A Apple paga penitência

14 de fevereiro de 2012 § 2 Comentários

Com a onda de protestos que começou a rolar depois das reportagens do NYTimes a Apple decidiu entregar à Fair Labor Association (FLA), uma organização não governamental especializada, a tarefa de fazer auditorias em toda a cadeia de fabricas e montadoras chinesas que ela utiliza para produzir seus computadores, tablets e telefones inteligentes.

Para que não fiquem dúvidas sobre suas intenções, autorizou, pela primeira vez, a divulgação dos nomes de todos os fabricantes e fornecedores que, daqui por diante, serão objeto de auditorias e relatórios individuais recorrentes.

A reportagem do NYTimes mostrou como a Apple usava a desculpa da necessidade de segredo industrial para promover falsas auditorias nos seus contratados e esconder as condições sub-humanas de trabalho que ela conscientemente explorava na China.

Depois que as matérias foram publicadas uma série de ações de protesto foram desencadeadas na internet exigindo que a companhia tomasse providências. Entre as dezenas de abaixo assinados propostos, um que reuniu mais de 200 mil assinaturas sugeria que a Apple chamasse a FLA para supervisionar seus empregados e empregadores chineses.

Tim Cook, atual CEO mas que ainda sob as ordens de Steve Jobs montou a estrutura de produção da Apple na China, emitiu um comunicado dizendo que “a auditoria em curso não tem precedente na indústria eletrônica, tanto pela sua extensão quanto pela profundidade da investigação” e agradecendo a FLA por ter aceito identificar cada fábrica investigada“.

Essa última frase é só uma tentativa canhestra de empurrar para os auditores do passado culpas que eram da Apple que finalmente decide agir depois que seus pecados asiáticos consolidaram sua posição à frente dos concorrentes.

Antes tarde do que nunca.

Há esperanças, portanto. Aí fora ainda reage-se ao excesso de ganância e responde-se à indignação da opinião pública mesmo quando o ganancioso enriquece e pode desfilar o “sucesso” conquistado em função de seus crimes, coisa que no Brasil costuma ser um “argumento” aceito como bastante para empurrar qualquer “malfeito” (isto é, qualquer perfídia de malfeitores) para debaixo do tapete.

Um dia ainda chegaremos lá…

Marcado:, , , , , , , , , , ,

§ 2 Respostas para A Apple paga penitência

  • Oliver Ilg disse:

    Isso diferencia uma grande empresa das demais… independentemente da fala, estão assumindo o erro e corrigindo….
    O problema é que, se as demais empresas do ramo continuarem a contratar empresas chinesas sem condições de trabalho, a apple vai acabar ficando fora de mercado, o que seria uma pena…
    Vamos esperar que não seja uma atitude “Quichotesca” e que o mundo civilizado assuma suas responsabilidades como fez a Apple..

    Curtir

  • Varlice disse:

    Seguramente, chegaremos lá.
    Demorará, pois estamos nos primeiros passos de uma longa estrada, mas certamente chegaremos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento A Apple paga penitência no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: