É a volta à Idade das Trevas?

2 de agosto de 2021 § 17 Comentários

As três gigantes de tecnologia – Apple, Alphabet (Google) e Microsoft – anunciaram quarta-feira passada um lucro trimestral recorde muito acima do que Wall Street esperava. Amazon e Facebook ainda não divulgaram os seus mas navegam nesse mesmo mar. Elas cresceram explosivamente na pandemia e continuam crescendo explosivamente na pós-pandemia. A expansão exponencial do trabalho remoto e das compras online, da venda das máquinas que dão acesso a esse universo (+50% nas de iPhones), da “propaganda digital” que inclui todos os componentes de espionagem que transformaram a privacidade num doce sonho do passado e ameaçam fazer o mesmo com a democracia (+69% no faturamento dos “anúncios” persecutórios do Google) e dos serviços de suporte a tudo isso na “nuvem” (+50% no Microsoft Azure Cloud Platform) explicam os números. Elas lucraram, em média, US$ 5 bi por semana depois dos impostos, uma soma de US$ 56,8 bi no trimestre, aproximadamente o dobro do que fizeram no mesmo período do ano passado.

Seu poder de corrupção galopa junto com esses números…

No mesmo dia a China anunciou interferência maciça em todos os serviços de educação do país, na sequência de um movimento geral de recrudescimento da repressão a dissidências internas que vão das ações em Hongkong e ameaças a Taiwan ao “genocídio” dos Uigur (como Joe Biden oficialmente o classificou) com “campos de reeducação urbanos” (espécie de condomínios prisionais empilhados) onde já ha mais de um milhão de internados, esterilização em massa das mulheres dessa etnia e, até, como recém apurado pelo NYTimes, a prisão e execução de parentes dos que conseguiram fugir do país.

O anuncio da intervenção generalizada na educação derrubou fortemente as ações de companhias chinesas em Wall Street, começando pelas de educação mas seguindo por uma queda geral das ações chinesas em função da crescente insegurança jurídica que acompanha os sinais que Xi Jimping emite reiteradamente de que já não se interessa tanto em ser considerado “uma economia de mercado”, como um Ocidente sempre rasteiramente ganancioso e politicamente hipócrita apressou-se em fazer contra todos os fatos, pois cresceu e criou dependência suficiente, mundo afora, para achar que já pode baixar na mesa as cartas das suas ambições geo-hegemônicas.

Arrastada por esses macro-movimentos, a periferia vai, aos trancos e barrancos e a partir de um patamar abissalmente mais profundo de falta de proteção social, defesas democráticas e censura generalizada do pensamento, num processo vertiginoso de concentração da riqueza e aprofundamento da miséria. Uma semana antes duas manchetes concomitantes nos jornais brasileiros chamavam a atenção: “Brasil perde quase 30 mil indústrias em 6 anos” e “Arrecadação federal sobe 24,5% e bate recorde”. É a tradução tupi do mesmo fenômeno descrito acima, que resulta de quase meio século de recordes sucessivos de fusões e aquisições de empresas em todos os cantos do mundo.

Cada vez menos gente, faturando cada vez mais, é dona dos meios de produção. E consequentemente, só o Estado, sócio compulsório do Poder Econômico, cresce com essa minoria, ficando a massa crescente dos “proletários” cada vez mais impossibilitada de exercer qualquer direito, a começar pelo de ascensão social e acesso à propriedade como resultado do trabalho (ou seja, livre e independentemente de vassalagem política), num ambiente de monopólios onde ela não pode, nem escolher o patrão, que já não precisa disputa-la aumentando salários, nem escolher os fornecedores, que já não precisam disputa-la reduzindo preços, e depende cada vez mais do socorro estatal.

É esse o resultado do erro crasso dos Estados Unidos e do resto das economias líderes do Ocidente de revogar o sentido antitruste de sua democracia diante do desafio da invasão de seus mercados pelos produtos do capitalismo de estado escravocrata socialista e aceitar combatê-lo “achinezando” o seu mercado de trabalho em vez de taxar o roubo de propriedade intelectual e a ausência de direitos básicos do trabalhador nos produtos autorizados a entrar no seu mercado para favorecer a causa civilizatória na(s) China(s).

No socialismo real, versão redesenhada do absolutismo monárquico agora policiado por computador, toda propriedade pertence ao rei (ou ao dono do partido) e aos barões que se prestarem ao papel de atuar para garantir a invulnerabilidade do rei excluindo da vida econômica os dissidentes, “fator de dissuasão” que, no atacado, é muito mais eficiente que a mera violência física para disciplinar multidões. O mundo, enfim, vai-se “socializando” ao plantar diretamente o resultado final do processo socializante que é concentrar todo o Poder Econômico nas mesmas mãos que detêm todo o Poder Politico, em vez de opor um como moderador do outro, garantida a alternância do Político, como é da receita democrática.

A quebra do paradigma tecnológico foi a pá de cal, não só pelo acesso que deu aos mercados sem consideração de fronteiras, o que tornou impotentes as leis nacionais, como pelo despreparo das instituições democráticas para regulamentar a nova realidade do mundo conectado em rede. Essa é a tarefa que se apresenta agora e para a qual os Estados Unidos começam a despertar com atraso potencialmente fatal. É o mesmo “gap” com que eles se depararam na virada do século 19 para o 20 quando a evolução das técnicas de gestão, que levaram aos “ganhos de escala” na produção industrial (igualmente, na época, à custa da monopolização e do massacre dos salários), viram-se potencializadas pela corrupção política em conluio com a do setor privado proporcionada pela “ferroviarização” do território americano que teve, para a época, o mesmo efeito, guardadas as proporções, que as amazons da vida têm hoje para o pequeno empreendedor: ninguém pode viver sem ajoelhar-se para elas.

Desta vez, porem, o fenômeno é agravado pelo componente adicional da política que, menos ainda, pode viver sem as redes sociais. Estas, embora sejam hoje o que o espaço público foi desde sempre, ainda são reguladas pelas leis das empresas privadas do passado pre-informatizado, o que as isenta de cumprir determinações tão básicas do arsenal de legítima defesa do cidadão contra os tubarões de sempre quanto a Primeira Emenda da constituição americana que garante ao menos voz para todo mundo.

É com um desses dois modelos – o totalitarismo informatizado ou a democracia, sempre correndo atrás das evoluções do crime – que o mundo, cada vez mais inescapavelmente “um só” vai ficar.

Os Estados Unidos terão de reeditar, reescalonadas para termos globais, as suas batalhas antitruste e pelos direitos civis, possivelmente extendendo para o nível federal as ferramentas de democracia direta que deu aos eleitores nos níveis estadual e municipal para passar as reformas da virada do século 19 para o 20 para conseguir safar-se da armadilha e arrastar o mundo com eles como da outra vez, ou o planeta mergulhará numa Idade das Trevas de nos fazer ter saudades daquela em que a outra igreja que queimava “hereges” na fogueira reinou inconteste por quase 1800 anos.

Marcado:, , , , , , ,

§ 17 Respostas para É a volta à Idade das Trevas?

  • Tony disse:

    Novo feudalismo. É isso que estão implementando a passos largos!

    Curtir

  • Ciro Mendonça da Conceição disse:

    Totalitarismo informatizado, expressão síntese da grande ameaça contemporânea.Todo o arcabouço regulatório precisa ser urgentemente repensado para deter essa Hidra que emerge do pântano digital.

    Curtir

  • rubirodrigues disse:

    A prisão do espírito matará a criatividade do espírito. Dado que IA não consegue instrumentalizar robôs com criatividade, uma idade das trevas parece inexorável, a não ser que a natureza (valendo-se da criatividade humana) tenha outros planos.

    Curtir

  • Política e Economia na mais perfeita simbiose de sempre.
    Não mais assuntos nacionais mas sim do planeta, onde agora aparecem essas duas culturas ou ideologias hegemónicas como se queira chamar, uma de mais liberdade individual e a outra da força do coletivo. E aí o que vale é o sucesso económico com crescimento, segurança e bem-estar para todos, não importa com ou sem limpeza étnica… problemas com nomes diferentes há nos dois lados e são relativizados por ambos.
    Nós ocidentais puxamos a brasa para as minorias, abortos, eutanásia, ideologia de género, alterações climáticas e por aí vai, o pessoal de lá se virando sem o inestimável FB…
    Se o nosso é realmente o mundo que queremos porque nele acreditamos, e já sabemos onde erramos, não devemos esperar e colocar todas as fichas no Novo Capitalismo à americana, porque não sabemos se virá, à espera da salvação de um mundo de olhos puxados…
    Ajamos!

    Curtir

  • Alexandre disse:

    “O mundo, enfim, vai-se “socializando” ao plantar diretamente o resultado final do processo socializante que é concentrar todo o Poder Econômico nas mesmas mãos que detêm todo o Poder Politico, em vez de opor um como moderador do outro, garantida a alternância do Político, como é da receita democrática.”

    É precisamente essa combinação (poder político + poder econômico) que está na essência dos regimes totalitários. Cedo ou tarde tenta-se (consegue-se) impor o controle da informação e o da circulação das ideias.

    Abs.

    Curtir

  • Gilson Almeida disse:

    Os laboratorios de análises clinicas (pequenos e de médio porte) ja começaram a serem comprados há ja algum tempo. Os que frequento mantem ainda as razões sociais mas os donos são ouros.

    Curtir

  • Jackson Blecker disse:

    E por aqui o Judiciário que deveria julgar as leis aprovadas pelo Congresso não quer o voto impresso para rastreabilidade da fraude. Se isso vingar deixaremos o presidencialismo ou parlamentarismo para trás e será instaurada a monarquia da Toga. As Big techs são nossos menores problemas agora. Nosso time está sendo roubado com VAR e tudo

    Curtir

    • A.(sno) disse:

      NOSSO time, Jackson??? Qual é o seu? É o mesmo que o meu? Construa frases na 1ª pessoa!

      Curtir

      • Jackson Blecker disse:

        Meu time sempre foi a democracia, apesar de imperfeita é muito melhor que o totalitarismo comunista ou a monarquia das oligarquias, representadas muito bem nesse país e defendidas com fervor. Sinto falta do Lacerda nesses dias para fustigar esse circo instalado e talvez o Fernão sinta falta do Júlio nos áureos tempos do Estadão

        Curtir

    • Herbert Sílvio Augusto Pinho Halbsgut disse:

      Não me lembro do povo brasileiro ter sido consultado sobre se desejava, ou não, votar em urna eletrônica. Se faltou a consulta.. está aí a consequência: dúvidas para todos os lados e repetitivas a cada processo eleitoral, vindas de diversos grupos e indivíduos/ cidadãos.. E não sem razão, afinal com tantas invasões de computadores super-super em todo o planeta e divulgação de dados sigilosos em massa dá o que pensar quanto às urnas eletrônicas, afinal não sou juiz supremo especialista em eleições brasileiras nem iniciado em computação monocrática.
      Na Alemanha…terra de gente muito simplória… kkkkkk… voto em urna eletrônica nem pensar e isto definido na Constituição.
      Dos países que adotaram a urna eletrônica – ouvi algo em torno de 40 e poucos – quantos a adotaram após consulta ao povo e quantos a enfiaram goela abaixo dos seus cidadãos?
      E pensar que mundo afora a maioria das pessoas não tem acesso a internet e pouco entendem de computação, sendo facilmente manipuladas com fake news. E agora José, tomaram o seu poder de decidir e com transparência seguir o desenrolar das decisões. Você Virou boneco nas mãos das grandes corporações. Ou dá, ou desce!

      Curtir

  • Jayme J M Cueva disse:

    Nixon visita a China em busca de salários de fome para a indústria americana: lucros fantásticos.! É o capitalismo!!! Altíssima concentração de renda no planeta, Brasil incluído!
    Resultado: em poucas décadas, eis
    no que a China se converteu!!!
    Chorar o leite derramado?
    Muito tarde, as cartas estão lançadas,
    o velho pêndulo moveu-se bem rápido.
    A “Pérfida Albion” manteve a China adormecida longo tempo com toneladas de
    ópio. Mao foi terrível, mas mudou tudo: China comunista!
    Nixon…
    O eterno retorno.
    Moral da história: como estará o planeta em 20 anos?
    Se é que já não ultrapassamos o ‘break even point”!!!
    Sapo difícil de engolir, esse! Humanidade a perigo!!!

    Curtir

  • Milton Leite Bandeira disse:

    MILTON LEITE BANDEIRADefensor Direitos & Deveres Humanos

    O TEMPO LINEAR NADA TEM A HAVER COM O  TEMPO/CICLO CÓSMICO. ABSOLUTAMENTE NÃO É A VOLTA  DA IDADE DAS TREVAS. AS ATUAIS SOMBRAS (KALI-YUGA: 432.000 ANOS) QUE DOMINAVAM A  HUMANIDADE.

     É RIGOROSAMENTE A EVIDENCIA OSTENSIVA PRESENÇA DO INICIO DA IDADE DE OURO (SATYA-YUGA:  1.728.000 ANOS). SEGUNDO JUSCELINO KUBITSCHEK DE OLIVEIRA; ‘OS TEMPOS DOURADOS ESTÃO DE  VOLTA’. E O GOVERNO ‘MESSIAS BOLSONARO’ É O GOVERNO  DA IDADE DE OURO – A PARTIR DO  EXERCÍCIO DE AUTONOMIA & CIDADANIA & SOBERANIA DO ‘POVO DO BRAZIL INICIÁTICO DA ERA DE  AQUÁRIO E DA CIVILIZAÇÃO BRAZILINDIA DO TERCEIRO MILÊNIO.  A palavra ‘POVO’ (PATRIMÔNIO ORAL  DA VERDADE OBJETIVA) em sua nova ressignificação. 

    “EUBIOSE SINARQUIA BRAZIL – SABEDORIA INICIÁTICA DAS IDADES –  CARTA MAGNA SINÁRQUICA DA  CULTURA MUNDIAL – REVELAÇÕES DE JHS – UMA MITOLOGIA SÍNTESE CULTURAL E POLÍTICA DAS  RELIGIÕES DE BHUMI: ALMA DO MUNDO – O PLANETA TERRA COMO UM SER VIVO –  AUTORREGENERAÇÃO E CURA ATABIMÂNICA PELA ESTRELA ASTROLÓGICA – A NOVA COSMOLOGIA E  MITOLOGIA PLANETÁRIA EUBIOSE COSMÓPOLIS:  CIDADES DA LUZ (120 ANOS EM CINCO) – A RELIGIÃO  CÓSMICA – MITO FUNDADOR DO BRAZIL REAL DO 5º SISTEMA DE EVOLUÇÃO DA ERA DE AQUÁRIO  SOCIAL E JURÍDICA DA CULTURA E DA CIVILIZAÇÃO DO 3º MILÊNIO – INTELIGENTSIA BRAZILINDIA – O  RESGATE DO SAGRADO, DA CIÊNCIA E DA CULTURA PLANETÁRIA – CÓDIGO DE LINGUAGEM DE  SALVAÇÃO – PARADIGMA DISRUPTIVO DO FUTURO = BILIONÁRIOS DA MENSTRATA – COLAPSO TEMPORAL  DA VELOCIDADE – SAQUE CONTRA O FUTURO – O CORPO CAUSAL DA IMORTALIDADE – RUMO A EUBIOSE:  SATYA-YUGA – IDADE DE OURO: 33ª ORDEM DO BRAZIL DA ERA DE AQUÁRIO : – 28 Setembro 2012 – MIL  ANOS DE ALEGRIA, AMOR/SABEDORIA  & CULTURA DE PAX – 28 Setembro 3012 – ‘EUBIOSE UNIVERSAL –  CONSELHO DE SÁBIOS – A SOCIEDADE PERFEITA’ – CARTOGRAFIA CULTURAL DA GENEALOGIA  EVOLUCIONAL DA RAÇA DOURADA – DE DOM PEDRO I A HENRIQUE JOSE DE SOUZA (JHS – O SÁBIO  AMOROSO) E A LUIS AUGUSTO WEBER SALVI (LAWS) – Sábios Filósofos Perenealistas. 

    ALBERTO SANTOS DUMONT, inventor do avião tinha 22 projetos aeronáuticos e a sua casa (A ENCANTADA) em Petrópolis/RJ,  fica situada na Rua do Encanto, 22. O Arcano 22 AGARTHINO DA EUBIOSE tem o sentido de “A VITORIA”, o deslumbramento celeste.

     O segundo número (56) no CONGRESSO NACIONAL, expresso pelos seus dois prédios (torres) de 28 andares, do Senado e da Câmara Federal – que somados formam o número 56 (28 + 28),   da atual ‘56ª LEGISLATURA DO CONGRESSO NACIONAL’, corresponde aos 56 Arcanos Menores da EUBIOSE, marco configurador do início da construção do   “EUBIOSE – 56 ARCANOS MENORES JIVA DO BRAZIL DA ERA DE AQUARIO DO 5° SISTEMA DE EVOLUÇÃO DA CULTURA PLANETÁRIA E DA CIVILIZAÇÃO BRAZILINDIA DO 3° MILÊNIO”.

    “A SabedoriaDiógenes de Sínope

    ‘A sabedoria serve de freio à juventude, de consolação à velhice, de riqueza aos pobres e de ornamento aos ricos”.

    Em outras palavras ao #”‘EUBIOSE SINARQUIA – SABEDORIA  INICIÁTICA DAS IDADES – CARTA MAGNA SINÁRQUICA E  PEDAGÓGICA DA CULTURA MUNDIAL – REVELAÇÕES DE JHS  – UMA MITOLOGIA SÍNTESE CULTURAL E POLÍTICA DAS  RELIGIÕES DE BHUMI & PACHAMAMA & GAIA: ALMA DO  MUNDO – O PLANETA TERRA  COMO UM SER VIVO – AUTORREGENERAÇÃO E CURA  ATABIMÂNICA PELA ESTRELA ASTROLÓGICA – A NOVA  COSMOLOGIA E MITOLOGIA PLANETÁRIA – EUBIOSE  COSMÓPOLIS: – CIDADES DA LUZ – A RELIGIÃO CÓSMICA –  MITO FUNDADOR DO BRAZIL REAL DO 5º SISTEMA DE  EVOLUÇÃO  DA ERA DE AQUÁRIO SOCIAL E JURÍDICA DA  CULTURA E DA CIVILIZAÇÃO DO 3º MILÊNIO –  INTELIGENTSIA BRAZILINDIA – O RESGATE DO SAGRADO,  DA CIÊNCIA E DA CULTURA PLANETÁRIA – CÓDIGO DE  LINGUAGEM DE SALVAÇÃO – PARADIGMA DISRUPTIVO DO  FUTURO = BILIONÁRIOS DA MENSTRATA –  COLAPSO TEMPORAL  DA VELOCIDADE – SAQUE CONTRA O FUTURO – RUMO A  EUBIOSE: 

    ‘SATYA-YUGA’  (SOL/OURO/VERDADE/AMOR/FELICIDADE/PAX)’: 33ª  ORDEM DO BRAZIL DA ERA DE AQUARIO – 28 Setembro  2012  – MIL ANOS DE ALEGRIA, AMOR/SABEDORIA & CULTURA  DE  PAX – ‘EUBIOSE SINARQUIA – CONSELHO DE SÁBIOS – A  – CARTOGRAFIA CULTURAL DA GENEALOGIA EVOLUCIONAL DA  RAÇA DOURADA – POLITICA DA SOCIEDADE PERFEITA’ – DE DOM  PEDRO I A  HENRIQUE JOSE DE SOUZA (JHS) E A LUIS AUGUSTO  WEBER SALVI (LAWS)’.

    Curtir

  • Dirceu Batista disse:

    João Batista clamando no deserto.

    Curtir

  • MORA disse:

    Fernão, é isso mesmo. E na ladeira abaixo vem a LGPD para culpar quem não tem culpa pela imensidão da informática . Para dar mais trabalho para os advogados e contratar-se mais juízes para o que vai ser demandado. Mais um cabresto. E para afundar mais ainda, sem que se aperceba, somos escravos de uma HP que anuncia cartuchos de impressoras para até 2.000 páginas, os quais não duram 400 páginas. E lá se vão R$ 300,00 para comprar mais um

    Curtir

    • A.(sno) disse:

      E agora ainda somos obrigados pelo Detran a imprimir o Certificado de Registro e Licenciamento de nosso veículos… Mais cartucho! E nenhum desconto no valor do imposto…

      Curtir

  • Celso Chini disse:

    Análise Profundamente e Cristalina!

    Vivemos a era dos Algoritmos e da Uberização forçada.

    Sem uma renda Social paga pelo governo muitos passarão fome. São INÚTEIS.

    Curtir

  • GATO disse:

    TAL KEY, soluções mágicas a vista, alquimista de palmito fazendo onda e tudo se resolve….e manda banana pra res-pública. Mamãe eu quero mamar e o resto fica só a chupar, viva a vida…..

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento É a volta à Idade das Trevas? no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: