Matando bebezinhos…

4 de junho de 2016 § 16 Comentários

E o Eduardo Paes, o amigo do Lula que detesta “coisa de pobre”, de quem veio cada tostão que foi entregue a esses ladrões, onde é que está?

Cadê ele nessa matéria? Cadê ele nessas prisões?

E, quer saber, isso aí é pinto perto do que rouba a família Picciani, dona das pedreiras de onde veio cada pedra da Cidade Olímpica, dos acessos à Cidade Olímpica, da reforma geral do Rio de Janeiro não por acaso falido.

O pai é, ha quatro mandatos, presidente da Assembléia Legislativa do RJ, sabe lá o que é isso? Um filho era o secretário de Transportes do Eduardo Paes. O outro foi contratado pela Dilma como porteiro do impeachment, entregou o voto contra que vendeu e, mesmo assim, adivinhe: virou ministro do Esporte do Temer, ou seja, virou o dono oficial da Olimpiada.

O quiéquié esse Rio de Janeiro, gente? Cadê o juiz Moro? Cadê a Polícia Federal?

§ 16 Respostas para Matando bebezinhos…

  • Adoro seus comentários. É isso mesmo. Zaquie C Meredith, sociologa, psicoterapeuta.

    Curtir

  • NEIDE MARIA CANHEDO disse:

    Sim, sim, é preciso mais investigação…alguns estão ainda se dando bem…dá uma aflição, uma angústia…faz-nos sentir tão impotentes!!!!

    Curtir

  • O Rio de Janeiro compensa negativamente a admirável beleza e alegria do povo, com esse tipo de gente. Foi lá que o “Engenheiro” Brizola recomeçou com suas peripécias politicas após o exílio. É bom lembrar que o vice-governador, Darcy Ribeiro, , considerava favelas como solução e não problema. Não a toa acabou no Pinel.
    Nada surpreende, poderia ser até pior. O estado falido e só pensam e gastam para a Olimpíada como se fosse o nectar ao atendimento das urgentes exigências.
    Passadas as Olimpíadas virão os preparativos pro Carnaval. Viva o Rio!, e o promoter Eduardo Paes.

    Curtir

  • Juiz de Fora, 4 de junho de 2016.

    OBJETO: Uma notícia nacional/internacional digna de um

    “VESPEIRO”.

    No dia 31 de maio de 2015 (dia do aniversário dos 166 de Juiz de Fora) protocolei uma ‘DENUNCIA DE ABORTO DE INICIO DA CIVILIZAÇÃO DO 3º MILÊNIO’ (121 pgs) através do Gabinete do Senador CRISTOVAM BUARQUE, em Brasilia, pela sua chefe de gabinete OLÍMPIA, assim como para BIA BARBOSA, do Fórum Nacional da Democratização da Comunicação (FNDC).

    Onde denuncio os 55 Senadores e os 367 deputados federais que votaram a favor do IMPEACHMENT da presidenta Dilma Rousseff, assim como contra os 294 Deputados Federais que foram responsáveis pela derrubada dos ‘CONSELHOS POPULARES’ do Decreto nº 8243, de 23 Maio 2014 – INSTITUI A POLITICA NACIONAL DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL (PNPS), quando nos ESTADOS UNIDOS DA AMERICA (EUA) 146 Conselhos Populares foram responsáveis pela eleição de BARACK OBAMA a presidente da República.

    “Apoiante da iconoclastia:

    1 vândalo, indivíduo que se mostra hostil a princípios moralistas, indivíduo que não respeita tradições, indivíduo que destrói símbolos, indivíduo que destrói obras de arte, indivíduo que destrói monumentos, indivíduo que destrói imagens religiosas, indivíduo que ataca crenças enraizadas, indivíduo contra qualquer tipo de culto ou reverência, iconoclástico, indivíduo se opõe à veneração de imagens”.

    Isto em função principalmente das divulgações cotidianas do ‘TRIBUNAL INQUISITORIAL MIDIÁTICO MEDIEVAL’, expresso pelo ‘PIG’ (PARTIDO DA IMPRENSA GOLPISTA) e pelo “GAFE” (Globo-Abril-Folha-Estadão), um autentico ‘1º PODER ICONOCLASTA DO INICIO DE UMA NOVA CIVILIZAÇÃO’, destruindo a dinâmica de um processo civilizatório que vem sendo desenvolvido silenciosamente, discretamente (entenda-se respeitosamente) há mais de 95 anos no país, que a nível nacional/planetário vem subliminarmente substituindo aquilo que deveria estar sendo divulgado ostensivamente.

    Mas que as redes sociais (VESPEIRO e &) podem compensar na medida do Brasil acompanhar esta atípica ‘DENUNCIA’ protocolada no Senado Federal, pelo que proponho ao comando do ‘VESPEIRO/ASSDAK’ uma parceria cultural visando transformá-lo num emblemático canal de comunicação nacional/internacional, visando interromper estes crimes de lesa a pátria, lesa a natureza, de lesa a humanidade, a divindade e à evolução (CF, Arts. 205, 206, II e III, 215, 216 § 4º, 216-A, 221, 225, VI § 3º, 231 e 232);

    a partir da criação virtual (internet) do “FÓRUM BRAZILINDIO – Rexistência Cultural – Comunicação global”, o ‘P.O.V.O. BRAZILÍNDIO’ (P=Patrimonio; – O=Oral. – V=Verdade, – O=Objetiva BRAZILÍNDIA – novos brasileiros não contaminados pela corrupção e pela impunidade),

    antítese do ‘homem massa’ (brasileiro Macunaíma, com seu complexo de vira-lata), através da “ARTE QUÂNTICA”, expressando a sabedoria e a soberania popular BRAZILÍNDIA (novos brasileiros não contaminados pela corrupção e pela impunidade) dos escritores, poetas, professores, compositores, músicos, cantores, radialistas de todo Brazil, que participarão, sobretudo da INTERNET (nascimento interno do Interser) da implantação do

    “BRAZIL DA CULTURA PLANETÁRIA E DA CIVILIZAÇÃO DO 3º MILÊNIO”, expresso de maneira cultural e cibercultural – através sobretudo, dos “ARARAT – BRAZILÍNDIOS GUERREIROS DO ARCO ÍRIS – PROVEDOR DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO EUBIOSE MITO FUNDADOR DO BRAZIL REAL DO 5º SISTEMA BRAZILÍNDIO DE EVOLUÇÃO JURÍDICA DA CULTURA AQUARIANA PLANETÁRIA E DA CIVILIZAÇÃO DO 3º MILÊNIO – DE DOM PEDRO I A HENRIQUE JOSE DE SOUZA (JHS E A LUIS AUGUSTO WEBER SALVI (LAWS)”.

    Esta ‘DENUNCIA’ atípica se fundamenta em 23 anos de prática democrática com a Câmara e a Prefeitura Municipal da ‘JUIZ DE FORA DA LEI – PARQUE JURÁSSICO JURÍDICO’, desde o dia 24 de junho de 1993, quando protocolei o requerimento do projeto cultural do ‘FÓRUM PLANETÁRIO PERMANENTE (FPP-2005) na UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA, NA CÂMARA DE VEREADORES e na PREFEITURA MUNICIPAL DE JUIZ DE FORA, visando o debate dos 40 capítulos da AGENDA 21 e da CARTA DA TERRA.

    Hoje com a denominação de ‘FÓRUM BRAZILINDIO – Rexistência cultural – Comunicação global’. Nestes 23 anos vimos desenvolvendo textos sobre esta saga, que o Brazil merece conhecer, e que vai resultar na publicação dos nossos 32 livros.

    Os administradores políticos da cidade de Juiz de Fora (Prefeitos/Vereadores) infringem com extrema naturalidade (NORMOSE JURÍDICA) a atual Constituição Federal, em seu Art. 5º, XXXIV, “a”, LV, LXXVIII, Constituição do Estado de Minas Gerais, Art. 4º, 29, 73 § 1º, I, II, III, § 2º, I, II, III e V, 82, Lei nº 9784, de 29 de janeiro de 1999 (Processo administrativo do âmbito federal), Lei nº 14.184, de 31 de janeiro de 2002 (Processo administrativo no âmbito de MG), e diante de um requerimento (direito de petição) nunca promovendo a publicidade do pedido, muito menos formando o devido processo legal, o contraditório, a ampla defesa e a decisão motivada.

    Fugindo dos PRAZOS DO PROCESSO LEGAL, administrando sem aplicar a LEI DE OFÍCIO, conforme o guerreiro do DIREITO, Seabra Fagundes (Código Penal, Art. 319, Lei 8429, de 2/6/1992, Art. 11, II e IV, – Processo Administrativo no âmbito estadual – Lei nº 9784/99, – Lei nº 14.184/2002), não cumprindo o principio constitucional da “PUBLICIDADE” (CF, Art. 37),

    querendo funcionar anomicamente como um Judiciário sem o seu Código de Processo Civil, Direitos do Cidadão sem Código Civil, Direitos do Trabalhador sem CLT, circulação de automóveis sem Código de Trânsito, OAB sem Estatuto, Administração de Prefeitura sem Lei Orgânica do Município, Cristianismo sem Bíblia, Islamismo sem Alcorão, Hinduísmo sem o Baghavad Gita e Administração Pública Municipal, sem Direito Administrativo Municipal Brasileiro (LOMJF-I, Art. 37).

    Administrando um LEGISLATIVO FANTASMAGÓRICO’ sem aplicar a Resolução’ nº 1148, de 24 de Setembro de 2001 – CÓDIGO DE ÉTICA E DECORO PARLAMENTAR, Arts. 4º, I, “b”, “c”, V, “a”, “b”, “c”, “d”, “e”, VI, “a”, “b”, “c”, “d”, “e”, “f”, 7º, Art. 10, 11, 12, o Regimento Interno da Câmara – Resolução nº 1114, de 17 de Maio de 1999 – Art. 5º § 3º e 4º, Resolução nº 1270, de 18 dezembro de 2012, Art. 4º, 5º § 6º e 7º. Típico de uma roça grande, de uma visão provinciana.

    Negando-se sistematicamente a entrar no Século XX (o século XXI para eles é utópico), negando a aplicação da máxima do ilustre jurista SEABRA FAGUNDES – “Administrar é aplicar a LEI de ofício” (Código Penal, Art. 319, – Lei nº 8429, de 2/6/92, Art. 11, II e IV), ou seja, no contexto do DIREITO CIVIL, CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR, DIREITO PÚBLICO, DIREITO ADMINISTRATIVO BRASILEIRO, e do DIREITO ADMINISTRATIVO MUNICIPAL. Renitentemente e ostensivamente omitindo a aplicação da LEI em sua relação com o cidadão, em seu exercício de cidadania.

    Por isto VESPEIRO poderia criar no seu ‘SITE’ o repto de adesão dos quase um milhão de Advogadas/os inscritos nas 27 OABs do Estados da federação (26 + Distrito federal), assim como os BACHARÉIS (milhares) do país para opinarem sobre a questão, e assim construirmos unidos (AT NIAT NIATAT – Um por todos, todos por um – Um no todo, todos no um – NENHUM DE NÓS É TÃO BOM QUANTO TODOS NÓS JUNTOS) os fundamentos jurídicos, pedagógicos, culturais, filosóficos e mitológicos o seguinte SITE:

    DEMOCRACIA CULTURAL PURA
    PODER COORDENADOR

    A ADMINISTRAÇÃO DO PAÍS PELO
    PODER EXECUTIVO DA LEI

    TRIBUNAL CULTURAL DE ÉTICA
    CIDADANIA E COMUNICAÇÃO

    POR UM DIREITO DE RESPOSTA

    A INVERSÃO DA REALIDADE
    PSICOPÁTICO PROCESSO
    DE
    IMPEACHMENT !
    SOCIOPATOLOGIA POLÍTICA
    PSICOPATAS NO PODER ?
    CONSPIRAÇÃO CONTRA O ESTADO JURÍDICO
    DEMOCRÁTICO DE DIREITO
    INVERSÃO ANÍMICO-PSÍQUICO DA LEI

    Resumo do desafio:

    Como mobilizar “UM MILHÃO DE ADVOGADAS E DE ADVOGADOS DO BRASIL NUM TEMPO RECORDE DE ADESÃO”?

    “Administrar é aplicar a lei de ofício”
    (Seabra Fagundes).

    EUBIOSE
    A LEI EM 1º LUGAR

    NINGUÉM SE ESCUSA DE CUMPRIR A LEI ALEGANDO QUE NÃO A CONHECE
    (LICC, Art. 3º)

    O DESCONHECIMENTO DA LEI É INESCUSÁVEL
    (Código Penal, Art. 21)

    ERGA OMNES – A LEI VALE PARA TODOS

    DURA LEX SED LEX

    SUPORTA A LEI QUE FIZESTES

    A LEI NÃO ACODE OS QUE DORMEM

    A VERDADE DA LEI NÃO ESTÁ COM NENHUM DE NÓS
    MAS ENTRE NÓS

    SOMOSTODOSPARCEIROSDALEI

    CULTURA DO CONHECIMENTO E DO CUMPRIMENTO DA LEI

    QUEREMOS LEIS GOVERNANDO HOMENS
    NÃO HOMENS GOVERNANDO LEIS

    A ÚNICA LIBERDADE QUE PODEMOS ASPIRAR
    É A LIBERDADE DA LEI

    NÃO SE DEIXE CONFUNDIR PELAS SUPERFÍCIES,
    NAS PROFUNDEZAS TUDO SE TORNA LEI

    TODAS AS LEIS HUMANAS SE ALIMENTAM DA LEI DIVINA
    DEUS É A LEI E O LEGISLADOR DO UNIVERSO

    FORA DA LEI NÃO HÁ SALVAÇÃO

    CIDADANIA E SOBERANIA DA LEI

    LUTANDO PELO DEVER LEGAL

    SENTINELAS DO FOGO DA LEI

    COM O RIGOR QUE JULGARDES
    SEREIS JULGADOS

    “TODAS AS VEZES, Ó FILHO DE BHARATA, QUE DHARMA (A LEI JUSTA) DECLINA E QUE ADHARMA (O OPOSTO A DHARMA) SE LEVANTA, EU ME MANIFESTO PARA SALVAÇÃO DOS BONS E DESTRUIÇÃO DOS MAUS. PARA O RESTABELECIMENTO DA LEI, EU NASÇO EM CADA YUGA ”.
    (BHAGAVAD GITA, IV, 7,8).

    MILTON LEITE BANDEIRA
    Consultor 3º Setor Brazilíndio
    Defensor Direitos Humanos e Minorias étnicas
    Promotor Mobilizador Cultural
    Diretor Executivo da ASSDAK

    Curtir

    • Doutror, Milton Leite Bandeira

      Interessante seu libelo e mais ainda a referência a “mídia golpista”, normalmente paulista e séria. O senhor me parece petista ou próximo deles pelo fato de tanto se aproveitar da palavra “democracia”, normalmente como o PT para fins de interesses pessoal e ideológico,
      Estou mais preocupado com a situação sócio-econômico em que grande parte da sociedade se submete graças as sequelas do desgoverno irresponsável do PT deixando 12 milhões de desempregados e 60 milhões de inadimplentes, destroçando famílias.
      Enquanto nosso país não botar ordem na casa, no que acredito que fará, permitindo e começando com os desempregados voltarem a viver com dignidade, todo o demais fica pra depois. Quando “falta pão todos brigam e ninguém tem razão”.
      Menos mal o senhor não falou de movimento imperialista dos EUA pra ocupar o Brasil, tal e qual o “paradigma” Venezuelano, irmão fundador junto com o PT do Forum de São Paulo e a nova economia do Século XXI, que deu no que deu.

      Curtir

      • Com 70 anos nunca me filiei a qualquer ‘Partido’ (fragmentado, desfragmentado, despedaçado, dividido, fraccionado, subdividido, facção, quebrado). Podemos e devemos segmentar o melhor da Venezuela, EUA e dos países da America, sem nos afiliarmos e nenhum deles, porque é do DNA do ‘POVO BRAZILINDIO’ (PATRIMÔNIO ORALDA VERDADE OBJETIVA – novos brasileiros não contaminados pela corrupção e pela impunidade) é que nascerá as RESPOSTAS mais viáveis.

        Milton LB

        Curtir

    • Cobucci
      Complementando:
      “AD IMPOSSIBILIA NEMO TENEBUR”

      Curtir

  • Acima, vídeo mostrando um bom exemplo da administração pública na saúde no Rio de Janeiro. Vale a pena abrir e assistir.

    Curtir

  • O endereço do link copiado é esse. Desculpem.

    Curtir

  • Cris Dias de Souza disse:

    Exatamente ! Pergunto-me o mesmo! Onde estão todos?

    >

    Curtir

  • FLM, bom dia, acorde!
    Estes manozinhos matando bebes são de um primarismo a toda prova, porque não miram-se na “Turma do Bem” das grandes instituições de saúde deste nosso grandioso, abençoado e corrupto Brasil?
    g1.globo.com/sp/ribeirão-preto-franca/noticia/2016/o6/hospital-de-cancer-sera-auditado-apos-anunciar-fim-de-unidade-em-sp.html

    Curtir

    • Eduardo,
      Falta de repasse é criminosa em se tratando de unidade médica. Repassar pra quem não deve receber não ocorre. E ficam no jogo de ” não repassei porque não recebi”. E daí? E as dívidas não ocorrem do dia pra noite uma vez constar de orçamentos anuais, pelo menos. É desatenção, desrespeito e falta de responsabilidade do agente público encarregado. Tudo porque não acontece nada pra eles, só para os necessitados. Não será a auditoria que irá resolver. Ela deveria ser permanente e não depois de ocorrido o fato.
      Prevenção, não existe porque dá trabalho.

      Curtir

  • Dr Milton
    Permito lembrar as palavras latinas enviadas pelo Dr Eduardo Gonsales de Àvila:
    Ad impossibile nemo tenetur ( Ninguém é obrigado ao impossível)
    A propósito tenho temor de tudo que “envolva” índios, até no sentido histórico e ou figurado, nos nomes de partido ou grupos começando pelos próprios.
    Eles, conseguiram a façanha em destruir todo o arrozal plantado no Amapá, ocupam área imensa a tal da “raposa não sei do que, e como “petistas primitivos ou vice versa”, não fazem nada, não querem aprender e mamam no Estado.
    Nos EUA os índios dão concessão à exploração de casinos, como o Foxwoods em Connecticut.

    Curtir

  • VARLICE RAMOS disse:

    O que me impressiona é a insensibilidade dos irmãos em relação aos pobres que dependiam/dependem dos hospitais sob sua responsabilidade.
    Essa gente não se coloca no lugar do outro? Não tem solidariedade para com o próximo?
    Muito triste.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Matando bebezinhos… no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: