30 de abril de 2020 § 9 Comentários


Ministros do STF agem como Bolsonaros com verniz. Tão voluntaristas quanto. Alexandre Sem Voto dá sentenças contra o amiguismo c/o que acha, ñ c/o que diz a Constituição. Antecipou-se à investigação do próprio STF. Aí pede apoio dos amigos ao erro crasso. Bolsonaro e STF cada vez + se equivalem

§ 9 Respostas para

  • Cirval disse:

    Tenho minhas dúvidas sobre essa conclusão. E trata-se de uma medida liminar, portanto provisória. Se se vislumbra uma finalidade diversa daquela para que o titular foi indicado não vejo razão para ser diferente. E que defina o plenário. Aliás, o Ministro Alexandre tem muito mais razão para conceder a suspensão da nomeação do que os outros Ministros, porque sabe em que pé está a situação da famiglia do pseudo-presidente dentro da investigação que já está fazendo. É provável que aquela investigação lhe tenha dado subsídios para proferir a suspensão. E, vamos ser francos, com um presidente desse naipe todo cuidado é pouco. Quem teve o cuidado de ler a decisão do Ministro Alexandre vai notar que há embasamento suficiente para conceder a liminar e, repita-se, se, no plenário, a maioria considerar que a liminar foi indevida ela pode ser cassada. No meu humilde ponto de vista o pseudo-presidente já agiu demais como dirigente de um boteco de quinta categoria (para não escrever outra coisa) e deve ser contido, antes que desgraça muito maior aconteça. É irresponsável demais, pelo menos para o meu gosto.

    Curtir

  • Herbert Sílvio Augusto Pinho Halbsgut disse:

    Coisas da privilegiatura.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

O que é isso?

Você está lendo no momento no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: