A verdade no Congresso, para variar

29 de julho de 2016 § 23 Comentários

Quem discursa é o deputado Nelson Marchezan (PSDB-RS). O Orlando de quem ele fala é o Silva, do PT, ex-ministro de Lula, ex-presidente da UNE, ex-presidente da União da Juventude Socialista, ex-editor da revista Debate Sindical do país que, de longe, mais tem sindicatos no mundo: 15 mil.

Marcado:, , , , , , , , ,

§ 23 Respostas para A verdade no Congresso, para variar

  • Fernando Lencioni disse:

    Aliás, como eu sempre falo, o poder judiciário e o mp no Brasil são tão perniciosos quanto os poderes executivo e legislativo. As regalias são tão ou mais absurdas que as existentes nos poderes executivo e legislativo . Mas a imprensa brasileira, covarde e inculta como é, só fala destes últimos.
    Será que algum dia nós teremos uma imprensa culta e desassombrada capaz de formar opinião o suficiente para criar um movimento no sentido de tirar o Estado das costas do cidadão brasileiro?
    Infelizmente, acredito que não. Porque as cabeças pensantes diminuíram diuturnamente desde a década de 80 e se tornaram a minoria.

    Curtir

  • José Augusto Baldassari Filho disse:

    Ontem no jornal Valor Econômico,28/07/2016 – Pg.A12, foi publicado uma extensa e ilustrativa reportagem,título “Taxa sindical banca”faturamento”de média empresa a entidades” .
    Creio que a CLT se tornou também refém dos dirigente sindicais,patronais e dos trabalhadores, e um forte pretexto para a perpetuação da paradoxal “contribuição obrigatória” pois se é obrigatória não é contribuição e se é contribuição não deveria ser obrigatória.Em 2015 foram recolhidos R$ 3,4 bilhões e pasmem,agora está em debate no Congresso um projeto que poderá aumentar ainda mais o “bolo”.Quanto a Reforma Trabalhista,sindicalistas defendem com unhas e dentes a “sagrada” Contribuição Anual OBRIGATÓRIA. Aliás quando falam em reforma sindical,a maior parte do que é discutido é balela.O foco da discussão se resume na manutenção desta extorsão anual.Por isso vemos Confederações,Federações e Sindicatos com diretorias que perduram no cargo,pasmem,a 40 anos ou mais,algumas sendo repassadas como se fossem uma herança familiar.Mais um escândalo visto com naturalidade e passividade por quem as sustentam,neste oceano de escândalos que se tornou o Brasil.Se cair esta “contribuição” será dificílimo encontrar “dirigentes”classistas desta citada estirpe, sejam eles ”representantes” dos trabalhadores ou patronais,pois sem a bilionária ”contribuição” perderão naturalmente o interesse em permanecerem nos cargos com o término da mamata. A queda desta “contribuição” fortaleceria os sistemas representativos pois aí surgiriam lideranças verdadeiras e não estes simulacros que vem desfrutando destes bilhões desde a “era getulina” a mais de 70 anos,sem prestar contas a quem os sustentam em nome de uma pseudo não interferência a “liberdade sindical”,salvo raras as exceções.
    Aforismo : “O mais delicioso dos privilégios é gastar o dinheiro dos outros”
    John Randolph
    Creio que esta frase explica muito bem a razão deste afã em não largarem o osso,aliás,este macio filé.29/07/2016.

    Curtir

  • José Augusto Baldassari Filho disse:

    A Justiça Trabalhista : Uma maquina do Estado cujo custo é superior aos valores das indenizações pagas ao longo de um ano legal (apenas 10 meses) a quem a acessa.Uma fabrica de processos,em sua maior parte desnecessários,processos estes multiplicados por legislações ultrapassadas e confusas,especificamente para manter uma reserva de mercado à milhões de advogados e a toda uma estrutura jurídica/burocrática em cascata,focada e voltada,em primeiro lugar,à sua eterna sobrevivência,manutenção e ampliação.Basta notar que o Brasil é um dos recordistas mundiais em “causas trabalhistas”. Aforismos : “O incompetente procura ocultar a própria incompetência através do aumento das suas competências” – “A prioridade de qualquer burocracia é sua sobrevivência, custe o que custar”

    Curtir

  • Scarpelli disse:

    Fernão,

    Já notou que os únicos grupos privados que não reclamam do governo são os dos bancos?

    São os únicos que não fazem demissão voluntária e nem estão demitindo pessoal.

    Também, pudera, com as taxas de juros que o país paga.

    Aparentemente, quanto pior para o país, melhor para os bancos.

    Scarpelli

    Curtir

  • Edson Galindo disse:

    Vou mudar para o RS só para votar nesse cara…

    Curtir

  • José Silverio Vasconcelos Miranda disse:

    Os sindicatos já eram ruins e inoperantes a partir de Getulio. Depois de
    1988, proliferaram mais do que ratos. Existe sindicato de tudo que é
    possível imaginar, sejam eles patronais ou de trabalhadores. As diretorias são imensas, notadamente nos de trabalhadores. Uma forma de proteção a estabilidade no emprego. Os sindicatos patronais são uma vergonha. Sinecuras para abrigar parentes, amigos e apaniguados.
    A prestação de contas dessas entidades é uma pilhéria. Quanto a
    justiça trabalhista, o que observamos, além de seu custo absurdo, mau
    funcionamento e abrigo de uma legião de advogados mal vestidos e
    ignorantes. No trato com as partes, é mal educada, arrogante e não
    admite contestação. Em audiência, não se pode nem expressar a verdade dos fatos. E pensar que melhorou um pouco. Há alguns anos
    existia a absurda figura do juiz classista. Indefensável. Interesse de
    trabalhadores nunca foi preocupação de sindicato. Aliás, o que o
    sindicalismo nos legou, está configurado em Lula e seus asseclas.
    Isso é que é herança maldita.

    Curtir

  • Joaci Gonalves Oliveira disse:

    Ô Mesquitinha de merda….enfia este vespeiro no cú e para de me enviar esta merda!!!!!!!

    Date: Fri, 29 Jul 2016 16:15:12 +0000 To: joacibol@hotmail.com

    Curtir

  • Paulo Ferreira da Silva disse:

    Joaci Gonçalves, você entrou na porta errada, seu lugar é lá na pocilga da esquerda. Vá procurar sua turma imbecil.

    Curtir

    • Fernando Lencioni disse:

      Rapazes, não cometamos o mesmo erro deles. Peçamos a ele que não use palavras de baixo calão e que esponha a sua opinião de forma civilizada, pois o respeito aos opostos é condição basilar da democracia. Talvez ele não tenha entendido isso ainda. Talvez ele não tenha entendido bem o que é democracia. Talvez ele pense que democracia é a mesma coisa que ditadura do “proletariado”. Vamos ilumina-lo e mostrar-lhe o mundo das pessoas civilizadas e respeitosas e lhe apresentar o mundo dá razão, do debate saudável de ideias. O mundo da ciência e da cultura.

      Curtir

  • Osmar disse:

    Você está certíssimo Fernão. Os sindicatos e o MP, principalmente a Justiça do Trabalho, não representam o interesse de quem emprega e muito menos de quem trabalha como empregado. Sugiro ainda que você publique somente opiniões que embora contrarias, respeitem o oponente não usando palavras de baixo calão.

    Curtir

    • Jose Augusto disse:

      Prezado Osmar,é bom que se publique todas as opiniões, inclusive as desrespeitosas .Se a imprensa tivesse suavizado as palavras da Sra.Lula da Silva quanto aos panelaços,hoje não teríamos conhecimento nem instrumentos para analisar o pensam e como se portam estas pessoas que literalmente mandaram no país ao longo destes malfadados anos.

      Curtir

  • Carmen Leibovici disse:

    Esse é um cara legal ,que trabalha pelo Brasil e não pelos próprios interesses, e tem a coragem da auto-crítica honesta.

    São esses os que deveriam ter o maior espaço na mídia…Imagina um desses se candidatando a presidência.Não é melhor do que um Temer da vida?

    Eu escolheria um desses para que concorresse a um cargo executivo,mas não tenho essa chance porque tudo vem pronto lá de cima,da panela encarapitada no poder.

    Quem quer mais Sarneys,Collors,Temers,Renans,Lulas(D nos livre!).

    A mesma coisa em relação a próxima eleição para prefeitos:já vem tudo pronto e é só porcaria,com o perdão da palavra…

    Curtir

  • Antonio Polato disse:

    Graças ao Lupi e sua curriola, que aceita um cafezinho para autorizar a abertura de um sindicatozinho qualquer é que estamos nesta merda.

    Curtir

  • Amaury Machado disse:

    Num país infestado de malfeitores públicos, quando os protagonistas da história política empunham as bandeiras de defesa de ideias de; direito de defesa, direitos adquiridos de trabalhadores, garantia do emprego, presunção de inocência, garantias individuais, processos seletivos sociais, democracia e outras auto proteções, vejam que são sempre os mesmos bem assalariados partidários e proeminentes ícones dos embates nos embustes escatológicos dos legislativos e seus puxadinhos.

    Curtir

  • Fernão
    Ignorar ofensas como a do tal Joaci é o que o saber mostra ratificado pela religiosidade em confortá-los oferecendo aos pobres de espírito o reino dos Céus.
    São tipos como esse que defendem obsessivamente a funesta Dilma, levados por fanatismo movido a ódio e não entendendo que ” conservadorismo” existe exigindo reação sempre que os maiores valores, de uma sociedade realmente democrática, o qual pretendem suprimir impondo o utópico modelo esquerdista, mesmo superado em onde surgiu e “elles” antítese de nós ( sic Lula), por vingança queriam implantar.
    Temos que ficar atentos porque a esquerda perto do fim dilmista está disposta tudo e mais um pouco.

    Curtir

  • Assisti grande parte do julgamento do parecer do Senador relator, Antonio Anastasia, na Comissão do impeachment do Senado. O comportamento e os argumentos dos defensores e apoiadores da Dilma são lamentáveis´, demonstrando do mais absoluto desprezo pelas instituições e com colegas que deles divergem.
    Democracia, como sistema de governo é palavra que usam e abusam e só existe atendendo a eles e seus fins. A propósito foi por isso que a irresponsável está em vias de cair de vez.
    Francamente dá vontade de pedir as gravações à mostrar e servir de exemplo de como não se deve proceder na condição de “homem” público voltado aos interesses primordiais da nação.
    Foi desalentador e, comandado por ex Ministro da Justiça José Eduardo Cardoso, que se diz Constitucionalista, tal e qual o relator Anastasia.
    Chicanas, foi o mínimo que procuraram fazer pra ganhar tempo, de até 1 hora,exigindo a leitura de ata anterior ao contrário das 31 reuniões que antecederam a presente.
    O terror, pelo medo da perda do poder e das vantagens decorrentes leva aos mais absoluto absurdo comportamental, para mim reconfirmando da necessidade do “tchau Dilma”, a predadora.

    Curtir

  • Luiz Antonio Genaro disse:

    O Brasil é mesmo um Botiquim! Roubaram o FGTS, Roubaram Fundo de Pensão das Estatais, etc…Não vimos nenhum Sindicato Protestar. Pobres assalariados.

    Curtir

  • Deputado Nelson, o Sr. falou o que penso, parabéns.
    como diria Casoy: ISTO É UMA VERGONHA.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento A verdade no Congresso, para variar no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: