A esbórnia na Câmara de SP

24 de novembro de 2016 § 9 Comentários

Marcado:, , ,

§ 9 Respostas para A esbórnia na Câmara de SP

  • Antonio Polato disse:

    pontual é o c.. da mãe. É safadeza mesmo, cambada de salafrarios…

    Curtir

  • Márcia disse:

    Aquele no final da reportagem dizendo que faltam controle e fiscalização, me deu calafrios porque logo pensei: xiii…isso vai acabar em concurso público pra contratar mais controladores e fiscalizadores.

    Curtir

  • Helena Maria de Souza disse:

    A vergonha e a conduta de alguns não mudará em nada a situacão.
    Como um salário chega a este nível? Quem autoriza? É através de lei? Se for, outra lei pode revogá-lo, né não?
    Fernão, você é um dos poucos que insiste na necessidade do RECALL.
    Já que está se falando em Reforma Políticas, não é hora de iniciar uma ampla campanha de esclarecimento para conseguirmos adesões? Na certa haverá parlamentares que chegarão juntos. Que tal?

    Curtir

  • Fernando Geribello disse:

    Caro Sr. Fernão,

    Para variar, seu artigo é preciso, real e verdadeiro.

    Infelizmente, nos faz lembrar da definição do sociólogo francês, MAURICE DUVERGER, que no princípio do século passado deixou firmado que:

    “A Democracia é o regime dos povos maiores.” E nós não atingimos a maioridade.

    Parabéns, mais uma vez.

    Sinceramente,

    Fernando Geribello

    Curtir

  • Ronaldo Sheldon disse:

    E mais uma denúncia cabeluda como esta estará esquecida e suplantada por outra de igual impacto em poucos dias. E não acontece nada com estes incompetentes e criminosos por ação ou omissão. E la nave vá…

    Curtir

  • Ruy Augusto Sousa de Assumpção disse:

    É a tal da estabilidade do funcionário público!
    É a tal da interdependência dos aumentos e gratificações
    Esta tudo errado, desde a Constituição ( a tal cidadã ), assim como as leis e interpretações jurídicas. Vivemos num “limbo” jurídico sem saída onde os privilégios são mantidos…à custa do suor do cidadão!

    Curtir

  • Antonio Carlos da Silva Prado disse:

    Fernão, só falta dizer ao povo “Não tem pão, comam brioche!”. É mais ou menos isso que está acontecendo. No País inteiro. Temo pela segurança das instituições . A conta está muito alta e a classe média não aguenta mais. “Après moi, le déluge!”.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento A esbórnia na Câmara de SP no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: