E segue o baile…

17 de abril de 2014 § 5 Comentários

a1

Nada resiste à esculhambação do Congresso Nacional.

La onde “crime” é “malfeito” e “assassinato” vira “ato infracional“, nenhuma surpresa em chamar “negócio” ao ato de transformar US$ 42 milhões em US$ 1,2 bilhão em menos de 12 meses e depois ficar discutindo sobre se isso foi “um bom ou um mau negócio“.

É claro que, no fundo, é tudo uma questão de ponto de vista, dependendo, a conclusão dessa momentosa questão, de se a pergunta é feita a quem possuia o bilhão e duzentos antes e ficou sem eles (nós os contribuintes) ou a quem se tornou proprietário deles depois do “negócio” feito…

O Congresso Nacional falava, supostamente, em nosso nome e, portanto, não deveria haver duvida nenhuma. Mas como naquele bosque de caras de variados paus vale tudo, formaram-se logo dois partidos em torno dessa nova “configuração” dada à falcatrua de Pasadena que ja antecipa onde vai chegar esta “investigação” das “excelências“.

a2

Um desses partidos é de linha, digamos assim, mais “lulista“: nega até o fim mesmo aquele tipo de evidência que resplandece ofuscantemente ao sol e fere estes 200 milhões de pares de olhos que a terra ha de comer.

O outro tem uma linha mais “dilmista“: admite eventualmente suas cagadas mas põe a culpa delas nos outros e, o que é muito pior, não limpa a sujeira feita.

Alinham-se ao primeiro grupo Nestor Cerveró e Sergio Gabrielli, entre outros, e ao segundo Dilma Roussef e Graça Foster, atrizes sabidamente faltas de imaginação e capacidade de improvisação que, pelo andar da carruagem vão ficar sozinhas nesse lado do picadeiro pois a nata das “excelências” já se manifestou agradavelmente surpreendida com a versão mais “lulista” que, confessadamente, nem eles próprios tinham, alguma vez, imaginado possível.

a2

A surpresa com a cara-dura dessa versão foi tanta que até mesmo Andre Vargas, aquele que pretendeu dar-se ares de ideólogo da bandalheira à Zé Dirceu e Genoíno mas logo depois foi flagrado lavando dinheiro em jatos, recolheu o seu pedido de renuncia. É que o seu apurado faro para oportunidades já lhe deu a entender que o processo de descriminalização da roubalheira em curso ha 12 anos está à beira de avançar mais um passo decisivo e resolveu pagar para ver.

A grande incógnita, agora, são os próximos passos do doleiro Alberto Youssef, “amigo de 30 anos” de André, e seu outro comparsa Paulo Roberto Costa tirado de circulação junto com ele.

Não ha sinais, até o momento, de que esteja iminente a prisão dos policiais federais que os prenderam. Mas a ser seguido o precedente aberto com o caso do Supremo Tribunal Federal no julgamento do Mensalão, é provavel que cassem ao menos os seus chefes, obviamente os mandantes do crime, digo, da prisão dos criminosos, colocando no lugar deles outros que se comprometam antecipadamente a ser menos “exagerados” com esse negocio de prender ladrões de dinheiro publico do lado errado, principalmente em ano eleitoral.

Afinal o Brasil é o “país de todos“, isto é, de todos “eles“, a começar pelos que têm sido injustamente presos quando na verdade merecem mais são indenizações por todo o bem que nos têm feito.

a2

Marcado:, , , , , , , , , , ,

§ 5 Respostas para E segue o baile…

  • gioconda bordon disse:

    Lembrei de uma das frases com que Gabriel Garcia Marques termina seu “Cem anos de solidão”. “… pois os condenados a cem anos de solidão não tem uma segunda chance na terra”. Se não é exatamente isso, no fundo é isso que ele diz.
    O Brasil, condenado à cem anos de podridão parece ter o mesmo destino, sem chances. Triste.

    Curtir

  • Marcos Ronald Roman Gonçalves disse:

    Eita, Fernão! Indenização? Você lança ideia e, logo, o Dirceueomeu pede a dele.

    Curtir

  • Fernão. Se tem baile é porque tem música, e os responsáveis são os que os elegem, aliás a própria sociedade. Não podemos deixar de considerar ser o Congresso uma amostragem da sociedade brasileira, até com relativa ponderação na Câmara. Lembre-se de que o Collor só renunciou porque perdeu a “base” parlamentar. E à não correr esse risco, os mensaleiros agiram até com sucesso e com a “compra” nos 39 Ministérios, nas liberações de verbas parlamentares entre outros afagos. Para o PT quanto pior o nível melhor aos seus interêsses ideológicos. Não são muitos os que entendem da importância na eleição do Legislativo, do federal ao municipal

    Curtir

  • Carlos Leôncio de Magalhães disse:

    Fernão, chamou-me a atenção ontem, no Senado, a frase da virago sobre a prisão do ladrão P. R. Costa, de que foi um “constrangimento” para a Petrobrás. Constrangimento foi, isso sim, para a imensa maioria decente, e por enquanto silenciosa, dos brasileiros.
    Parabéns!

    Curtir

  • Varlice disse:

    Aliviando o coração e os olhos:

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento E segue o baile… no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: