da razão” sic Collor apud de algum livro que ele não leu, esperando que em em breve tenha tempo suficiente…..

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    PEOPLE LOVING PEOPLE
    “Doctor, you ain’t got a pill
    For whatever’s makin’ this world ill
    You can’t get forgiven inside the store
    And peace, it’ s a politician’s war”

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    Cobucci, depois de uns goles de Salinas, estou percisando de uma Bolsa Famía.

    Curtir

  • Dr.Eduardo Gonsales de Ávila disse:

    OS BRASILEIROS: JUCA MULATO
    http://www.casadobruxo.com.br/poesia/m/menotti03.htm

    Curtir

  • Eduardo,
    Bolsa família……altaneira nação brasileira,

    Seria se: com o passar do tempo o número de necessitados diminuísse e não aumentasse como ocorre e permitindo admitir da ineficiência do programa.

    Fosse o aumento marginal vegetativo, em face da população necessitada deveria diminuir diante daqueles anteriores e beneficiados, mostrando que tiveram apoio e se preocuparam em melhorar a vida por si próprios.

    Todavia, quando ao governo interessa manter todos por interesse político, leia-se votos, se assim continuar vamos parar numa espiral infinita de “necessitados ” por conveniência pra não dizer vagabundagem coniventes com os interesses do petismo, e que digam os votos recebidos pela Dilma.

    Como o castigo chegou, estão sendo os próprios os mais prejudicados, graças a inflação que os atinge em primeiro lugar.

    Em breve não podendo mais pedalar e diante da brutal queda da arrecadação por motivos originados pela situação econômica, atrasos aos desembolsos não poderão ser desconsiderados. A tal da Bolsa Casa já começou sem novas obras e o pior, com atrasos aos construtores gerando uma cadeia de inadimplência.

    Esse tal de ajuste fiscal de 66 bilhões perdeu todo sentido e não por culpa do Congresso mas do próprio Executivo, e que sabia desde o início que não seria suficiente, e por “paura” não fez a maldade necessária e de uma só vez, e mais ainda no 1o dia do governo o Congresso vota tudo de medo do vitorioso e o apoio popular. Demorou dançou e nós fomos os mandiocados.

    A pitonisa (serpente), sacerdotisa do templo de Apolo, em Delfos na antiga Grécia, me disse pessoalmente que o Joaquim Levy tá no bico do urubu.

    Curtir

  • Cobucci
    Explique-nos: as siglas MC não significariam Marito Cobucci, mas você não é Petista? Já não entendo mais nada.
    http://www.jornalggn.com.br/noticia/quem-colocou-as-tarjas-pretas-no-documento-da-pf

    Curtir

  • MC eu sei que você não é Marito Cobucci, e é claro Marito Cobucci é Marito Cobucci. E nosso amigo Cobucci nunca foi e nunca será Petista. Isso que é confiança, rsrsrs. Mas quem colocou trarjas pretas no documento da PF?

    Curtir

  • TARJAS PRETAS
    ops!- trarjas = tarjas

    Curtir

  • Essa estória lembra o TUMA em Assassinato de Reputações, e isto lembra o assassinato do Celso Daniel, até hoje na estaca zero, cruzes!

    Curtir

  • Filme da Semana: CÃES DE ALUGUEL

    Curtir

  • Ben disse:

    Ainda me lembro vagamente do ministério da desburocratização da ditadura militar. No momento precisamos de mais do que isso. Precisamos de um ministério da desburrocratização. Digo isso porque estamos caminhando para o suicídio econômico, algo que por sinal já aconteceu na Venezuela.

    Curtir

  • Aleluia

    Dilma com 7,7 % de aprovação incluido 1,5 % de ótimo!!!! Como irá governar, se tem menos que o companheiro Maduro.

    Ajuste de 0,15% kakakakakakakakakakak, ou R$ 8, 1 bi Kakakakakakaka

    Acabou-se o delírio em 6, 1/2 meses de governo II.

    Precisa marcar a data da saída.

    Curtir

  • 16 de Agosto
    Cobucci não esqueça que seu neto adora o barulhão do bate-panelas.
    FORA DILLMA E LEVE COM VOCÊ O SARNEY E O PT

    Curtir

    • Eduardo,

      Sem dúvida 16 de agosto e meu neto de plantão com apito e panela. É triste, reconheço, escrever o que escrevi de forma hilária sobre a catástrofe confirmada do superavit de 1,2% e cortes de 65 bilhões.

      Todavia não surpreende àqueles que se interessam pela grave crise diante das ocorrências econômicas. Um país com 60 milhões de inadimplentes em todas as classes sociais, empresas demitindo as que produzem é pela sobrevivência no curto prazo, comércio idem, serviços ibidem enfim nada vai mais ou menos, pois tudo vai mal.

      Ontem o ilustre petista Nelson Barbosa, Ministro do Planejamento, tem a cara de pau em dizer que os novos números são uma demonstração de que não haverá gastos !!??. Pergunto, nesse universo de dívidas e atrasos do Governo o que significa R$ 8 bilhões?

      Melhor seria informar quanto custam os Ministérios inúteis, pelo menos uns 29 dos 39 existentes. Atendendo um Ministro por semana o primeiro votará a ser atendido em 40 semanas ou 10 meses !!! o que significa esse “corte”, ínfimo valor absoluto, irrisório.

      E hoje noticia-se que a mulher sapiens convoca dia 27 os governadores à pressionarem suas bancadas às aprovações de seus delírios pelo legislativo. Primeiro fez tudo que deu na cabeça e só ouvia seus áulicos e depois vem pedir socorro ” um grande pacto nacional” segundo o Brahma muito bem denunciado pelo presidente Leo da OAS na Veja de hoje junto com seu filhinho Lulinha Caçulinha, que me perdoe a Antártica detentora da marca.

      Como iremos conviver com tamanha crise? O ano mágico de 2016 quando tudo de bem iria acontecer já era, idem 2017 e, se alguma melhora ocorrer será em 2018 mas sem a Dilma no governo, tão só porque ela perdeu totalmente a credibilidade.

      Se tivesse um pouco de vergonha o que não tem inclusive pela ideologia esquerdista burra e ultrapassada ela renunciaria e daí poder-se-ia fazer um grande pacto nacional. Seria ótimo ter o PT na oposição, porque a mediocridade sem poder de decisão não raro é necessária a demonstrar o errado do certo, pois em matéria de erros eles são campeões também por incompetência sem prejuíso da corrupção.

      Sim dia 16 de agosto é obrigação nacional fazer-se presente em São Paulo na av. Paulista

      Curtir

      • Respondo a mim mesmo?!

        O Governo Dilma até junho repassou as Centrais Sindicais 66% a mais do que os valores transferidos no mesmo período em 2014.

        E vem esses panacas dizer que vão conter gastos! Exceto aos que os apoiam como esses pelegos que vivem ou viveram de sindicatos começando pelo Brahma, a excrescência política pecaminosa.

        Curtir

  • Herói do Dia: Deltan Dallagnol – procurador federal da Operação Lava-Jato

    Curtir

  • Atenção Eduardo e os demais,

    A Dilma irá falar em defesa do seu desgoverno dia 6 de agosto em cadeia nacional no programa do partido.

    Preparem apitos, panelas ou quaisquer instrumentos que façam bastante barulho à mostrar de nosso desprezo pela indivídua e seus cúmplices.

    Curtir

  • Tudo em prol do netinho do MC que adora barulhão: panelaço, buzinaço, apitaço, agitaço. Dia 6 de agosto e dia 16 de agosto. Brasilzão bom demais. O perigo é irmos dormir e acordarmos com o TEMER presidente do Brasil, se ele já não o é.
    Brucutu já.

    Curtir

  • Enquanto isso Celso Daniel decompõe-se e o Irã constrói a Bomba-Atômica.

    Curtir

    • Não é pra menos Eduardo,

      Ele vai indo a reboque da Odebrecht e ao que parece com a delação do excetivo Leo Pinheiro da OAS parceiro querido dos bons momentos e que não são eternos porque que ” picaretagens”.

      Nós estamos sofrendo na pele e não na alma porque somos vítimas enquanto eles autores amorais sofrerão na pele-alma não tem aliás, ateus e atoas, e na boa vida que vai acabar.

      Sou absolutamente a favor desses vagabundos serem vaiados quando encontrados seja onde for. Isso dói um pouco mas humilha fazendo com que eles se cuidem aonde vão. É a nossa contribuição à moralidade mesmo eles não se importando mas sim a família que de tudo se aproveitou que se envergonhe. Se não paciência. fazemos nossa parte.

      Curtir

  • O PAPA SUJOU A BATINA
    Cobucci o mundo não tem mais solução. Conversava com Barack Obama para entender porque de uma hora para outra ele adere a uma política de aproximação com Cuba e deixa solto o Irã construir a bomba-atômica. totalmente contraria a uma linha de ações americanas. Ele nos explica que João Paulo II tinha um maravilhoso plano de aproximação de Russia e U.S.A.,que com seu óbito ficou interrompido. Seu sucessor o Benedicto abandonou o barco em função das escórias (pedofilia) vaticanas, sobrando para este Argentino, Francesco, que convenceu a Obama a que adotasse esta conduta, e que até permita a que a Venezuela construa uma bomba, e a Argentina tem participação nisto financiada via Irã. a amiga da Dilma, a argentina Cristina foi eleita com um esquema maluco desses (Ahmanidejad). Conclusão este padreco segmentou mais as forças bélicas atômicas no mundo, tornando o mundo muito mais perigoso. Fazer o que, “viver é perigoso” talvez o papa não saiba mais a Russia infiltrou mais de 40 reatores de Usinas Atômicas na Índia, fazendo com que entrássemos num total desbalanço do Equilíbrio do Jogo Atômico. Ingenuamente Obama quer contar com esses novos poderios atômicos como aliados. Quer unir o cordeiro com o leão, santa ingenuidade.A cada dia nos aproximamos mais de MEIA-NOITE.

    Curtir

  • O que são estas sujeiras nos paramentos do Papa Francesco
    “DIREITOS SOCIAIS PREVALECENDO SOBRE DIREITOS INDIVIDUAIS”. ah si signore, Laudato si, Isso é merda.
    O prof.Evaristo E.de Miranda, pesquisador da EMBRAPA, Ecologista e Diretor do Instituto Ciência e Fé, publicou em Opinião /Estadão perfeito artigo analisando as fragilidades do pensamento de sua santidade o Papa FRANCESCO, com o título HABEMUS PAPAM ECOLOGISTUM

    http://www.opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,habemus-papam-ecologistum,1731723

    Curtir

  • Foi-se o tempo em que a Igreja defendia: Deus, a Família e a Propriedade.
    Este papa defende claramente a Ecclesia Pauperum, e é um promotor da Globalização do Comunismo. Viva La Grande Patria.

    Curtir

  • Cobucci eu também tenho católicos na ascendência familiar, fui criado num Lar Católico, vários deles na Coruña, Espanha, imediações de Santiago de Compostela, não recordo a localidade, construtores de magníficas Igrejas em Pedras, mais recentemente um capelão da Marinha Espanhola e que desenvolveu magnifico trabalho assistencial no Peru. Foram bons tempos em que era vibrante a Fé em Jesus Cristo e Nossa Senhora Aparecida.
    Asseguro-lhe a Igreja Católica desvirtuou-se. Caiu nos braços do Comunismo.

    Curtir

    • É Eduardo, infelizmente! Nem sei o que dizer porque tem muita verdade atrás disso. As vezes até imagino se não seria uma reação ao comportamento de Pio XII e sua ” compreensão” ,digamos assim,ao nazi-facistas????

      Vc leu que a mulher sapinens considerou em 1% a queda do PIB por causa da lava jato? Pois bem: proponho roubalheira geral e assim o PIB aumenta e como dono da ideia quero participar da mamata e convido vc Eduardo. 50% pra cada um, tá bom? Eles vão ver o que é roubar com o uso da inteligência rsrsrsrsrsrs.

      Curtir

    • A memória ainda esta boa, ascendentes católicos espanhóis,3 parocos, fundadores da IGREJA DE PONTE VEDRA, Coruña, Espanha, inclusive o ultimo que se tronou capelão da Marinha Espanhola. Do lado paterno tivemos a Abigail uma adorável irmã de caridade.

      Curtir

      • Tenho que recuperar o nome de todos, o capelão era o Jaime, vinha muito ao Brasil quando se dirigia ao Peru. O nome dos outros vai ser fácil pois Jaime presenteou-me com om livro histórico de Ponte Vedra em que é narrado a construção da Igreja de PEDRA DE PONTE VEDRA, memorável narrativa.

        Curtir

  • A DILMA deveria ensinar o Papa a Plantar Mandioca, ai sim ele teria autoridade para ser um Ecologista, mas para quem nunca plantou um pé de couve, tudo é lixo

    Curtir

  • A terra de meus antepassados. Coruña. Espanha.

    Curtir

  • Eduardo, no anexo está o verdadeiro Brasil daqueles que se insurgem contra os esquerdistas safado e corruptos do PT.
    Dia 6 panelaço e no dia 16 nas ruas.

    Ps, desculpem por ter mandado duas vezes-lá mais pra cima, porque errei o lugar do comentário.

    http://mail.uol.com.br/attachment?msg_id=ODIwOTU&ctype=%3D%3Fiso-8859-1%3FQ%3F%3D28K%3DE1%3D29_O_Brasil_Acordou.mp4%3F%3D&disposition=attachment&folder=INBOX&attsize=3323420

    Curtir

  • Uai, pegaram o Marcelo Odebrecht. Interessante -no singular, diante das respostas dos advogados de que eles todos não sabem de nada e irão colaborar.

    Será que esses que não sabem de nada não sabem nem de onde vem os lucros das empresas em obras com estatais? Será que diretor empregado tem tanto poder em pagar milhões e milhões de dólares e os acionistas controladores também não sabiam desses pagamentos e muito menos dos acertos? Que gente pura…..inofensiva..em grande parte de pai para filhos.

    Será que somos todos idiotas?

    Paguem pelas roubalheiras seus safados, vagabundos, porque a conta veio pra nós.Todos em cana começando pelos controladores.

    à lembrança, o Madoff que gatunou só privados pegou 150 anos e nem no velório dos 2 filhos deixaram ir. Aqui, os mensaleiros já estão em casa e os da Lava jato em breve com tornozeleira com auspício do STF.

    Curtir

  • Frases da Dilma, é o Dilmes em ação.

    Acredite quem quiser!!! É uma débil mental.

    “Não vamos colocar uma meta: deixaremos em aberto e quando atingirmos ela, nós dobraremos a meta”.

    “E eu quero adentrar pela questão da inflação e dizer a vocês que a inflação foi uma conquista desses dez últimos anos do governo do presidente Lula e do meu governo”.

    “A inflação, quando olho para a frente, ela está em queda, apesar do índice anualizado do ano (sic) ainda estar acima do que nós queremos alcançar, do que nós queremos de ideal”

    “Os alimentos também começaram a registrar, mesmo com todas as tentativas de transformar os alimentos no tomate (sic), os alimentos começaram uma tendência a reduzir de preço”.

    “Nós fomos o governo que mais estruturou os mecanismos de combate à corrupção, a irregularidades e malfeitos”

    “Nem todas as denúncias de escândalo resultaram em realmente a constatação que a pessoa tinha de ser punida e seria condenada”.
    Eu não vou tomar nenhuma posição que me coloque em confronto, conflito, ou aceitando ou não (sic). Eu respeito a decisão da Suprema Corte brasileira. Isso não é uma questão subjetiva”.

    “A Zona Franca de Manaus, ela está numa região. Ela é o centro dela porque ela é a capital da Amazônia.”

    “Ela (Zona Franca) evita o desmatamento, que é altamente lucrativo — derrubar árvores plantadas pela natureza é altamente lucrativo.”

    “Os homens não são virtuosos, ou seja, nós não podemos exigir da humanidade a virtude, porque ela não é virtuosa, mas alguns homens e mulheres são, e por isso é que as instituições têm que ser virtuosas.”

    “Queria destacar a importância da ligação entre o Brasil e a Europa por cabos de fibra submarinos. A ligação com a Europa significa uma diversificação das conexões que o Brasil tem com o resto do mundo.”

    “Nós consideramos como estratégica essa relação, até por isso fizemos essa parceria estratégica.”

    “Em Portugal, de onde acabei de vir, o desemprego beira 20 por cento. Ou seja, um em cada cinco integrantes da população economicamente ativa está desempregado”.

    “Eu sempre escuto os prefeitos. Por que é que eu escuto os prefeitos? Porque é lá que está a população do país, ninguém mora na União, ninguém mora… “Onde você mora?” “Ah, eu moro no Federal”.”

    “A única área que eu acho, que vai exigir muita atenção nossa, e aí eu já aventei a hipótese de até criar um ministério, é na área de… Na área… Eu diria assim, como uma espécie de analogia com o que acontece na área agrícola.”

    “A mulher abre o negócio, tem seus filhos, cria os filhos e se sustenta, tudo isso abrindo o negócio.”

    “A Zona Franca de Manaus, ela está numa região. Ela é o centro dela porque ela é a capital da Amazônia.”

    “Vamos dar prioridade a segregar a via de transporte. Segregar via de transportes significa o seguinte: ou você faz metrô, porque o metrô… porque o metrô, segregar é o seguinte, não pode ninguém cruzar rua, ninguém pode cruzar a rua, não pode ter sinal de trânsito, é essa a ideia do metrô. Ele vai por baixo, ou ele vai pela superfície, que é o VLT, que é um veículo leve sobre trilho. Ele vai por cima, ele para de estação em estação, não tem travessia e não tem sinal de trânsito, essa é a ideia do sistema de trilho.”

    “Tudo o que as pessoas que estão pleiteando a Presidência da República querem é ser presidente.”

    “Eu vi. Você veja… Eu já vi, parei de ver. Voltei a ver e acho que o Neymar e o Ganso têm essa capacidade de fazer a gente olhar.”

    “Eu quero adentrar pela questão da inflação, e dizer a vocês que a inflação foi uma conquista desses 10 últimos anos do governo do presidente Lula e do meu governo.”

    “Eu também vou falar… eu vou falar pouco. Vou explicar por quê: todo mundo, antes de mim, disse que ia falar pouco, não é? E aí, tinha uma senhora ali, na frente, que falou o que todos nós estamos sentindo. Ela disse assim: “Eu estou com fome”. E eu vou levar em consideração ela, que falou uma coisa que todo mundo está pensando, mas não está falando.”

    “A autossuficiência do Brasil sempre foi insuficiente.”

    “Primeiro, eu queria te dizer que eu tenho muito respeito pelo ET de Varginha. E eu sei que aqui, quem não viu conhece alguém que viu, ou tem alguém na família que viu, mas de qualquer jeito eu começo dizendo que esse respeito pelo ET de Varginha está garantido.”

    “Em Vidas Secas está retratado todo problema da miséria, da pobreza, da saída das pessoas do Nordeste para o Brasil.”

    “O meio ambiente é sem dúvida nenhuma uma ameaça ao desenvolvimento sustentável.”

    “Eu quero, então, voltar aonde eu comecei. Eu vou falar agora que aqui tem 37 municípios. Eu vou ler os nomes dos municípios, porque eu acho importante que cada um de vocês possam (sic) se identificar aqui dentro e, por isso… Eu ia ler os nomes, não vou mais. Por que não vou mais? Eu não estou achando os nomes. Logo, não posso lê-los.”

    “Eu ontem disse pro presidente Obama que era claro que ele sabia que depois que a pasta de dente sai do dentifrício ela dificilmente volta pra dentro do dentifrício. Então que a gente tinha de levar isso em conta. E ele me disse, me respondeu que ele faria todo esforço político para que essa pasta de dente pelo menos não ficasse solta por aí e voltasse uma parte pra dentro do dentifrício.”

    “Eu estou muito feliz de estar aqui em Bauru. O prefeito me disse que eu sou, entre os presidentes, nos últimos tempos, uma das presidentes, ou presidentes, que esteve aqui em Bauru.”

    “Eduardo Paes é o prefeito mais feliz do mundo, que dirige a cidade mais importante do mundo e da galáxia. Por que da galáxia? Porque a galáxia é o Rio de Janeiro. A Via Láctea é fichinha perto da galáxia de que o nosso querido Eduardo Paes tem a honra de ser prefeito”

    “O município apresentou seu estado de emergência, está liberado. Eu fui lá em Virginópolis… Virgolândia. Ou seja, é perto de Virginópolis – eu confundo porque virgo e virgem é a mesma coisa.”

    “E é interessante que, muitas vezes, no Brasil, você é, como diz o povo brasileiro, muitas vezes, você é criticado por ter o cachorro e, outras vezes, por não ter o mesmo cachorro.”

    “Eu quero cumeçá contando uma história pra vocês de uma mulher que estudou somente até a 5ª série ginasial e… aliás, a 5ª série do curso fundamental, porque vivia na roça com mais nove irmãos e não teve condições de continuar estudano. Mas essa mulher… eu vou tratá dela nu, na, na próxima cerimônia que eu vou participar aqui em Campinas…”

    “Quando a gente dá o Bolsa Família, nós temos de dá também condições pras pessoas mudarem de vida. Mudá de vida ocê muda de várias formas. Primeiro, estudano….”

    “Se hoje é o dia das crianças, ontem eu disse que criança… o dia da criança é dia da mãe, do pai e das professoras, mas também é o dia dos animais, sempre que você olha uma criança, há sempre uma figura oculta, que é um cachorro atrás.”

    Curtir

  • […] Velhos hábitos demoram para morrer. […]

    Curtir

  • Como se constrói um herói? Indicação de filme para o final de semana- THE HISTORY OF DR.JOSÉ RIZAL

    Curtir

  • filme completo em melhor qualidade

    Curtir

  • A panaceia Dilmista ocorrida ontem estava mais pra um circo mambembe e ela atriz única.

    Convocou 27 governadores, foram 26 e um vice pra ouvir ” solidariedade” na luta pelo ajuste que ela é a causa e única responsável.

    Depois cortou 2.2 bilhões entre Saúde e Educação, porque pra ela estão muito bem e com verbas sobrando e mais 1.3 bilhões do tal do PAC que cresce como rabo de cavalo-pra baixo.

    A “economia” de R$ 8 bilhões cantada em proza e verso, é ridícula diante do necessário e ainda mais diante de um PIB mesmo reduzido estará em torno de R$ 1.7 trilhões- nem sei mais se em dólares ou o finado real.

    No final do show o maranhense e comunista Flávio Dino, cúmplice do governo, falou sem que perguntassem que eles e ela foram eleitos democraticamente ?! como se ninguém soubesse, maneira idiota de se referir ao impeachment que caminha e o pavor bate nas portas. O asno comuna deveria ler nossa democrática constituição.

    À completar, é uma por dia, o manguaça Lula na solenidade da nova diretoria do sindicato dos metalúrgicos do ABC, entre os habituais delírios que ele exterioriza disse: nós, as elites, queremos privatizar o Banco do Brasil….” Sabe porque ele e o PT são contra? Medo de perder uma nova fonte de renda corruptiva depois de tudo que se passou com a Petrobras hoje quebrada graças ao PT e seus sócios nas roubalheiras.

    Porque quebrada? Afora a bandalheira do Lava jato tem o prejuízo de US$ 80 bilhões vendendo por 4 anos combustível mais barato que a compra, e adicione-se o atual preço do barril de petróleo, ontem, no mercado futuro para 15 de setembro em U$ 48, 34

    Dia 6 das panelas está chegando e dia 16 da grande manifestação cívica voltada a higienizar nosso país dos ratos e ratazanas.

    Curtir

  • Noite de LUA AZUL um brinde e vibrações de OS ROSACRUZES -AMORC

    Curtir

  • Zé Dirceu em cana!

    Será que já estão batendo na porta do Lula? Aliás, em depoimento na Câmara sobre o mensalão o Zé disse claramente que nada fez sem conhecimento prévio do “Presidente” Lula.

    Curtir

  • Ze Dirceu,

    Lupus pilum mutat, non mentem. ( O lobo muda o pelo, não a índole)

    Nem depois da prisão mudou. Confirma-se os romanos.

    Curtir

    • Vale a leitura

      POR QUE A ESQUERDA ENVEREDOU PARA O CRIME
      Augusto de Franco

      Uma análise

      O que está acontecendo com o PT não é um fenômeno isolado. Aconteceu com vários grupos da esquerda autocrática depois da queda do muro de Berlim. Sobretudo na América Latina, em que muitos dirigentes de organizações ditas revolucionárias enveredaram para o crime.

      Conheci vários desses militantes que viraram bandidos. Daniel Ortega, da Frente Sandinista, hoje presidente da Nicarágua, foi um deles. Me lembro como se fosse hoje. Ele foi convidado de honra no I Congresso do PT (que coordenei), no final de 1991. Chegando lá, no Hotel Pampa, em São Bernardo, Daniel pediu logo ao tesoureiro do PT à época, se não podia arranjar umas prostitutas. Esse Daniel e seu irmão Humberto, eram teleguiados de Fidel, que lhes passava pitos, aos berros. Reuniões decisivas para o futuro da chamada revolução sandinista foram realizadas em Havana, sob o comando de Fidel. E enquanto as bases petistas da Igreja idolatravam por aqui os sandinistas como expoentes de uma nova espiritualidade dos pobres, esses bandidos assaltavam patrimônio público (inclusive passavam para seus nomes propriedades imóveis) do Estado nicaraguense.

      O mesmo ocorreu com gente da Frente Farabundo Marti de Libertação Nacional de El Salvador, que também está no governo. Aconteceu com o Mir (e com o Mir Militar) chileno, com alguns Tupamaros, com as FARC colombianas e, é claro, com a nova leva de bolivarianos, que não tinham tanta tradição de esquerda, como Chávez, Maduro e Cabello (mas aí já estamos falando de delinquentes da pior espécie, que inclusive chefiam o narcotráfico na região) e como Rafael Correa e Evo Morales. Bem, para resumir, aconteceu com boa parte das organizações e pessoas que frequentam as reuniões do Foro de São Paulo (fundado, não por acaso, um ano depois da queda do muro – e eu estava presente na reunião de fundação, no Hotel Danúbio).

      Não dando certo a revolução pela insurreição, pelo foquismo ou pela guerra popular prolongada, essa galera chegou à conclusão de que seria preciso fazer a revolução pela corrupção. Bastaria adotar a via eleitoral contra a democracia e depois assaltar o Estado para financiar um esquema de poder de longo prazo. O plano era simples: conquistar hegemonia sobre a sociedade a partir do Estado aparelhado pelo partido. O objetivo era claro: chegar ao governo pela via eleitoral, tomar o poder e nunca mais sair do governo. Para isso, entretanto, era necessário, além do tradicional caixa 2, fazer um caixa 3, encarregado de custear ações legais e ilegais, ostensivas e clandestinas, para controlar as instituições, comprar aliados, remover ou neutralizar obstáculos…

      Afinal, pensaram eles: as elites não fizeram sempre assim? Para jogar o jogo duro do poder não se pode ter escrúpulos. Foi essa a conclusão de Lula, Dirceu e dos dirigentes petistas que tomaram o mesmo caminho. É claro que, como ninguém é de ferro e como não se pode amarrar a boca do boi que debulha, alguma compensação em vida esses bravos revolucionários mereciam ter. E foi assim que enriqueceram, abriram contas secretas no exterior para guardar os frutos dos seus crimes, adquiriram bens móveis e imóveis em nome próprio ou de terceiros e foram levando a vida numa boa enquanto o paraíso comunista não chegasse.

      O ano de 1989 foi decisivo para essa degeneração política e moral da esquerda. Mas o que aconteceu não foi um resultado do somatório de desvios individuais. Não! Eles viram que seria muito difícil conquistar o mundo e assumir o comando de seus próprios países, contrapondo um bloco a outro bloco. O bloco dito comunista se desfez. A União Soviética derreteu em 1991. Ruiu tudo. E agora? Bem, agora – pensaram eles – seria necessário ter uma nova estratégia. E eis que surgiu uma ideologia pervertida, baseada numa fusão escrota de maquiavelismo (realpolitik exacerbada) com gramscismo. Eles, como operadores políticos, conduziriam a realpolitik sem o menor pudor, enquanto que pediriam ajuda aos universitários para dar tratos à bola do gramscismo (e reproduzir mais militantes nas madrassas em que se transformaram as universidades).

      No Brasil, porém, parece que erraram no timing. Precisariam de mais uns três ou quatro anos para ter tudo dominado, dos tribunais superiores, passando pelo Congresso, pelo movimento sindical e pelos fundos de pensão, pelos (falsos) movimentos sociais que atuam como correias de transmissão do partido, pela academia colonizada, pelas ONGs que se transformaram em organizações neo-governamentais, por uma blogosfera suja financiada com dinheiro de estatais e por grandes empresas (com destaque para as empreiteiras, atraídas pela promessa de lucros incessantes quase eternos se estivessem aliadas a um sólido projeto de poder de longo prazo).

      Não deu tempo. O plano foi descoberto antes que as instituições fossem completamente degeneradas. E chegamos então a este agosto de 2015, ano em que alguns desses dirigentes vão começar a assistir, de seus camarotes na prisão, o desmoronamento do esquema maléfico que urdiram.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Velhos hábitos demoram para morrer no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: