Que tal a gente falar sério?

24 de maio de 2017 § 30 Comentários

Artigo para O Estado de S. Paulo de 24/5/2017

Se não estava antes agora a alternativa ficou absolutamente clara: ou vamos com os políticos que temos, bem ou mal mas participando do jogo, ou vamos de fato consumado em fato consumado, a reboque de juiz que ninguém elegeu.

O juiz venezuelizado é o milico de 64 modelo 2017 só que sem a reserva moral. Só sobe ao palco porque é uma reserva de imoralidade. Chega quebrando a regra, sem ter as qualificações exigidas. Já cruza a entrada carregado de todos os vícios que os milicos só tinham acumulado perto da porta de saída.

Os ultimos dias têm sido uma avalanche de “pela primeira vez na história deste país” e desta Lava Jato. Em menos de 24 horas, no grito, os 2ésleys entregaram um Congresso Nacional destruído, todas as reformas abortadas, todas as alternativas ao lulismo moídas e o homem que fez deles “campeões mundiais” escondidinho incólume num canto. E levaram direto pra Nova York a indulgência plenária para todos os crimes que confessaram rindo e mais um bolaço de dólares do país que destruíram.

Tudo anda sempre um passo adiante dos fatos. Nem um minuto de prisão. Os “furos jornalísticos” agora chegam junto com suas próprias repercussões, devidamente “precificados” e faturados. A mãe de todas as “ações coordenadas” pela PGR, “foi espontânea” e deu-se antes que o seu agente “undercover” mostrasse o valor de suas confissões. O tal “favor comprado ao Cade” por uma mala de dinheiro com entrega filmada não foi de fato entregue pelo Cade. Tambem este pagaram adiantado. A prova colhida pelo bandido já estava aceita pelos mocinhos antes mesmo de ser registrada. Só seria revelada inteira depois que ele já estivesse seguro em Nova York (com o “gravador 2” que até ontem não existia no bolso). Quem negocia o acordo de leniência dos 2ésleys com o Procurador Geral da Republica é o pupilo dileto do próprio Procurador Geral da Republica que, um dia antes da perfídia no Jaburu, desiste, no auge da carreira, do cargo de promotor federal com que sonha todo concurseiro e vira advogado de defesa…

Nada, enfim, nessa história deixa de ser sombriamente obscuro. A quem interessa essa pressa toda? Nem que não custasse senão Michel Temer isso podia ser engolido como está. Mas vai custar muito mais do que pode pagar um país em frangalhos e seus 30 milhões de desempregados e subempregados. Vai custar muito mais do que pode suportar um esboço de democracia no limiar do colapso irreversível.

Agora ao segundo andar.

1829 candidatos bancados! Quatro Odebrechts de 450 candidaturas! Cada enxadada uma minhoca. Não existe “não”. Meio bilhão sai fácil do caixa e não faz falta.

Não, não é um problema da raça, é um problema do “sistema”. Um filtro de seleção negativa. Quem não tem estômago pra isso não entra para a política e nem pode concorrer a “campeão nacional”, por mais craque que seja. O resto o tempo faz.

Propina”? Muitas vezes é. Caixa 2 acaba sendo quase sempre porque se eleger em colégios eleitorais de dimensões continentais custa muito mais do que a lei permite de Caixa 1. Quem usa a expressão “propina” como sinônimo de todo financiamento de campanha está fazendo o jogo dos ésleys: querendo chapar todo mundo por baixo. A essa altura do campeonato, aliás, o político, o jurista, o jornalista, todo mundo que faz cara de vestal escandalizada quando aparece a olho nu tudo que sempre se soube que é a regra ou é otário ou está fazendo o jogo dos ésleys. Pior fica quando podres poderes inteiros fazem cara de vestal escandalizada e avançam uns sobre os outros em nome da moral e dos bons costumes que não exigem de si mesmos.

Que tal a gente falar sério?

Entregaram à vista, aos 2ésleys, a impunidade provisoriamente suspensa que estão entregando a prazo (curto e barato) a todos os demais. Não dá pra transitar dentro desse sistema “apelegado” sem se corromper. Não adianta sonhar com justiça enquanto houver cinco diferentes, com um monte de instâncias de recursos cada uma. Isso só existe para poder ser ordenhado. Não dá pra sonhar com funcionalidade e sobrevivência do emprego na competição global com uma lei trabalhista canalha e uma constituição de 250 artigos e 80 emendas. Essa minúcia só existe para ser ordenhada. Não dá pra falar em cidadania sem falar em federalismo; em democracia representativa com fundo partidário e horário gratuito. E, principalmente e antes e acima de tudo, enquanto existir dentro do território nacional uma área onde pondo um pé uma vez o sujeito não precisa nunca mais entregar resultados, nem temer perder o emprego, nem mesmo ter medo da lei, o Brasil não tem salvação. Nem com um milhão de leis anticorrupção e o exército americano inteiro sinceramente empenhado em impor o seu cumprimento.

Foi nesse vespeiro que o Temer mexeu. O Temer é o Temer. Mas apostou tudo em dar a primeira lancetada nesse furúnculo e estava na bica de conseguir. É isso e não o resto que incomodou. O Brasil inteiro está careca de saber disso. Por isso faz questão de se por sistematicamente fora dessas “ruas” falsificadas que andam por aí.

Só existe um jeito certo de organizar uma sociedade. Funciona no oriente e no ocidente, de polo a polo. Igualdade perante a lei, fidelidade da representação, “cobrabilidade” do representante pelo representado sem intermediários são seus fundamentos inegociáveis. Em todos os tempos e em todos os lugares os políticos servem não a quem tem o poder de eleger mas a quem tem o poder de deseleger.

O Brasil que não é do mal precisa se decidir se quer mesmo ser do bem. Temos de viablizar um meio de sair disso com os políticos que temos. Criar um caminho para quem queira mudar de lado. A adesão formal a um compromisso, avalizado pelo mandato, de adoção de uma lista mínima de princípios universalmente consagrados da democracia a ser implantados num prazo curto, terminando na transmissão do poder de decisão final ao povo, com recall e referendo sem mutretas na regra de legitimação.

Por o país sob nova direção é a reposta. Ficar no meio do caminho é ficar desse jeito que estamos.

Marcado:, , , , , , ,

§ 30 Respostas para Que tal a gente falar sério?

  • Marcelo Schunn Diniz Junqueira disse:

    Fernão, sim cobrar os nossos “representants” é fundamental. Mas os tais “representantes” estão blindados por um sistema eleitoral falho. A melhor representatividade do eleitor deve ser buscada. Sou a favor de voto distrital,onde o eleito tenha que obrigatoriamente manter residência. Qual sua opinião a respeito disto?

    Curtir

    • Fernão disse:

      somente o voto distrital PURO identifica os representantes aos seus representados. mas ele sozinho não basta. o voto distrital é o 2ndo momento de uma ideia maior: o poder de cassar o mandato por iniciativa popular a qualquer momento. o voto passou a ser distrital para o representante poder ser cassado (recall) pelos seus representados com votações especiais so do seu distrito sem ter de para o país e prejudicar o seu funcionamento.
      troca-se so a peça com defeito e toca-se o barco

      Curtir

  • MARCOS A. MORAES disse:

    cara de vestal escandalizada? ninguém ganha de Leilane! voto distrital simples, recall, vereança zero…o restante sai na urina. MAM

    Curtir

  • Saulo Mundim Lenza disse:

    Voto distrital, nada de reeleição nos cargos executivos, fim de todos os cargos vitalícios,prisão dos condenados em 1ª instancia, uma assembleia constituinte para reescrever nossa constituição.
    Todos os políticos condenados na cadeia, sem possibilidade de progressão de pena.

    Curtir

  • Angela Motta disse:

    Ate que enfim um raciocínio inteligente, lúcido e limpo!
    Parabens.

    Curtir

  • Michel Polity disse:

    Quando Bob Fields disse “O Brasil não corre o risco de dar certo” muita gente riu e achou que era piada. Alguns, como o Fernão, podem falar sério e poucos ouvem, mas no fim do dia todos nós sabemos: nada vai mudar de fato. Pode melhorar um tempo – o suficiente para trocar as moscas – mas logo volta ao que era. Ou não. Piora sempre em relação ao que era.
    Começo a pensar que o inferno da terra fica na América do Sul. O Brasil está em 2o. lugar, mas com o andar da carruagem logo será 1o. Prá frente Brasil ??????

    Curtir

  • Mara disse:

    Sim, vamos com os políticos que temos inclusive com Temer que não é penta réu como o Sr. ex-presidente que tornou-se o maior beneficiário do “furo” da emissora irresponsável . Sim, e nossa Constituição paternalista, populista é falaciosa em tudo e deixa brechas para interpretações ao gosto do freguês. Aliás, esses partidos que pedem Diretas Já: Essa gente desqualificada, essa bancada “circense-progressista” por tudo que se sabe não deveria ter seu partido cassado? A Reforma da Previdência pela propaganda que se vê, corrigiria os privilégios no caso de aposentadoria mas os privilégios do setor merecem ser denunciados e tem sido pelos salários acima do teto e pela estabilidade incondicionada a méritos. O alto custo do Judiciário relativamente comparado ao baixo desemprenho como fica? Como fica? Cristo poderia se encarnar de novo já com 33 anos e fulminar tudo e todos nessa Zona?

    Curtir

  • Henrique Z. Fuchshuber disse:

    Lavou a alma. Obrigado por sintetizar tão bem o momento que passamos.

    Curtir

  • Júlio César disse:

    Você acredita mesmo que uma simples adesão ao pacto de alguns princípios e todos os nossos “nobres” representantes no congresso nacional se tornarão os mais honestos e bem intencionados? Por favor né, não é hora de ingenuidades…(de ingênuos basta o Temer e o Aécio…kkkkk). E, outra hein….só se está falando do federal, toda essa corrupção começa no municipal e continua no estadual também.

    Curtir

    • Fernão disse:

      eu nao acredito em intenções nem em moral. acredito em poder de policia contra o mandato na mao dos eleitores e nao dos juizes de comicio.
      e SEI COM CERTEZA e pela experiencia que estamos vivendo que a coisa mais imbecil a fazer, o sonho do Lindonho e suas marafonas e do Lula chefe deles todos é chapar todo mundo por igual, não deixar saida nenhuma pra ninguem, e depois ficar assistindo todos os otarios afundarem juntos, engalfinhados, se apunhalando uns aos outros, e chamando todo mundo de ingenuo.
      fora da politica so tem o janot, o fachin e os ésleys nos apunhalando e aproveitando a ferida pra chegar a caneca e beber o nosso sangue, como aprenderam la na profissao deles

      Curtir

  • Paulo Gonçalves disse:

    Eu concordo com o nobre colunista com tudo neste artigo, porém, a justiça deu aos donos da JBF o que deu para um monte de facínoras que roubaram, torturaram e mataram, via corrupção, a população brasileira, corrupção que governo do PT e seus aliados maximizou, só que os colunistas, jornalistas entre outros que protestavam contra o governo anterior não insistiram em reformas institucionais e constitucionais que o brasil tanto precisa, esforço tão usado em reformas dúbias e impopulares (talvez necessárias,como da previdência (sem militares e funcionários publicos, ignorando pareceres como FGV, por exemplo), para isso o Brasil devia ir e não sair das ruas, devíamos condenar a morte políticos desumanos, pois, se a lei os protege e uma lei injusta, e lei injusta não é lei – Estamos a beira do caos, vai levar anos para moralizar o que nunca teve regra moral nenhuma, a não ser o dinheiro, pago com a dor dos outros dessa vez nem a vlasse

    Curtir

  • Paulo Gonçalves disse:

    Classe média se salvou.

    Curtir

  • Rey Cintra disse:

    A nova direcao vai sair do mesmo lamaçal. O mesmo congresso representa a vontade de um povo ignorante que é facilmente manipulável. As mesmas leis, os mesmos juizes, os mesmos legisladores e os mesmos executivos. Como pode haver reformas eficazes? Nenhum desses que estão donos do poder vai largar o osso e ir para a cadeia por expontânea vontade. Sao muitos: uma legião. O Brasil passa por essa revolução em função de UM homem que não se corrompeu: o Juiz Sergio Moro. (ainda não apareceram os nomes dos dois juizes e do procurador que um ésley citou que estavam no bolso). A democracia representativa direta, como forma de governo de países com população pobre e deseducada não é a solução para problemas estruturais e para o desenvolvimento. Pode-se eleger quem for, que sera o reflexo desse mesmo povo. Não chegará ao comando do pais alguém com visão, compromisso e valores acima dos particulares. Sem “negociar” os interesses – nada republicanos – com esse mesmo congresso (eleito pelo mesmo povo) também não conseguirá encaminhar soluções efetivas. O melhor exemplo é a reforma da previdência que só reforma a do cidadão assalariado, mantendo os privilégios das castas penduradas no governo. Vários povos do mundo estão fadados à mediocridade. O Brasil faz parte deste clube miserável.

    Curtir

    • Fernão disse:

      esse povo esta mostrando com sua sistematica ausencia das mil farsas armadas que manipulavel é a ….
      a gente tem de pensar com os miolos, ter a humildade de aprender com a historia e com quem ja fez. e todo mundo q conseguiu fazer fez assim.
      a historia tem seu timing. nao é q nem aspirina. so cda um é q sabe o q lhe faz bem. se tiver o canal, cada um no seu distrito, cada distrito no seu municipio, cada municipio no seu estado, ele é q passa a manipular a corja e não o contrário.
      fora dai, é ficar na mão de juiz de comício, o “milico” de 64 modelo 2017…

      Curtir

  • Renato Pires disse:

    Pessoal, acho que o caminho pra romper o impasse político neste País passa pelo seguinte:
    1) A nossa Direita Chucra e Toglodita, que reúne os grupos detentores de capital financeiro improdutivo, que vive de sugar o Tesouro através da manipulação da Dívida e dos recursos públicos, ser devida e definitivamente DESLIGADA dessa teta secular, que consome e desperdiça as energias e os recursos produtivos do País.
    2 – A Esquerda Vadia ser DESLIGADA definitivamente das fontes de sustentação de sua vadiagem e libertinagem ideológica, que são os órgãos públicos, que eles ocupam em massa para ganhar e não fazer nada, só com direitos e sem responsabilidades, e a estrutura corporativo-sindical, que eles mamatam e manipulam por meio dessa excrescência facisto-varguista chamada imposto sindical.
    Isto posto, o País será finalmente devolvido à imensa maioria daqueles que realmente trabalham e geram riquezas, instalando-se a Justiça Social verdadeira…
    Aliás, a Direita Troglodita e Chucra e a Esquerda Vadia se justificam e se sustentam mutuamente, pois ambas vivem de sugar desavergonhadamente as riquezas e as energias daqueles que realmente produzem e trabalham, a imensa maioria das empresas e trabalhadores honestos deste País. Ambas, Direita Troglodita e Esquerda Vadia usam o sistema político corrupto e falido, como biombo e escudo para suas falcatruas. O resultado é que, trocando seis por meia dúzia no sistema político falido, essas duas aberrações continuam locupletando-se ocultamente das riquezas alheias, que não lhes pertencem legitimamente, pois foram indevidamente sugadas de seus verdadeiros criadores através do Estado corrupto e falido.
    Eis o verdadeiro Mal deste País

    Curtir

  • Nós temos a solução: temos o povo que vota, mas o sistema está contaminado dos pés à cabeça. O voto distrital é a melhor alternativa para deter essa bagunça eleitoral dos maiores eleitores atuais: JBS e Odebrecht, Andrade Gutierrez, etc.

    Curtir

  • Alexandre Jorge disse:

    O talento é o de sempre mas pela primeira vez não entendo bem o raciocínio.
    Vejo Temer com uma dupla missão: reformar mas em compensação neutralisar a Lava Jato.
    Sem duvida vai chegar o dia onde o país vai ter que decretar um moratorium e virar a página da Lava Jato. Me parece que este momento ainda não chegou – figuras chaves deste desastre deverão pagar publicamente pelos seus crimes.

    Talvez uma saída mais sensata seria de fazer um mega-deal nos seguintes termos:
    1) atual congresso vota todas as reformas,
    2) atual congresso vota uma nova constituiçao com um novo esquema de governabilidade,
    3) demissão coletiva Congresso/STF/…
    4) os politicos envolvidos devolvem o que roubaram sem multa,
    5) os politicos envolvidos perdem os seus direitos politicos,
    6) ninguém pega cadeia

    Talvez uma utopia mas para o Brasil seria mais avantajoso!

    Curtir

    • Fernão disse:

      quem ta neutralisando a mãe, o pai, o avô e a avó da lava jato são o janot e o fachin, apud lula
      quem financiou toda essa putaria foram os ésleys, os operadores de todos os operadores do lula.
      dizem q o povo é q se deixa manipular?
      nada!
      ele não entrou na onda da globo. quem ta entrando é o resto…

      Curtir

  • Olavo Leal disse:

    Caro Fernão
    Acompanho seus escritos no Estadão — muito bom o de hoje!
    Sou federalista — e também defensor do voto distrital com recall — e observo que pouquíssimas pessoas, letradas ou não, sabem exatamente do que se trata o federalismo.
    Pergunto a alguns o que entendem por Rep. FEDERATIVA do Brasil e tenho respostas de dar dó. Tipo: 1) é o que se faz no Brasil: recolhe-se os tributos em Brasília, que se encarrega de distribuir desenvolvimento a cada Estado e Município!; 2) isto é SEPARATISMO, é traição da Pátria!!!
    Acho muito difícil divulgar ideais verdadeiramente federalistas no nosso País.Que tal você escrever mais especificamente sobre o assunto?

    Curtir

  • Nelson disse:

    Ao longo de 50 décadas convivemos com esse evolutivo sistema que aliás não teríamos conhecimento se o Auditor da Petrrobrás não tivesse recusado assinar o Balanço.E nesse tempo assistimos inúmeras figuras que se aproveitaram do povo incauto para galgar cargos e levar seu dinheiro, e aí em um espasmo certa época um jornalista da revista Veja eternizou uma manchete ” E mudam-se as Moscas”.
    Concordo com o texto e penso que Não Basta só mudar as Moscas, tem-se é que limpar o Monte.

    Curtir

  • Ruy Augusto Sousa de Assumpção disse:

    Incrível como desde o início desse ” furo” e toda a consequência, esse foi um dos poucos que tiveram a coragem e lucidez de analise.
    Força !

    Curtir

  • Fernão disse:

    v mesmo esta registrando o q 1 unico homem honesto pode fazer. e eu afirmo não é só honesto. ele muda as coisas pq faz em vez de ficar dizendo q n adianta fazer por causa dos outros, inclusive e principalmente os q puxam o Brasil pra traz dizendo q não adianta fazer nada.
    quanto à democracia semidireta, estão ai os EUA do Trump para provar o contrario do q v diz: eles podem eleger qualquer calibre de imbecil que o tal nao tera força pra fazer nada contra eles pq se fizer cai

    Curtir

  • disse:

    Excelente Fernão !

    A única tradução e compreensão histórica válida, para sua excelente descrição é a aceitação INCONDICIONAL , de que devemos declarar, uma nova república!
    Chame Augusto Nunes e outros jornalistas do bem, crie-se uma nova Ágora, onde a verdade possa ser dita e difundida!
    Os comunicapitalistas conseguiram destruir o Brasil? Não !
    É a hora das concessões públicas de rádio e tv deixarem seus cafetões de lado e começarem a discutir uma NOVA CONSTITUINTE !
    Os temas ?
    Recebi hoje !

    120 anos depois da proclamação da velha e podre república !

    ✅QUE VENHA UMA NOVA CONSTITUINTE !

    DISCUSSÕES PATRIÓTICAS JÁ !

    ✳ *Voto facultativo? SIM!*
    ✳ *Apenas 2 Senadores por Estado? SIM!*
    ✳ *Reduzir para um terço os Deputados Federais e Estaduais e os Vereadores? SIM!*
    ✳ *Acesso a cargos públicos exclusivamente por concurso, e NÃO por nepotismo? SIM!!!*
    ✳ *Reduzir os 39 Ministérios para 12? SIM!*
    ✳ *Cláusula de bloqueio para partidos Nanicos de aluguel e sem voto? SIM!*
    ✳ *Férias de apenas 30 dias para todos os políticos e juízes? SIM!*
    ✳ *Ampliação do Ficha-limpa? SIM!*
    ✳ *Fim de todas as mordomias de integrantes dos três poderes, nas três esferas, Tribunais de Contas e Ministérios Públicos? SIM!*
    ✳ *Cadeia imediata para quem desviar Dinheiro Público elevando-se para a categoria de Crime Hediondo? SIM!*.
    ✳ *Atualização dos códigos penal e processo penal? SIM!*
    ✳ *Fim dos suplentes de Senador sem votos? SIM!*
    ✳ *Redução dos 20.000 funcionários do Congresso para um quinto? SIM!*
    ✳ *Voto em lista fechada? NÃO!*
    ✳ *Financiamento Público das Campanhas? NÃO!*
    ✳ *Horário Eleitoral obrigatório? NÃO!*
    ✳ *Mandatos com 5 anos, para todos os cargos, e sem direito a reeleição? SIM!!!*
    ✳ *Eleições Diretas e Gerais de 5 em 5 anos? SIM!!!*
    ✳ *Um BASTA! na politicagem rasteira que se pratica no Brasil? SIM !!*

    ✅ *O dinheiro faz homens ricos; o conhecimento faz homens sábios e a humildade faz homens grandes.*

    DIVULGUEM PELO MENOS PARA DEZ PESSOAS DA SUA RELAÇÃO
    VAMOS VER SE MUDAMOS O BRASIL?
    ESTÁ EM NOSSAS MÃOS.
    *LEMBRE-SE: A FICHA LIMPA SÓ ESTÁ AÍ POR MOBILIZAÇÃO DO POVO!!*

    O pior é que quase ninguém repassa, não sai às ruas como na Grécia, na Síria, no Egito etc. Vamos mudar isso!

    Curtir

    • Fernão disse:

      vamos pensar em PRINCIPIOS, ze.
      sair querendo regular minucias é o melhor jeito de não fazer nada.
      é exatamente isso que “o sistema” faz, alias.
      reafirmar e consagrar “igualdade perante a lei” elimina metade dessa lista.
      o direito ao referendo abre a possibiludade de eliminarmos TODAS as leis e exceções sacanas do momento em que for instituido em diante.
      o recall acaba com a impunidade deles.
      não ta bom pra começar.
      FOCO, gente. FOCO!
      é isso que falta ao Brasil…

      Curtir

  • Zsolt Pal Kolossvary disse:

    Conforme o Fernão: “A gente tem de pensar com os miolos, ter a humildade de aprender com a historia”
    Um polonês aventureiro, viajante, mercador e comerciante acaba virando pirata no mar Vermelho, é aprisionado e vendido como escravo indo parar em liberdade na Índia com o nome de Yusuf Abdil. A serviço do príncipe muçulmano de Goa passa a conhecer o oceano Índico, pelo que é contratado por Vasco da Gama que aporta naquele lugar em 1498.
    Como piloto da frota lusitana, a reconduz a Portugal sendo batizado às pressas sob o nome de Gaspar da Gama. Recebe pensão do rei e em 1500 é convidado por Cabral e com Nicolau Coelho é o primeiro homem europeu a por os pés nas terras brasileiras. Em 1502, Gaspar retorna com Vasco da Gama para Goa, Francisco de Almeida o rebatiza denominando-o Gaspar de Almeida. Em 1510, já vivendo na Índia, ele mesmo escolhe outro nome para si, denominando-se Gaspar de Las Índias. Este homem de cinco nomes foi um dos personagens da historia dos descobrimentos das Índias e do Brasil.
    Quem foi este homem, porque que recebia pensão do rei de Portugal, um Estado decadente na época? Teria se beneficiado de algum acordo de “delação premiada” ou “leniência”, indo morar na Índia até sua morte? Não sem antes sugerir ao Pero Vaz que colocasse na carta… “El Rey , não te olvides dos “empregos” de meus parentes.
    Este prelúdio serve apenas para revermos alguns aspectos, De um lado vemos a morte do socialismo cujos bolsos sempre “furados” e assaltantes do Estado nunca cumpriram nem cumprirão suas utópicas e falsas promessas. De outro lado um moribundo capitalismo onde o capital não gera empregos e o trabalho vale muito menos que os “papeis”, gerando uma desumana divisão de Castas que retroalimentam o populismo.
    Declaro aqui de público, que: “Amo com fé e orgulho esta terra em que não nasci” ! E concordo que o Brasil não é do mal e precisa se decidir se quer mesmo ser do bem. Mas insisto que não podemos continuamente destruir o que resta, precisamos construir o que falta e este é o momento de rever e fazer a história se não por nós, que seja por nossos filhos netos e as futuras gerações.
    Como fazer isto se nossos políticos em todos os níveis envolvidos? Se não acreditamos em intenções ou moral? “Através da “revolução fundadora” porque não é mais uma opção deixar de fazê-la” – como definiu o Fernão.
    Esta “revolução fundadora” no meu entender só pode ser feita com POLÍTICA INTELIGENTE e responsável, qual o maior temor de nossos governantes e políticos do que perder o foro privilegiado, e seus cargos no poder? Ora, não vamos lutar para tirá-los, que fiquem onde estão, mas sob rédeas curtas, apresentando e votando PECs , leis de interesse Nacional, diminuindo o tamanho e os gastos do Estado, votando leis, ficais, trabalhistas, previdenciárias boas, fazendo revisão justa para as LDOs de 2018.
    Utopia, gritarão muitos, mas não, principalmente se acelerarem as votações das reformas políticas e eleitorais, votando no voto distrital PURO. Aproveitar a crise que já é conhecida por todos e fazer o Brasil caminhar até as próximas eleições.
    Outros gritarão que não se pode deixar impunes estes corruptos que ora ocupam cargos governamentais em todos os poderes da República, porem através do norte firme da lei e da Constituição, continuariam as investigações, os acordos de leniência, e acordos de delação, desde que se devolvam com lisura e transparência os valores roubados aos cofres públicos. Enquanto nossos parlamentares trabalhariam na aprovação das LEIS ÚTEIS, de crescimento, normatização e normalização do país. Seriam fiscalizados através da “revolução fundadora” Os que não cumprirem estes “acordos de indulgência” seriam cassados por seus pares e responderiam em 1ª instância. Teriam portanto a Opção lenitiva de prestar um ótimo serviço ao País ou ir em CANA. Acho justo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Que tal a gente falar sério? no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: