A novela da meia entrada

14 de outubro de 2011 § Deixe um comentário

A novela da meia entrada na Copa do Mundo é um desses casos que deveria fazer cair a ficha aos habitantes desta ilha cercada de língua portuguesa por todos os lados para a distância abismal que nos separa das praias alguma vez já banhadas pelas águas da democracia.

Os donos dessa teta se levantam em defesa dela com o discurso da soberania nacional ameaçada e, em pleno Terceiro MiIênio ainda vejo alguns jornalistas salivando pavlovianamente e fazendo-lhes eco sem enrubescer, carregados de “indignação cívica” contra esses loiros de olhos azuis intrometidos, para nos lembrar como vai fundo o aparelhamento das nossas escolas e o quanto ainda nos pesa o isolamento linguístico em plena era da internet.

Mesmo assim, não ha como fazer entrar em cabeças que ainda pensam uma aberração como esta. Ainda que queira, como de certo quer já que também eles estão se fartando de mamar nessa festa que Lula nos armou, a Fifa simplesmente não tem como fazer contas a esse respeito de modo a fechar um business plan que faça um mínimo de sentido.

Pois não ha meios de saber que parcela de cada arquibancada de cada jogo desta Copa será ocupada por detentores de carteirinhas da UNE ou por “idosos” de 60 anos e mais com carteira de identidade brasileira, para que se possa calcular quanto cobrar a mais, para fechar a conta, de todos os outros mortais nacionais e estrangeiros não aquinhoados com o pedacinho de privilégio que o PC do B está autorizado a vender para ter como comprar os votos que seu discurso não consegue mais angariar.

Como é que é?

Isso mesmo. Se não é do seu tempo fique sabendo que distribuir “carteirinhas de estudante” que dão direito a meia entrada deixou de ser uma atribuição de qualquer escola, como foi um dia no passado, o que era apenas um absurdo, e passou a ser, graças ao finado presidente Itamar Franco, um privilégio exclusivo do PC do B, o que transformou a coisa num crime eleitoral consentido.

Como o PC do B é, coincidentemente, o partido do ministro dos Esportes, eles não tardarão a aprender o modo brasileiro de fazer justiça que é chutando os preços dos ingressos todos muito lá para cima de modo a garantir que entre mortos e feridos morram e sejam feridos apenas os rabos de sempre para que os deles fiquem garantidamente incólumes.

Pra brasileiro tudo bem já que, desde que nascemos, estamos acostumados a comprar carroças por preço de carruagem e pagar três vezes por qualquer coisa pra sustentar Brasília e cia. ltda, e o fazemos sem chiar desde que as prestações caibam naquilo que sobra do nosso salário depois da mordida do Leão.

Mas e os estrangeiros, estarão dispostos a pagar essa conta toda? Quantos desistirão de vir ao Brasil depois de conhecer os nossos preços londrinos por facilidades africanas e o custo do pacote de ingressos depois que o PC do B recolher o seu imposto particular?

É outra conta simples a que resulta da resposta a essa pergunta. Prejuízo essa Copa vai dar de qualquer maneira. Pois se o prejuízo for maior que o esperado, tudo bem, já que quem paga é de qualquer jeito este nosso povo alegre que não faz contas especialmente num mês tão feliz, recheado de feriados, porque jogo de futebol e trabalho ao mesmo tempo é coisa que a nossa infraestrutura de transportes que divide arrecadação com os pecês-do-bês da vida não comporta.

Por conta das queixas de lesa-soberania da Fifa, a UNE aproveitou mesmo foi pra passar o  “Estatuto da Juventude” em sessão tumultuada da Câmara, lá em Brasília, que estende a meia entrada em cinemas, teatros e eventos esportivos também para as passagens de ônibus intermunicipais, interestaduais e de turismo e, de quebra cria “Conselhos da Juventude” em todos os Estados e nos mais de 5.500 municípios para abrigar mais uma galera da companheirada.

E vamo que vamo que país rico é país sem miséria!

Marcado:, , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento A novela da meia entrada no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: