Janot vai para o banco dos réus?

20 de maio de 2017 § 28 Comentários

Michel Temer está ressuscitando…

Estava começando a escrever aqui que, vistas inúmeras vezes as cenas dos depoimentos dos ésleys e sua turma na PGR tive várias vezes a impressão que interrogadores e interrogados estavam numa encenação quando a FSP de sábado chegou às bancas com uma matéria bombástica.

O perito Ricardo Caires dos Santos, do TJSP, analisou a gravação Joesley x Temer e detectou “mais de 50 pontos nos quais ela foi editada“, alguns deles dos mais capciosos.

Em duas das respostas de Temer nos trechos que se referiam a Eduardo Cunha, por exemplo.

Estas:

Tá… Ele veio [corte] tá esperando [corte] dar ouvido à defesa.. O Moro indeferiu 21 perguntas dele… que não tem nada a ver com a defesa dele

Era pra me trucar, eu não fiz nada [corte]… No Supremo Tribunal totalidade só um ou dois [corte]… aí, rapaz mas temos [corte] 11 ministros“.

Ha mais de 40 interrupções sobre as quais o perito diz que “não dá pra dizer se são cortes ou defeitos do gravador“.

Um único corte numa gravação já é bastante para anulá-la como prova.

A matéria esclarece, também, a cronologia dos acontecimentos: o áudio do Jaburu foi gravado em 7 de março; a gravação nunca passou pela PF, foi feita, “processada” e divulgada por conta exclusiva da PGR do dr. Janot; a PF só foi chamada a entrar no caso em 10 de abril.

As tais “ações coordenadas“, das quais a gravação é a maior, foram portanto decididas, combinadas com Joesley e autorizadas apenas e tão somente pela PGR e ANTES dos depoimentos que as TVs estão mostrando agora.

Já tinha ficado registrado aqui que o que sustenta aquela gravação é um longo monólogo de Joesley cuidadosamente estruturado para contar duas ou três histórias diferentes e registrar vários nomes de envolvidos, como se tivesse sido pensada para instruir um processo e caracterizar os dois únicos crimes que podem derrubar um presidente — obstrução de justiça e crime cometido no atual mandato — e que a participação de Temer resumia-se a três ou quatro frases e mais um monte de monossílabos. Agora informa-se que mesmo estes foram editados.

Como e porque os 2 milhões de reais de Aécio tiveram prioridade nos grampos da PGR e em suas “ações coordenadas” sobre as dezenas de outros episódios cabeludérrimos delatados, entre os quais os 150 milhões de dólares postos numa conta direta para Lula e Dilma no exterior, é outro aspecto que, depois de ouvidos os vários depoimento, chama a atenção. Saud, o operador do departamento de propinas da JBS, chega ao exagero de, lá dentro da salinha de interrogatórios da PGR, levar fotos ampliadas em duas folhas da fachada da casa de Aécio e a ampliação de um outro documento que, nitidamente, exibia para a câmera e não para os seus inquisidores.

Para que? Não havia nenhuma necessidade disso para se fazer entender por eles.

Em vários outros momentos interrogadores e interrogados se substituem acrescentando pedaços de uma mesma história, como se já a tivessem ouvido antes. Coisas tipo: “E aquele episódio X, como foi mesmo…“, e Joesley emendava. Pelas reações tranquilas e burocráticas dos inquisidores tudo soava, não como a exposição de novidades surpreendentes e chocantes como de fato eram para quem as ouve pela primeira vez como é o padrão dos interrogatórios do juiz Moro que têm sido divulgados, mas um relato montado “para o público“.

Cabe, de qualquer maneira, perguntar como a PGR do dr. Janot se resolveu a montar a mãe de todas as “ações controladas“, com Joesley se insinuando na residência do presidente da República para falar “por acaso” precisamente nos assuntos que poderiam levar à caracterização dos dois únicos crimes capazes de derrubá-lo se ele e quem o instruiu não soubessem de antemão exatamente o que queriam colher?

Michel Temer certamente não é santo e ir parar na Presidência da Republica não revogaria nem o seu passado, nem a sua cultura, assim, por encanto. Mas que ele pôs o que aprendeu por maus caminhos a serviço de uma boa causa essencial para o Brasil num momento de agonia é, pura e simplesmente, fato.

Tudo que os ésleys contam sobre como foram sendo empurrados a servir 1829 políticos e candidatos de 29 partidos com cerca de meio bilhão de reais em poucos anos é claramente verdadeiro, inclusive as partes que afetam Michel Temer. O que não é verdadeiro nos depoimentos deles é exatamente o que não disseram nem lhes foi perguntado pelos auxiliares do dr. Janot sobre o homem (e seu “poste“) que lhes proporcionou saltar de um faturamento de 4 bi para outro de 170 bi em sete anos, como seria de se esperar. A PGR só estava especialmente interessada nos R$ 2 milhõezinhos de Aécio Neves.

É a mesma técnica de mentir – por omissão – que a imprensa usa porque trombar de frente com a verdade num registro histórico que pode ser conferido e desmascarado logo adiante seria só uma burrice.

Essa história está esquisita por qualquer ângulo que se olhe desde o primeiro minuto. Hoje veio a notícia que tornou essa esquisitice oficial. O MPF (a turma do Moro) não aceitou a libertação com uma multinha de amigo (menor que o que ganharam operando com dólar a repercussão da sua própria “bomba“) com que a PGR tinha liberado os ésleys, e impôs-lhes, por cima do dr. Janot, uma multa de R$ 11 bilhões que eles recusaram pagar. À meia noite de ontem expirou o prazo para um acordo de leniência com o MPF (e pode-se negociar um na PGR e outro no MPF?) pelo que, os 2ésleys podem acabar, nos próximos dias, virando no mínimo fregueses da Interpol como merecem duplamente depois da covarde tentativa de assassinato contra um país agonizante de que se permitiram tornar protagonistas para se livrar a preço de ocasião de 10 anos de falcatruas e da apropriação indébita de dezenas de bilhões de dinheiro público.

Pelo rumo que a coisa tomou agora, pode ser que eles não sejam os únicos a serem obrigados a trocar de assento, da banca da acusação para o banco dos réus.

Marcado:,

§ 28 Respostas para Janot vai para o banco dos réus?

  • Renato Pires disse:

    [19/5 18:54] repires49: Alerta Brasil: as condições da delação premiada dos Batistas são tão favoráveis a eles que fica a suspeita de que, tendo comprado juízes e promotores, como confessaram, teriam comprado também a própria delação. JBS: Jabaculê Banca Soltura…..
    [19/5 18:55] repires49: Além de estropiar Temer e Aécio, passaram Mantega no rabo de Lulla e Dilma, pra doer menos
    [19/5 19:03] repires49: A suspeita de armação passa pelo fato de que, quando o passarinho Palófi ia cantar, veio a bomba que jogou a possível delação no esquecimento.
    [19/5 19:03] repires49: Por que será que os lavajateiros, tão ciosos do valor e da lisura de seus trabalhos, não enxergam as imensas contradições, buracos e falhas graves da delação dos irmãos carniceiros?
    [19/5 19:03] repires49: Além das imensas e inexplicáveis benesses que lhes foram concedidas, que certamente provocarão iradas reações nos outros delatores, bem menos aquinhoados.

    Curtir

  • carmen leibovici disse:

    O Brasil não tem instituições,tem organizações criminosas que controlam e roubam o dinheiro suado de mais de 200 milhões de brasileiros,escravos dos chefes dessas organizações.
    Tudo no Brasil é de mentira,tudo e uma farsa,do judiciário ao ministério publico,passando por sindicatos e tudo mais.Isso é monstruoso.O Brasil é um pais capturado ppelo crime organizado.Na Venezuela isso ficou descaradamente exposto;no Brasil está ficando.Livrar o Brasil disso ,vai ser uma luta muito difícil.A nossa chance é que as gangues que querem controlar o poder se matem entre si.O Pt,infelizmente teve tempo demais para se aparelhar e ao País,o PT “materializou”o poder e o roubou para não entregar para mais ninguem.Vai ser difícil quebrar essa loucura

    Curtido por 1 pessoa

  • kisandhus disse:

    Fernão, bom dia.
    Equilibrado e esclarecedor o seu comentário. A briga de foice está lançada. Espero de fato que as poucas consciências que nos restam se unam para reequilibrar este Brasil que está sangrando.

    Curtir

  • OSMAR PRATES disse:

    Fernão, bom dia. Parabéns pelo texto. (Pena que só li depois de ter enviado ao RA um comentário abordando quase os mesmos pontos,
    poderia apenas ter citado o seu comentário, teria sido muito mais fácil para mim.)

    Curtir

  • RUBENS DE CAMARGO VIDIGAL FILHO disse:

    Parabéns pelo artigo Fernão. Estava faltando alguem falar isso. E a Globo é sócia? Só eles continuam na campanha Fora Temer?

    Curtir

  • Fernando Lencioni disse:

    EXCELENTE!!!!
    AINDA BEM QUE ALGUÉM OLHA PARA ALÉM DA SUPERFÍCIE

    Curtir

  • Fernando Lencioni disse:

    O MP se tornou um monstro descontrolado exatamente por causa da exposição pública. Nos EUA nem se permite a transmissão televisiva de audiências justamente porque ele não ignoram os efeitos maléficos da exposição de juízes, promotores e advogados em ação nos tribunais

    Curtir

  • Fernando Lencioni disse:

    A isenção vai para o vinagre

    Curtir

  • Saulo Mundim Lenza disse:

    Que país é esse?
    Por certo que é mesmo, uma republiqueta bananeira.

    Curtir

  • Maria Teresa Ramos Dutra disse:

    Essa clareza é o que falta à maioria dos que analisam a política atualmente no país. Vemos diariamente nos jornais e, principalmente, na TV a repercussão bombástica de fatos que nem sequer foram analisados ou verificados. O que importa é o “furo”, a “primeira mão”, a “exclusividade” ou, pior, a tendência ideológica ou, pior ainda, a falta de caráter. Parabéns e obrigada.

    Curtir

  • Márcia disse:

    Nessa briga de cachorro grande, só tenho uma certeza: vão levar o osso que me resta na tigela.

    Curtir

  • Eva disse:

    O Vespeiro e consequente. Encaixa peças que estavam sem lugar. De todo modo os brasileiros sofrem de um excesso de vaidade e ganância.

    Curtir

  • Fernão.

    Tem muita armação à atingir o Temer. A franqueza do delator aparentemente tranquilo quanto aos crimes praticados, permite admitir de acordão com objetivo específico. Os irmãos Batista incendiaram o Brasil, pararam as necessárias votações- sabe-se lá até quando, deixaram o país em grave crise, enquanto se deliciam nos EUA.
    Pobre de nós.

    Curtir

  • whataboy disse:

    A ênfase a que assistimos nas contradições e crimes evidentes do Temer só pode ser uma ratoeira para petistas: enquanto comemoram por algumas horas a queda em desgraça dos conservadores reformistas, os criadores da grande teta JBS terão de ser desmascarados mais uma vez, de forma contundente, lambuzando-se com a esmola de 150MM de dólares.
    E se os ésleys não voltarem a ser açougueiros, seremos eternamente o país de 200 milhões de cordeiros.

    Curtir

  • alexandre fonseca disse:

    Outro ponto estranho é a tal compra de dólares na véspera da publicação no Globo. Como a delação era secreta e vinha ocorrendo há várias semanas, era necessário que eles soubessem (a) que o Jornal tinha conhecimento do fato, e (b) exatamente em qual data a matéria seria publicada. Isso parece indicar que o informante de Lauro Jardim era a própria JBS.

    Curtir

  • PMC disse:

    Bom dia Dr. Fernão,
    É imperioso que se cumpra a devida proporcionalidade entre as consequências danosas ao País e condenações.

    Curtir

  • disse:

    Prestimoso Fernão,

    Um fato escandalosamente gritante passa debaixo do olhos de todas as pessoas :

    ONDE ESTÃO OS ÓRGÃOS DE INTELIGÊNCIA,
    QUE DEVERIAM PROTEGER AO ESTADO BRASILEIRO ?

    Não temos !?

    O corporativismo matou o pode judiciário ?

    O filiosigismo matou o poder legislativo ?

    O banditismo matou o poder executivo ?

    Bandidos estão discutindo o futuro do Brasil ?

    #SURREAL !

    Curtir

  • Marcilio disse:

    EU NÃO TENHO DÚVIDA QUE O LULA, TEMER, DILMA, E AÉCIO ESTARÃO FAZENDO COMPANHIA PARA O CUNHA! Marcilio AB Andrade Do Santos Dê Rose.A verdadeira amizade é aquela que nos permite falar com o amigo sobre os seus defeitos, qualidades, e diferenças. A humildade é virtude dos que acreditam em liberdade; já a arrogância é o vício dos paternalistas.           A sensação de ser capaz de criar saúde é a ferramenta mais importante do seu kit de criação saudável. A riqueza não se esconde mais debaixo da terra; está na cabeça das pessoas e no uso eficiente de tecnologia. Hegel dizia que todo senhor é escravo de seu servo. Onde há 1 devedor irresponsável deve existir também um credor igualmente irresponsável. Recuse-se a reclamar, criticar ou condenar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina. Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível,e de repente você estará fazendo o impossível… Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz, mas a segunda vez é por sua conta e ninguém mais. O melhor ainda está por vir. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um presente. Mantenha o espírito inconformado. 988710553 / 33713595.

    Curtir

  • DIAGNÓSTICO: METÁSTASE
    Na vida e saúde das pessoas tem-se que a metástase cancerígena é um diagnóstico de morte eminente. Quando a pessoa tem uma imunidade elevada é possível que esse risco de morte eminente seja eliminado com medicamentos.
    Quando ocorre metástase o câncer pode ser tratado com quimioterapia, radioterapia, terapia biológica, terapia hormonal, cirurgia, criocirurgia, ou uma combinação desses tratamentos. A escolha do tratamento geralmente depende do tipo de câncer primário, tamanho e localização da metástase, idade do paciente e sua saúde geral, e tipos de tratamentos que o paciente teve no passado.
    Nossa pátria, o Brasil, encontra-se em elevado estado metástico.
    O cancro foi diagnosticado no Mensalão, o médico supremo (STF) adotou medidas paliativas e não foi a fundo para extirpá-lo.
    As células cancerígenas da corrupção sentiram-se livres para atacar quase todos os órgãos vitais da Nação sejam eles o Legislativo o Executivo, o Judiciário, o funcionalismo, difundindo-se para a Petrobras, Correios, BNDS, fundos de pensões. Atacaram livremente nas esferas Federais, Estaduais e Municipais como estamos vendo.
    Só não podemos aceitar que atinja o fígado, pois, esse será a morte certa.
    Apesar de a bílis, aquele líquido verde oliva, já ter demonstrado algumas infiltrações de células cancerígenas não está tomado completamente e nosso fígado se mantem em pleno funcionamento.
    Rogamos que assim continue, pois, as células cancerígenas podem ser extirpadas do legislativo do executivo e do judiciário através dos medicamentos constantes na Constituição Federal. Das Forças Armadas jamais poderá ser extirpada pois é uma instituição permanente.
    DEUS PROTEJA ESSE MEU BRASIL.

    Curtir

    • Renato Pires disse:

      Todas as evidências desse crime de lesa- pátria conduzem ao câncer deste País: o cartório financeiro. Tocou no BNDES, tocou nos Brandões e Trágicos da vida. Aí até o avião do Palofi é capaz de cair. Afinal, cinco séculos de mamatas não podem terminar assim, sem mais nem menos

      Curtir

  • Mara disse:

    Isso. Interpol neles. E o jornalista recebendo elogio dos colegas pelo “furo” inconsequente? Não será responsabilizado? E a Globo pela irresponsabilidade, não será levada a responder, se a farsa for comprovada? O que será que ela tem contra o Temer? Lula é o verdadeiro perigo para este país. Por um país na fogueira? Alguém com poder para isso tem que agir contra esses criminosos. Já os políticos, que a justiça cuide deles a seu tempo. Coisa horrorosa!

    Curtir

    • Renato Pires disse:

      Vamos aos fatos:
      1 – Lullarápio et quadrilha reduziram o país a uma republiqueta encalacrada e sem credibilidade
      2 – Lullarápio et quadrilha roubaram bilhões
      3 – Lullarápio et quadrilha gastaram bilhões do povo brasileiro, via BNDES, para emprestar aos outros “lullarapios” latino-americanos e africanos
      4 – Lullarápio et quadrilha destruíram por dentro, como cupins, toda a capacidade e seriedade do serviço público brasileiro, ocupando espaço com seus apaniguados, ignorantes e famintos de dinheiro, egressos da corrupta máquina sindical
      5 – Lullarápio et quadrilha envergonharam a diplomacia brasileira mundo afora, reduzindo o vetusto Itamaraty a ajudante de ordens do energúmeno Marco Aurélio Garcia
      6 – Lullarápio et quadrilha destruíram uma empresa gigante e sólida como a Petrobrás, transformando-a num lacaio da PDVSA de Chávez e Maduro, com sinistras negociatas e intenções
      7 – Lullarápio et quadrilha compraram por bilhões uma refinaria lata velha, Pasadena, no Texas, pra fazer dobradinha com o porto de Mariel, em Cuba, e encher os bolsos dos Castro e de Lullarápio também, pois é onde ele esconde sua enorme fortuna, a que ninguém tem acesso.
      8 – Lullarápio​ et quadrilha deram bilhões de reais às máfias educacionais deste País, que cresceram como nunca pilhando o País de dois lados: isenções fiscais e largo financiamento ao alunado, enquanto as universidades públicas, tomadas por hordas corporativo-ideologicas, definham e se desestruturam, para gaudio da Esquerda Vadia destruidora
      9 – Lullarápio et quadrilha acabaram com o BNDES e os fundos de pensão das estatais, financiando larga e generosamente as “campeãs nacionais” como essa vil e ladra JBS, que agora, confortávelmente instalada no resto do mundo, quer cagar na Pátria-Mae, como bons bandidos que são
      10 – Lullarápio et quadrilha serviram generosa refeição ao Cartório Financeiro, com os Brandões, Trabucos, Setúbal, Botins, e outros felizardos sugando bilhões em juros estratosféricos da dívida pública, que explodiu sob Lullarápio et quadrilha, malversadores impunes do dinheiro público
      Portanto, perto de Lullarápio et quadrilha, os Temer, Aécio, Malufs, Sarneys, viraram simples trombadinhas
      [21/5 13:55] repires49: Se os Temer, Aécios, Sarneys, Cunhas se atreveram e ultrapassaram os limites usuais da política nacional, foi porque Lullarápio et quadrilha criaram o caldo de cultura para levar a desfaçatez e corrupção dos políticos a níveis até então desconhecidos, tudo isso na ânsia patológica e psicopata de Lullarápio de manter o poder a qualquer custo, como é típico dos fascismos de esquerda e de direita..

      Curtir

  • Auro Moura Andrade disse:

    FALTA A LEI DE ABUSO DE AUTORIDADE!

    Curtir

  • MARCELINO MAGALHAES DE OLIVEIRA disse:

    Pois é Fernão.
    O modus operandi dos açougueiros Batista é comprar, pelo preço que for, as pessoas chave para suas jogadas bilionárias.
    Irão comprar a CVM, compraram procuradores da PGR de Brasília e parecem que compraram jornalistas da Globo e do Antagonista para fazerem campanha para derrubar o Temer.
    Só assim não serão punidos por órgão algum de fiscalização, nem pela justiça e também não sofrerão retaliação do governo…

    Curtir

  • gildo disse:

    Só uma pergunta:
    Para que haja escuta telefônica, gravações etc do presidente, nao haveria a necessidade de autorização do STF?
    houve?

    Curtir

  • Vai, com certeza vai, se não no banco da justiça brasileira, mas o será, com certeza, no julgamento que a história lhe fará no futuro. A pergunta que precisa ser feita e respondida é: Qual é o fator motivador que levou o Procurador Geral da República a ter esse açodado comportamento acusatório, que beira a ilegalidade, com relação aos dois beneficiários diretos do impeachment da senhora Dilma Rousseff? Sabendo-se isso tem-se resposta para todos os seus atos que,em conluio com o Ministro Edson Fachin, os chancelou. Salta aos olhos que toda a armação, meticulosamente montada para acusar e constranger ambos os denunciados, tinha por objetivo liquidar com suas respectivas reputações e carreiras políticas.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Janot vai para o banco dos réus? no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: