Edward Snowden e o “admirável mundo novo”

9 de julho de 2013 § 7 Comentários

ES1

De modo nenhum o que veio à tona foram informações novas ou revelações surpreendentes. Mas de certa forma os documentos vazados pelo ex-técnico da CIA, Edward Snowden, mostrando pormenores do sistema de monitoração de comunicações on e offline em escala global pelo governo americano oficializa uma realidade de todos e de cada um de nós bem mais que suspeitada.

Como fingir-se ultrajado por tais “revelações” num mundo onde organizações acobertadas por governos nacionais dedicam-se a atirar Boeings cheios de gente contra prédios de escritórios nos horários de pico de trabalho enquanto os proprietários das grandes encruzilhadas da internet como o Google, o Facebook e outros menos votados, todos incensados como grandes benfeitores da humanidade e paladinos da causa da “liberdade na rede”, fazem centenas de bilhões de dólares por ano gravando e vendendo a qualquer um que queira pagar por isso não apenas o mapeamento das conexões entre IPs suspeitos, como faz modestamente a CIA, mas tudo que todos nós falamos, escrevemos, mostramos, vendemos e compramos dentro da rede mundial, além do passo a passo das nossas deambulações pelo mundo físico sistematicamente plotadas, à nossa revelia, pelos GPS’s que eles embutem nos gadgets com que “nos servem”?

es9

A situação que tais “revelações” oficializa, portanto, é de que, diante do esboroamento do aparato de law enforcement apoiado em Estados Nacionais sem mandato para lidar com uma realidade onde tudo, a começar pelo crime, está globalizado, os Estados Unidos da América, como potência militar e tecnológica hegemônica, assumiram o papel de polícia do mundo num mundo em que nem Nova York está a salvo, o que cria uma situação paradoxal. Pois não ha uma pessoa honesta consigo mesmo que não se sinta, ao mesmo tempo, ameaçada e reconfortada com isso. Ou, no mínimo, morrendo de saudades de um mundo onde ainda era possível guardar segredos e esperar que a vida se nos revelasse aos poucos.

O chanceler Patriota e o ministro Amorin, afinados com o momento “cu na parede” do PT apressaram-se a dizer que o Brasil é muito vulnerável por carência de tecnologia ( o que nos permite antecipar que logo, logo as odebrechts da vida entrarão no ramo de satélites bancados pelo BNDES, se ainda houver BNDES), assim como dona Dilma, sem que ninguém tivesse feito muitas perguntas nesse sentido, garantiu que nunca houve autorização ou colaboração do governo brasileiro com esses expedientes de espionagem.

ES6

Não sei se convenceram alguém…

Mas a verdade é que o problema não é de carência de tecnologia, é de mudança de paradigma tecnológico. Uma mudança que torna a rede mundial de comunicações – e não apenas ela – absolutamente indefensável.

Tudo está devassado. Nem as comunicações do Pentágono, como já se provou diversas vezes até a partir de prosaicas garagens espalhadas pela periferia do mundo, estão seguras. E esse não é, nem de longe, o maior problema que essa mudança de paradigma está provocando.

O “mundo novo” nunca se me mostrou tão “admirável” assim e esse aspecto da inexorabilidade da “aquisição” de todo e qualquer perseguido, ainda que em operações cada vez mais cirúrgicas, não faz com que ele pareça nada melhor aos meus olhos. Qualquer arma – é a história da humanidade quem o diz – pode ser (e será) usada indistintamente para o bem e para o mal…

es7

De minha parte, porém, os argumentos da CIA seguem parecendo mais aceitáveis, por enquanto, que os do Google, os do Facebook e cia. ltda. para meter o nariz na minha vida e, a custa disso, armarem-se com os bilhões que empregam, cada vez com menos pudor, no assassinato econômico de concorrentes.

Perturba muito mais a minha sensibilidade, igualmente, ver o comerciante de bisbilhotices ser saudado como herói da liberdade enquanto os caçadores de bin ladens são muito mais maltratados que isso. Ha qualquer coisa de doentio nesse tipo comportamento. Patologia social, digo. Coisa mais difícil de curar que doença de gente.

Na verdade, preocupam-me mais os sinais de progressiva contaminação do uso indesejável mas justificável da invasão de privacidade pelo governo americano pelas motivações indesejáveis e injustificáveis dos comerciantes de bisbilhotice que têm aparecido lateralmente nessa história do que o contrário.

es8

Vejo mais perigo para o futuro da humanidade no fato do governo americano usar esse aparato também para espionagem comercial e favorecimento de negócios e, portanto, também de negociantes, do que em qualquer lasca tirada de minha privacidade em nome da prevenção de atentados terroristas ou do retardamento da posse de armas químicas ou nucleares por conhecidos trogloditas internacionais.

Enquanto essas duas coisas estiverem separadas ha esperanças para o futuro da democracia. Quando se misturarem assumida e impunemente, ela estará condenada.

ES4

Marcado:, , , , , , , , , , , , , , ,

§ 7 Respostas para Edward Snowden e o “admirável mundo novo”

  • desde q li (e vi nascer a informática) jamais duvidei da capacidade tecnológica, é tudo tão simples, pena é a confusão humana e a eterna bisbilhotice …

    Curtir

  • paulzooom disse:

    Edward Snowden Revela VÁRIOS Documentos secretos da NSA
    Entre eles: UFOs e que há vida Humana Inteligente sob a Crosta da Terra.
    =================================================

    ” Os níveis mais altos de governo não sabem sobre os UFOs. A história oficial os desmistifica como sendo somente balões meteorológicos ou fenômenos naturais.
    De qualquer modo, estes documentos secretos falam sobre UFOs como sendo certamente guiados por inteligências superiores às nossas.
    Como se mostram, os avistamentos mais plausíveis e inexplicáveis são de manchas (UFOs) saindo do fundo do mar, vulcões e entrando diretamente em órbita solar.
    ” Porque os Sistemas de Localização de Mísseis Balísticos e Sonar no fundo do mar é mantido como Segredo Governamental (Segurança Nacional), e os cientistas não têm acesso a dados sobre estes objetos. Porém, a maioria dos membros da DARPA – Defense Advanced Research Projects Agency concordam que há espécies mais inteligentes que nós vivendo no MANTO da TERRA (abaixo da Crosta).
    Faz sentido, se você pensar nisto, porque este é o único lugar em condições que ficaram estáveis há mais de um bilhão de anos. Extremophiles (Organismos que vivem em condições extremas) pode viver a temperaturas diferentes de nós, mas eles puderam prosperar e desenvolver inteligência a uma taxa aparentemente acelerada. Isso não é verdade, porque eles simplesmente evoluíram à mesma taxa, mas sem muitos dos problemas que ocorreram com a vida na superfície da Terra.
    ” O presidente recebe instruções específicas diárias sobre as atividades deles. Os analistas acreditam a tecnologia deles é tão avançada que teríamos pouca chance de sobrevivência em qualquer guerra potencial. O sentimento geral é que nós somos FORMIGAS na perspectiva deles; assim há pouca chance deles se mostrarem ou tentar comunicarem-se conosco; e o “plano de contingência” atual é detonar armas nucleares em cavernas profundas para destruir o inimigo, mas não temos nenhuma esperança que isso desencorajaria ataques.”
    De acordo com documentos “explosivos” liberados da NSA por Snowden, o governo conhece UFOs há muito tempo, sendo espécies mais avançadas do gênero humano.
    Os críticos podem alegar que a 30 anos atrás a antiga NSA e a contratante CIA poderiam mostrar informações sobre os nossos vizinhos ultraterrestres já bem conhecidos. Mas o GRP – Ground Penetrating Radar (usa pulsos de RADAR para mapeamento do Subsolo), usado pela comunidade de inteligência, só serve para registros estratégicos de terremotos e tsunamis.
    Da mesma maneira como o PRISM (programa de vigilância eletrônica secreto da NSA para monitoramento e a avaliação de mídias eletrônicas, para a recuperação de informações armazenadas sobre um alvo e em tempo real) mostra nova interpretação através do sistema de informações ECHELON (Sistema de interceptação mundial de telecomunicações para analisar as comunicações a nível mundial, para buscar mensagens que representem ameaças à segurança mundial.) da NSA, que revelou nos anos 1990, GRANDES COMPLEXOS DE CIDADES SUBTERRÂNEAS – como bolsões de diamante puro mostrados no GRP – transformará debate público sobre o equilíbrio entre liberdade e segurança.”

    Curtir

  • Concordo em gênero,número e grau.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Edward Snowden e o “admirável mundo novo” no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: