Veja como os juizes te assaltam

9 de julho de 2017 § 55 Comentários

Marcado:, , ,

§ 55 Respostas para Veja como os juizes te assaltam

  • MARCOS A. MORAES disse:

    Brilhante trabalho! Mas isso acontece em quase todo o estado nos 5.100 municípios! Repliquei! MAM

    Curtir

  • Nelson disse:

    O governo e os funcionários públicos de alto escalão são os donos do Brasil e portanto, podemos protestar mas sempre haverá um jeito de fatos semelhantes acontecerem. Temos a justiça mais cara do mundo que custa 1,3% PIB, sendo mais de 3 vezes mais cara do que a segunda que é a Venezuela e 14 vezes mais cara que a dos Estados Unidos, e não temos efetividade. Isto é Brasil.

    Curtir

  • Fernando Leal disse:

    Pois é Fernão, já disse aqui qual é a única solução para o Brasil sair dessa: BALA E VALA!

    Curtir

  • MIGUEL SCHETTINI NETO disse:

    CONCORDO com o Marcos Moraes. Trabalho brilhante!! Vou divulgar muito. Para assaltantes somente precisam a máscara preta. A toga já têm!!! Precisamos de um ZORRO para nos salvar dessa quadrilha. Afirmo porém, que como tudo na vida há excessões. Infelizmente neste caso são poucas. M.Schettini Neto Fortaleza – Ceará

    Curtir

  • Saulo Mundim Lenza disse:

    Acredito que essa pouca vergonha tem grande chance de ser aprovada. Um povo sem educação como o nosso, se contenta com qualquer esmola tipo bolsa família e outros similares, em assim sendo, acaba pagando tudo!

    Curtir

  • Estou copiando o vídeo para postar no site Capitalismo Social.

    Curtir

  • Amilcar disse:

    Muito bom! Só faltou indicar a autoria.

    Curtir

    • Fernão disse:

      não sei quem fez. publiquei como recebi

      Curtir

      • Honório Sergio disse:

        Olá Fernão, gostaria de ter certeza se os Ladr. ops. funcionários públicos de alto escalão, como juízes, deputados, senadores, etc. tem descontos em folha de pagamento do IRRF. ou se esse desconto
        é só para os otários como nós que suam a camisa para ver se o dinheiro chega no fim do mês!

        Curtir

      • Fernão disse:

        só pros otários, honório. eles so pagam IR sobre o q não é “auxilio”…

        Curtir

      • Simone disse:

        Teria condições de fazer um vídeo sobre os vencimentos sobre os procuradores de justiça?

        Curtir

    • Fernando Geribello disse:

      Caro Fernão,
      Parabéns, novamente, por mais esse artigo de sua lavar.
      Permito-me lhe dizer que os males pelos quais nosso amado Brasil atravessa, tem como cerne o Poder Judiciário, que NÃO prende os Wesleys Batista da vida, solta o Eik Batista e a tal da Adriana Anselmo, afora soltar os assassinos, estupradores & cia. da vida que a Polícia consegue prender!!
      É o maior exemplo de efetivação da impunidade reinante.
      No que concerne ao seu artigo atinente ao custo da magistratura pátria, lembro que há 43 anos quando me formei pela sempiterna Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo tinha 36 Desembargadores, SEM assessores, e os Processos “andavam”. Hoje tem 360 Desembargadores (o maior tribuna do mundo), tendo a maioria deles até 3 assessores e os processos não andam, afora o nível que está baixíssimo.
      Atenciosamente,
      Fernando Geribello

      Curtir

  • João Luiz de Andrade Guimarães disse:

    É o assalto à mão desarmada.

    Curtir

  • ana maria disse:

    Nos 30 anos em que morei em Brasília, as três corporações mais vorazes que vi em ação foram o Judiciário, o MPF e os auditores fiscais da Receita Federal. Se o projeto dos juízes for aprovado, o Ministério Público Federal vai reivindicar – e conseguir – a famigerada isonomia. Em seguida, será a vez de os delegados da Polícia Federal reivindicarem – e conseguirem – isonomia com os procuradores. É assim que as coisas funcionam lá. Ou o país acaba com o patrimonialismo, o clientelismo e o corporativismo ou não haverá país nenhum.

    Curtido por 1 pessoa

  • Fernando Lencioni disse:

    Faz um “século” que venho me indignando solitariamente com os “príncipes” do Brasil – juízes e promotores. Agora, felizmente, eles perderam o recato e o medo de expor sua face oculta ao povo. Às pessoas comuns que só têm contato com eles quando por infelicidade acabam precisando recorrer ao judiciário ou se veem de alguma forma envolvidos num processo essa face também raramente aparece, mas àqueles profissionais que tem que lidar com eles no seu dia a dia, salvo raríssimas, felizes e respeitabilíssimas exceções, a insensibilidade, o autoritarismo e o mais completo desdém por aqueles que eles deveriam ver com respeito e consideração, prestar os melhores serviços e buscar promover o bem e a felicidade da melhor forma possível, exulta claríssimo que não passam de um número incômodo, um amontoado de papel ou informação digital que lhes toma aborrecidamente o tempo, mas que eles não hesitam em mandar prender se porventura tentarem se livrar das garras desse sistema tributário perverso que usurpa da população para dar a corruptos e concurseiros uma vida nababesca enquanto mantém um mar de pessoas lutando contra o titan invencível da pobreza do país com a economia mais fechada do mundo, uma legislação trabalhista igualmente usurpadora e obstaculizante da riqueza e uma justiça trabalhista que não existe em lugar nenhum do mundo com um sindicalismo que cobra tributo dos trabalhadores com a conivência do governo e se opõe a toda e qualquer medida que possa garantir o acesso do agora oceano de pessoas sem condições mínimas de sobrevivência decente. Coitado de Dante, por mais genial que fosse, ele jamais conseguiria pensar uma realidade como a que vivemos atualmente no Brasil.

    Curtido por 1 pessoa

  • Uady disse:

    Se tivesse um botão para apertar e detonasse uma bomba de hidrogênio no executivo no legislativo e no judiciário, juro pela minha mãe eu detonaria.

    Curtir

  • Milton Leite Bandeira disse:

    JUIZ DE FORA, 10 JULHO 2017. 

    É simplesmente ESTARRECEDOR este vídeo/áudio, que prova uma corrupção legal, um direito pelo avesso  (Legalidade de Ilegalidade/imoralidade), já que por MEDO a judicatura impõe seu despotismo. 

    Numa era de legislação de TRANSPARÊNCIA é um ABSURDO que nós  – o  ‘POVO BRAZILINDIO’  (PATRIMÔNIO ORAL DA VERDADE OBJETIVA – novos brasileiros renascidos em junho de 2013, cidadãos não contaminados pela mentira, corrupção e pela impunidade)  permitirmos a consecução  desta IMORALIDADE ADMINISTRATIVA. 

    ‘JUIZ DE FORA NAÇÕES – A TERCEIRA MARGEM DO RIO PARAIBUNA’ – a cidade de um  ‘juízo de fora’ já debruçou sobre esta pungente questão, a partir de um estudo Filosófico/constitucional do principio da ‘IMPESSOALIDADE’ (CF, Art. 37). 

    A ‘terceira margem do rio paraibuna’ nos remete à Filosofia – Metáfísica – ao Cosmos, ao principio de uma ‘IMPESSOALIDADE MONÁDICA’ (espiritual) exercido por Sábios e Filósofos de um ‘TRIBUNAL CULTURAL DE AUTONOMIA – CIDADANIA – SOBERANIA DE COMUNICAÇÃO’, 

    que promoveria a  ” ADMINISTRAÇÃO DA NAÇÃO/CIDADE PELO PODER EXECUTIVO DA LEI”

     – RECALL POLÍTICO = PODER DESTITUINTE – DESELEIÇÃO  para políticos corruptos (CF, Arts. 1º, 3º, 4º, IV, V, IX, 205, 206, II e III, 213, I e II, 214, 215, 216, 216-A, 220, 221, 225, 231 e 232) – Decreto nº 8243, de 23 Maio 2014 – PNPS – COSMOCRACIA DO MEL – CARTA MAGNA DO CONGRESSO CULTURAL BRAZILÍNDIO DA CRISÁLIDA – ARQUIVO MEMÓRIA DO BRAZIL DESCONHECIDO = RECUPERAÇÃO DA ALTA CULTURA PERDIDA –  ‘DIA DA VERDADE INAMIGA BRAZILÍNDIA – 23 de Maio’ – DEMOCRACIA PURA  – VIVER SEM TEMPOS MORTOS – ULTIMO CHAMAMENTO PARA OS VIVOS). 

    Matriz de uma Democracia Pura, revogando implicitamente o ‘DIA DA MENTIRA – 1º de Abril’, a partir da sublimação do texto da norma citada na ‘CONSTITUINTE CULTURAL EXCLUSIVA SÉCULO XXI – Reconstrução Cultural da Consciência Política pelo 3º SETOR BRAZILINDIO, com supervisão social (OSC) e participação popular’. 

    Anúncio de revogação do ‘DIA DA MENTIRA – 1º de Abril’, criando no seu lugar o ‘DIA DA VERDADE BRAZILINDIA – 23 de Março’, dia da assinatura do Decreto nº 8243, de 23 Maio 2014 – INSTITUI A POLITICA NACIONAL DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL (PNPS) consolidada pelo MARCO REGULATÓRIO DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL – Decreto nº 8726, de 27 de Abril de 2016. 

    Equivalente ao resgate da alta cultura brazilindia, da tradição primordial, da filosofia perene, ou seja, a Inteligência Coletiva Brazilíndia. 

    Com duas palavras o estadista Mikhail Gorbachev fez ruir o império soviético, pondo fim a guerra fria : GLASNOST & PERESTROIKA. 

    A nossa GLASNOST veio com a edição da Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011 (INFORMAÇÃO/TRANSPARÊNCIA’). 

    A partir dela está faltando uma ‘PERESTROICA BRAZILINDIA’. 

    “Administrar é aplicar a lei de ofício”(Seabra Fagundes – Guerreiro do Direito). EUBIOSEA ESCOLA DA LEI EM 1º LUGARNINGUÉM SE ESCUSA DE CUMPRIR A LEI ALEGANDO QUE NÃO A CONHECE(LICC, Art. 3º) O DESCONHECIMENTO DA LEI É INESCUSÁVEL(Código Penal, Art. 21) ERGA OMNES – A LEI VALE PARA TODOS

    DURA LEX SED LEX

    A LEI NÃO ACODE OS QUE DORMEM

    A VERDADE DA LEI NÃO ESTÁ COM NENHUM DE NÓSMAS ENTRE NÓS

    SOMOSTODOSPARCEIROSDALEI

    CULTURA DO CONHECIMENTO E DO CUMPRIMENTO DA LEI

    QUEREMOS LEIS GOVERNANDO HOMENSNÃO HOMENS GOVERNANDO LEIS

    A  ÚNICA LIBERDADE QUE PODEMOS ASPIRARÉ A LIBERDADE DA LEI NÃO SE DEIXE CONFUNDIR PELAS SUPERFÍCIES,NAS PROFUNDEZAS TUDO SE TORNA LEI TODAS AS LEIS HUMANAS SE ALIMENTAM DA LEI DIVINA DEUS É A LEI E O LEGISLADOR DO UNIVERSO

    FORA DA LEI NÃO HÁ SALVAÇÃO

    CIDADANIA E SOBERANIA DA LEI

    LUTANDO PELO DEVER LEGAL SENTINELAS DO FOGO DA LEI COM O RIGOR QUE JULGARDESSEREIS JULGADOS  QUEM FAZ A LEI DEVE SER O PRIMEIRO A CUMPRIR COM A LEI “TODAS AS VEZES, Ó FILHO DE BHARATA, QUE DHARMA (A LEI JUSTA) DECLINA E QUE ADHARMA (O OPOSTO A DHARMA) SE LEVANTA, EU ME MANIFESTO PARA O RESTABELECIMENTO DA LEI, EU NASÇO EM CADA YUGA ”.(BHAGAVAD GITA, IV, 7,8).

    Juiz de Fora, 10 de julho de 2017 MILTON LEITE BANDEIRADefensor Direitos e Deveres HumanosConsultor Direito Social Militar e 3º Setor Brazilindio(52 anos)  Promotor Mobilizador CulturalDiretor Executivo da ASSDAK  

    Curtir

  • tony20022013 disse:

    isso é um roubo tem de vetar e abolir todas essas regalias !!! mesmo o salario basico R$30.000,00 tem de diminuir pela metade !!!

    Curtir

  • E ainda tem quem não entenda porque o Brasil está assim.

    Curtir

  • Paulo R. disse:

    O nosso judiciário é uma excrescência. O único poder que não é meritocrático; os outros dois pelo menos são eleitos. Excetuando-se a primeira instância, todas as outras três são afilhadas políticas. E perceba-se que este Brasil varonil é o único país a ter quatro instâncias ; uma verdadeira jabuticaba.

    Curtir

    • Carmen Leibovici disse:

      eu não acho que a primeira instância seja exceção.acho que seus juízes são muito influenciados politicamente.não a nível governamental mas privado.eu não tenho dúvidas de que os juízes brasileiros ,com exceções,é claro,não fazem justiça,com J maiúsculo,se lhes for dada a oportunidade de não fazê-la.tudo parece depender de conveniências,nem sempre morais.grande parte deles não tem a formação ética necessária para exercer o relevante cargo que exercem,e isso nem lhes é exigido.

      Curtir

  • Honório Sergio disse:

    resumindo só tem bandido nesta joça…

    Curtir

  • Fernando Lencioni disse:

    Veja o que diz o artigo II, seção 4, da:

    “A Constituição dos Estados Unidos da América

    Nós, o Povo dos Estados Unidos, a fim de formar uma União mais perfeita, estabelecer a Justiça, assegurar a tranqüilidade interna, prover a defesa comum, promover o bem-estar geral, e garantir para nós e para os nossos descendentes os benefícios da Liberdade, promulgamos e estabelecemos esta Constituição para os Estados Unidos da América.

    A R T I G O II

    Seção 4

    O Presidente, o Vice-Presidente, e todos os funcionários civis dos Estados Unidos serão afastados de suas funções quando indiciados e condenados por traição, suborno, ou outros delitos ou crimes graves.”

    Juntamente com o introito da Constituição Americana que diz tudo, nota que o art. II, seção 4, se refere a TODOS OS FUNCIONÁRIOS CIVIS DOS ESTADOS UNIDOS. ABSOLUTAMENTE TODOS! NÃO TEM DIFERENÇA DE TRATAMENTO!

    Curtir

  • Ruy Augusto Sousa de Assumpção disse:

    Monarquia para recuperar o brasil

    A monarquia pode inspirar e conduzir um projeto nacional, com obras de longo alcance e longo prazo, pois o monarca, não tem interesse na interrupção dos projetos de seus antecessores. Enquanto que na república, o presidente possui apenas 4 anos para executar o seu projeto de governo. Além disso, importante ressaltar, que muitas vezes ao assumir o cargo de presidência, tais deixam de continuar as obras do presidente antecessor.
    Na república, o presidente faz parte de um partido político, podendo tomar decisões que possa favorecer seu grupo político, tendendo a ter uma posição duvidosa, ou seja, não tão neutra como deveria ser. Destarte ressaltar que, diferentemente da república, na monarquia o monarca não depende de grupos econômicos, por isso pode influir, com maior independência, nos assuntos de Estado, visando o que é melhor para o país.
    Quando D. Pedro II do Brasil subiu ao trono em 1840, 92% da população brasileira era analfabeta, em seu último ano de reinado em 1889, essa porcentagem era de 56%, devido ao seu grande incentivo a educação, a construção de Faculdades e principalmente de inúmeras Escolas que tinham como modelo o excelente Colégio Pedro II.
    A bandeira nacional brasileira tem entre as cores o verde e o amarelo pois a mãe de Pedro II do Brasil, a Imperatriz Leopoldina idealizou e costurou a primeira bandeira nacional sendo o verde a cor símbolo da casa real dos Bragança e o amarelo da casa real dos Habsburgo . Diferentemente como muitos pensam o verde não representa as matas e o amarelo não representa o ouro. Além disso seu pai Pedro I que compôs o nosso primeiro hino nacional que sofreu modificações ao longo da república.
    Pedro II do Brasil é Patrono do Corpo de Bombeiros e da Astronomia.
    Em 1887, a média da temperatura na cidade do Rio de Janeiro era 24° no ano. No mesmo ano a máxima no verão carioca no mês de janeiro foi de 29°.
    A Imperatriz Teresa Cristina cozinhava as próprias refeições diárias da família imperial apenas com a ajuda de uma empregada (paga com o salário de Pedro II).
    Em 1871, a Imperatriz Teresa Cristina doou todas as suas joias pessoais para a causa abolicionista, deixando a elite furiosa com tal ousadia. No mesmo ano A Lei do Ventre Livre entrou em vigor, assinada por sua filha a Princesa Imperial Dona Isabel.
    (1880) O Brasil era a 4º Economia do Mundo e o 9º Maior Império da História.
    (1860-1889) A Média do Crescimento Econômico era de 8,81% ao Ano.
    (1880) Eram 14 Impostos, atualmente são 98.
    (1850-1889) A Média da Inflação era de 1,08% ao Ano.
    (1880) A Moeda Brasileira tinha o mesmo valor do Dólar e da Libra Esterlina.
    (1880) O Brasil tinha a Segunda Maior e Melhor Marinha do Mundo. Perdendo apenas para Inglaterra.
    (1860-1889) O Brasil foi o primeiro país da América Latina e o segundo no Mundo a ter ensino especial para deficientes auditivos e deficientes visuais.
    (1880) O Brasil foi o maior construtor de estradas de Ferro do Mundo, com mais de 26 mil Km.

    Curtir

    • MARCOS A. MORAES disse:

      bobagem; a monarquia se perdeu no tempo da história. Não é Fênix; queimou e acabou. MAM

      Curtir

      • William Moffitt Harris disse:

        Sou favorável à monarquia parlamentarista distrital como no Reino Unido onde uma mesma família representa há decênios, ou mesmo séculos, uma população fixa de uma mesma região. Com a mobilidade parcial da população, mas com a fixação das características tradicionais, tanto dos extratos mais bem abonados como de camponeses, há maior tendência de perdurar ainda por muitos anos o atual regime..Não concordo com a palavra “bobagem” muito mal utilizada na presente celeuma. Ruy Augusto deu um belo e verdadeiro resumo histórico na monarquia no nosso país.Suas considerações comparativas são exatas e a meu ver por falta de coisa melhor eu voto a favor do retorno da monarquia no próximo plebicito, se houver. William Moffitt Harris, Campinas-SP

        Curtir

    • Olavo Leal disse:

      Monarquia… Dá o que pensar. Tem lá suas vantagens.
      Sendo parlamentarista e, realmente, FEDERATIVA, seria uma excelente solução.

      Curtir

      • MARCOS A. MORAES disse:

        Não há como voltar no tempo, escolher um rei e acreditar que ele fará a diferença. Qual rei escolheríamos? Pelé? Roberto Carlos? Lula o 1º? Não gosta de bobagem? Troco por delírio. MAM

        Curtir

      • Olavo Leal disse:

        O Monarca seria definido pela linhagem de Pedro II. Simples assim.

        Curtir

  • luizleitao disse:

    Auxílio a sociedade deve dar pra quem é pobre, e não pra magistrados que já ganham muitíssimo bem, mesmo sem esses acréscimo salariais todos (computaram aí o custo do carro oficial com motorista?).

    Nos EUA as coisas funcionam porque a cultura é outra, e usa-se o júri para quase tudo. Até ém caso de multa de trânsito o transgressor tem de comparecer ao tribunal, e a infração fica para sempre no prontuário do cidadão. Aqui, o júri só é usado em casos de homicídio, tentativa de homicídio e mais um ou dois crimes cujos nomes agora não me recordo. Crimes de latrocínio, que significa matar para roubar, não vão a júri.

    Anyways, a título de comparação, um juiz federal nos EUA recebe cerca de US$ 200 mil anuais, o que equivale a uns R$ 55.000 mensais — sem 13º, que não existe no mundo civilizado. Dado negativo; mesmo presos, os juízes seguem recebendo o salário, até perderem o cargo.

    Leiam o caso, é interessante. “His honor” cometeu violência doméstica, foi preso, pagou US$ 5 mil de fiança e está sendo processado. Mas esse tipo de crime é considerado “misdemeanor”, um crime menor, leve. O impeachment de juizes só ocorre em casos mais severos, como corrupção.

    Lá como cá, muito juízes acabam sendo “punidos” com a aposentadoria, mais ou menos compulsória…

    Fonte: http://www.washingtontimes.com/news/2014/aug/15/arrested-federal-judge-keeps-getting-200k-salary/

    Curtir

    • Adriana disse:

      A diferença é que a média salarial lá é de cerca de U$ 50 mil. Então o salário é 4 vezes a média, mas semelhante aos salários de trabalhadores com nível universitário em empresas privadas.
      Eles se sujeitam a confirmação da população local, e não possuem estabilidade.
      Reis só em monarquias europeias e no serviço público brasileiro. Os primeiros por nascimento. Os do país jabuticaba a partir de uma prova, que não é de QI nem de caráter, é só requer muito tempo de estudo com evidente apoio familiar para tanto.

      Curtir

      • Fernão disse:

        e nesse video nao estao incluidas as duzias de assessores, os carros e motoristas, os seguranças e etc, etc, etc.
        nem o IR q eles n pagam. tudo somado esses caras ganham salario de gestor de fundo de wall street…

        Curtir

  • Márcia disse:

    O Joãozinho do vídeo tem as faces coradas e não é de constrangimento, não.

    Curtido por 1 pessoa

  • Antonio Caros Polato disse:

    Acho que vamos bater a cabeça na parede todo dia, para não sentir mais nada, ou correr para o aeroporto. Isto aqui não tem solução.

    Curtir

    • MARCOS A. MORAES disse:

      há solução sim! O Brasil está peladão e a solução passa por conquistarmos o voto distrital, recall e referendo. Particularmente, prefiro com o parlamentarismo. Às opções anteriores ainda ainda acrescentaria barnabé sem estabilidade, AVD, policia única e municipal….o restante sai na urina…MAM

      Curtir

  • Carmen Leibovici disse:

    não é a toa que o brasil e seus brasileiros não têm nada-tudo é consumido por esses e os outros vermes dos executivos e legilativos brasileiros.
    chama-los como?

    Curtir

    • Carmen Leibovici disse:

      exagerei no “vermes”.os juízes não têm culpa,eles apenas aproveitam o que esse sistema lhes oferece.
      mas os juízes têm muita culpa qdo julgam imoralmente.ai a culpa é pessoal e é inadmissível.o sistema só é culpado neste sentido por não exigir ética na entrada e durante o exercício da magistratura.

      Curtir

    • Carmen Leibovici disse:

      exagerei no “vermes”.os juízes não têm culpa,eles apenas aproveitam o que esse sistema lhes oferece.
      mas os juízes têm muita culpa qdo julgam imoralmente.ai a culpa é pessoal e é inadmissível.o sistema só é culpado neste sentido por não exigir ética na entrada e durante o exercício da magistratura.

      Curtir

  • Carmen Leibovici disse:

    desculpem,não mencionei os dos ministérios públicos

    Curtir

  • Renato Pires disse:

    Panorama Brasileiro:
    Como o Estado faliu no Brasil e as contas não fecham mais, começou a briga entre as quadrilhas que mamam há séculos no Erário pra saber que fica e quem sai. Essa briga é seria, é briga de morte. E o povão, desempregado e faminto, assiste atonito no andar de baixo a pancadaria diária na TV, jornais e redes sociais. Enquanto a “briga” era encenada na superfície, no mundo político, tudo bem. Mas agora a pancadaria está descendo para o sub-mundo oculto dos grandes sanguessugas do Estado, e aí a coisa pega…. Tem cheiro de pólvora no ar

    Curtir

  • Galvão disse:

    NA ÁREA PARA COMPARTILHAMENTO DA MATÉRIA É PRECISO INCLUIR O WHATSAPP. Só assim mais brasileiros tomarão conhecimento de mais este escândalo.

    Curtir

  • Eduardo disse:

    Elites que transformam o imoral no legal. E a educação, único instrumento que levará este país ao mundo civilizado, continua uma m…Será que a grande imprensa tem coragem de comprar esta briga? Pago para ver…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Veja como os juizes te assaltam no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: