Porque o Brasil é pobre

3 de julho de 2014 § 9 Comentários

a2

A Rodovia Regis Bittencourt que vai de São Paulo até a divisa entre Paraná e Santa Catarina, com 496 quilometros, é a única ligação entre o Brasil e o Mercosul, “bloco” de economias ao qual o PT restringiu quase todo o comércio internacional que restou ao país.

É portanto uma das principais “turbinas” da economia brasileira.

A obra de duplicação da antiga “BR-2” construída por ordem de Juscelino Kubitschek inclui, somente nos 32 quilômetros da Serra do Cafezal, no Sul de São Paulo, 16 viadutos de grande extensão e quatro túneis erguidos ou cavados sobre o terreno altamente instável e a topografia fortemente acidentada da Serra do Mar de que ela é parte, com estruturas ainda mais complicadas pelas intrincadas exigências ambientais impostas aos construtores. Esse trecho vai custar um pouco menos de 1 bilhão de reais aos concessionários privados a que foi entregue contra a exploração dos pedágios por 25 anos.

a5

Embora ela seja a única ligação existente entre quatro dos Estados mais ricos do país e entre estes e a Argentina e o Uruguai, essa obra teve de esperar 54 anos para sair do papel desde a inauguração da precária via de mão única que ela era em 1961 quando Juscelino a inaugurou e continuou sendo até “ontem”.

A arena Mané Garrincha, de Brasília, orçada em 745 milhões e construída sobre um terreninho plano de dimensões modestas se comparada a essa obra, acabou “custando” R$ 1,4 bilhão, quase uma vez e meia a duplicação desse trecho da Regis Bittencourt, aí incluídas todas as suas monumentais “obras de arte”. O Itaquerão, orçado em 820 milhões, saiu por 1,2 bilhão. As 12 arenas feitas ou reformadas para a Copa, orçadas em 5,97 bilhões, “custaram” 8,48 bilhões até onde se sabe até o momento. E isso é só um pedacinho do que se gastou nessa festa com que o PT quer fazer o país esquecer o que mais ele é.

a1

Mas se o PT é indisputavel em matéria de “multiplicação” dos custos de todo e qualquer “peixe” que lhe caia na rede das obras do PAC, “filho” da Dilma, a ordem das prioridades não mudou grande coisa no Brasil deles e no dos anteriores.

Até 11 anos depois que o estádio do Maracanã foi inaugurado na “Brasília” de 1950 que era o Rio de Janeiro, a ligação entre São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul ainda tinha de ser feita “de jegue” ou no tipo de veículo da época que fosse capaz de atravessar em “estrada de chão” as serras encharcadas e cobertas de Mata Atlância que estão espalhadas por todo esse percurso.

O que prova que por aqui sempre se fez a festa antes de dar ao povo a condição de ganhar o pão.

a7

Marcado:, , , , , , , ,

§ 9 Respostas para Porque o Brasil é pobre

  • Sandra Sabella disse:

    Se eu editasse vosso texto, eu sugeriria outro título, talvez: “porque o Brasil continua selvagem”.

    Curtir

  • thomas gale disse:

    Com PT mais anos de atrasos virao. Aecio nao leva nao! Pessima escolha para seu vice. Muito ja se discutiu o papel de vice, mas nos sabemos que depois de Tancredo isso conta muito. A segunda mancada, esse Aecio nao prura melhorar a image de ” sem lenco e sem documento”. Apos o molusco e a deslumbrada o pai exige gente “muito seria”, estamos cansados de perder tempo precioso. Infelizmente, mais uma derrota, para o pt ou o Eduardo quem sabe.

    Curtir

  • thomas gale disse:

    Procura melhorar a imagem eu quis dizer.

    Curtir

  • José Luiz disse:

    Meu pai dizia que deveriam aprovar uma lei proibindo o roubo do dinheiro público somente às segundas-feiras. Seria o suficiente para o Brasil estar no primeiro mundo.

    Curtir

  • Ildeu Lago disse:

    Não sabemos o quanto desses descalabros entra nos bolsos dos mesmos de sempre; ladrão não passa recibo!

    Curtir

  • Antonio disse:

    Brilhante analogia, sem pieguismos ou paixões, que demonstra com números e conhecimento histórico, a incompetência proposital do socialismo brasileiro.
    O país padece há décadas de carência de infraestrutura e com isso sacrifica competitividade. Como os polos produtores são liberais e não foram (ainda) dominados, são sabotados pelo regime marxista e os recursos canalizados para o encantamento populista.
    Não vejo outro caminho para o Brasil que não seja o colapso. Não será o fim, mas teremos de catar os escombros.
    Esse artigo merece maior divulgação porque é mais que uma denúncia. É uma constatação inteligente e simples.

    Curtir

  • Agusto disse:

    Interessante è notar como o povo trata os politicos: como celebridades!
    A campanha politica è coisa de circo, uma vergonha nacional, um atraso…
    Povo que reelege maluf, collor, sarney, etc… MERECE!

    O gentinha esse povo…

    Curtir

  • Otacilio Miranda Guimarães disse:

    Caro Fernão,

    Questão de ponto de vista. Para o governo petista a Fernão Dias não é uma prioridade, o circo, sim. Imagine o abobalhado povo brasileiro com boas estradas e sem o circo.

    Otacílio

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Porque o Brasil é pobre no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: