É pra comemorar ou pra chorar?

“Drone” mata Nº 2 da Al Qaeda

E a gente não sabe se comemora, aliviado, ou se chora.

Da guerra generalizada  à guerra individualizada. O que se tem agora são operações policiais com alcance planetário nas quais o alvo é previamente julgado, condenado à morte e inexoravelmente caçado até a execução.

Só fica-se sabendo que houve um julgamento e uma sentença depois que ela é executada.

É preciso formalizar esses processos de algum modo, ou…

Mas e a necessidade de segredo, como é que fica?

O terrorismo funciona.

Hoje toda pessoa é vigiada onde quer que esteja e seja o que for que estiver fazendo. Não era isso a anti-utopia de Orwell? (1984)

Não demora nada e algum stalinzinho (que certamente já nasceu e anda por aí) vai nos mostrar que o inimigo não era exatamente quem nós pensávamos que era e começará a ter “novas ideias” sobre pra que usar essa parafernalia toda…

A busca de segurança foi sempre o que levou os homens a se atirar nos braços da tirania.

Uma resposta para “É pra comemorar ou pra chorar?”

  1. Não intindi nada! O omi do cartaz é o hitlush? Por que? Pelo que ouvi, das operações com drones, neste ano de Obamis foram mais de 10 vezes do que nos 10 anos de Bush. – As execuções sumárias foram todas cometidas neste governo. Falta melanina no cartaz?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s