As ruas do PT

25 de fevereiro de 2015 § 20 Comentários

ciclo1Estou chegando da rua.

Tres ou quatro quilômetros em tres ou quatro horas. A aventura imprevisível de sempre.

As ruas do PT são a cara do PT.

Com o que já foi de todos retalhado, fatiado, loteado e “redistribuido” pelos critérios da segregação e do preconceito de classe a cidade que resulta do que São Paulo já foi é a cada dia menor para cada um dos seus cidadãos. Embora cada clientela com peso em qualquer tipo de cálculo eleitoreiro tenha um pedaço do antigo “espaço público” para chamar de seu, cada contribuinte e cada cidadão paulistano tem hoje apenas pedaços das ruas que já foram suas inteiras. Não é mais ele quem escolhe como e por onde quer andar por elas, respeitados os limites universalmente consagrados para preservar por igual os diretos individuais de todos, como acontecia quando vivíamos no limiar de um Estado de Direito.

ciclo7

Não vivemos mais. Agora cada brasileiro tem um direito só seu segundo a sua “raça” ou sub-raça, o seu gênero ou sub-gênero, a sua “classe” ou sub-classe social, e até o partido ao qual declare simpatia. E não é só modo de dizer. Vale casa paga pelo governo, terreno tomado do alheio, direito de barrar rua de hospital e, é claro, a prerrogativa de delinquir impunemente chancelada pelo novíssimo Supremo Tribunal Federal esse tipo de critério.

Governar, que ha quase meio século já foi sinônimo de “construir estradas”, hoje é tarefa reduzida a “pintar ruas” nas metrópoles tomadas pela doença petista. Fora com os urbanistas, fora com os engenheiros, fora com os “tatuzões” de furar tuneis de metro. Para os almoxarifados das “obras” da prefeitura de Fernando Haddad bastam pincéis e latas de tinta.

ciclo2

Cada via pública foi fatiada em “faixas” coloridas para ônibus, para ciclistas, para motociclistas, para pedestres, para automóveis, para automóveis de praça. Para o diabo!

O fato da cidade estruturalmente não comportar nada disso não importa a mínima. O PT nunca se dobra aos fatos como nos prova diariamente dona Dilma e a sua Petrobras. Nem que o Brasil inteiro afunde. Que dirá São Paulo!

Assim essas “faixas” todas correm, ora pela direita, ora pela esquerda, ora por cima, ora à margem do passeio público, ignorando obstáculos, subindo até pelas paredes, “ilhando” quilômetros seguidos de comércios e de empregos, anulando gerações inteiras de suor e trabalho e transformando a cidade num labirinto por onde todos se esgueiram apertados de faixa reservada em faixa reservada, de multa em multa, de radar em radar, de limite em limite de velocidade como num joguinho infernal.

ciclo5

Como desistiram de enfiar os trens por baixo da terra correndo por trilhos desimpedidos como é da natureza desses veículos, o jeito foi trazê-los para a superfície e atirá-los por cima dessa fábrica de loucos, com o requinte de autorizá-los a andar no dobro da velocidade dos demais “porque é preciso favorecer os pobres”. E aí estão eles com seus três, até quatro vagões, os rabos trancando os cruzamentos quando o sinal fecha lá na frente, raspando o seu carrinho como bólidos num desembesto de motoqueiros-gigantes fazendo o seu coração dar saltos e, diariamente, esmagando carros e pessoas em horrendas colisões de elfantes contra formigas.

Mas o mais doloroso, o que mais confrange quem usa as janelas que ha hoje para esse mundo que voa lá fora, é ver a crescente multidão dos imbecis lobotomizados que nossas universidades públicas aparelhadas despejam diariamente nas ruas olharem encantados para esse fatiamento da cidadania, para esse dividir para reinar, essa fórmula primária de socialização da corrupção, essa reedição piorada do velho corporativismo cotrareformista lusitano inventado para barrar a entrada da democracia na nossa eterna idade média, e chamar a tudo isso sincera e orgulhosamente  de “modernidade”.

Aí dá vontade de chorar! De pena do Brasil dos meus filhos!

ciclo8

Marcado:, , , , , , , , , , , , , ,

§ 20 Respostas para As ruas do PT

  • maisvalia disse:

    Perfeito. Exatamente o que penso.

    Curtir

  • Só na Paulista vão gastar R$ 17 milhões!, e piorar o trânsito porque vão diminuir o leito carroçável.

    É o PT mostrando eficiência no trânsito. As faixas da Marginal Pinheiros, ao lado do esgoto chamado Rio, são raríssimas as bikes, quem sabe lá se encontrando por ordem do Prefeito à mostra do uso. . Custo e benefício?!, só na cabeça do tal de Tato autor intelectual dessa cretinice.

    Devem ter contado sobre Amsterdã e ele acha que somos iguais até na topografia.

    Curtir

  • Carmen Leibovici disse:

    Calma.Vamos começar lembrando ,insistentemente, o senador José Serra de que queremos o voto distrital com recall para 2016.Se conseguirmos isso já será uma grande vitória,porque aí a gente vai discutir sobre ,somente, a área que mais nos interessa e resolvê-la e cada um discutirá sobre a sua.

    Fora isso, eu acho que temos que nos armar com a santa paciência de sempre ,pois existem imbecis que não entendem.E o Haddad é um deles,e como ele não vai ficar eternamente no posto,um dia melhora.

    Pense no Haddad como um obstáculo “saudável”.É,porque quanto mais irritante o obstáculo,maior a lição que extraimos para corrigir as nossas próprias irritações.

    Eu aprendi que,paradoxalmente,o meu maior inimigo é a minha maior benção.Se não fosse o “meu inimigo”,eu ainda seria um bebe mimado.O meu inimigo me ensinou a crescer,a superar minhas deficiências,a enxergar onde antes havia um “ponto cego”…

    Você transcenderá e o idiota ficará onde está para sempre ,porque é esse seu pequeno ,ridículo “universo”.

    Curtir

  • atrasdomurodeberlim disse:

    Identico a Venezuela

    Que tristeza.

    Os trabalhadores petroleiros usam roupa de trabalho vermelha, antes, essa cor de uniforme somente podia ser utilizada pelos bombeiros , como um codigo de identificacao.
    Agora virou simbolo de puxa saquismo e ignorancia.

    E …. Todo chavista que se preze tem uma jaqueta vermelha marca Tommy Hilffigger.

    Curtir

  • José Luiz de Sanctis disse:

    As ciclofaixas do maníaco estão custando R$ 650.000,00 o Km e ninguém fala nada? Cadê o MP, ou melhor, a polícia?

    Curtir

  • José Luiz de Sanctis disse:

    Completando: além de inúteis.

    Curtir

  • muy amigo disse:

    Calma pessoal, creio que tudo se resolvera quando colocarmos SEMÁFOROS nas ciclovias, com luzes diferentes, para a vida ser mais collorida, e para diferenciar-se das faixas de automóveis e das de pedestres,vermelho obviamente continuara siempre existindo, azul e a grande novidade preto, em neon, uma maravilha. Estou oferecendo esta maravilha, hiper faturadas em 60%. O ágio dividiremos com a patota. Dias melhores teremos.
    Hasta la Victória, siempre!

    Curtir

  • Esta ideia de pintar as ruas começou em Barretos. Todos os dias de festa as guias das ruas e os troncos das árvores são pintadas com Cal Branco. A cidade fica diferente, mas até agora, pelo que saiba, isto não levou a cidade a um estágio diferente, no período de Natal ascendemos luzezinhas nas arvores. Legal !

    Curtir

  • muy amigo disse:

    Empresa idônea oferece botes e barcos aos paulistanos para enfrentarem as enchentes, hiper faturados em 60 %, ágio dividiremos entre “nuestros buenos amigos”.
    Hasta la victória, siempre !

    Curtir

  • Haddad superou a Erundina em matéria de má gestão. Ela pelo menos foi clara, quando questionada sobre os buracos nas ruas, dizendo que priorizava a periferia em detrimento das ” zelites” (sic Cachaceiro).

    O atual não sabe o que fazer. Não tem preparo nem visão à administrar uma cidade como São Paulo. Não é só administrar o cotidiano que nem isso ele sabe fazer graças a microcefalia do petismo. São Paulo exige visão maior tal qual à uma cidade estado a mais importante, maior, mais rica, com as melhores universidade da América latina Isso não é pra cabeça de petista.

    O que lhes falta em matéria de visão sobra em corrupção.

    Está tão perdido quanto a Dilma, que tudo indica estar no começo do fim do mandato, enquanto o nosso prefeito vai capengando e nós pagando pela mediocridade

    Mais um a ser lembrado por aqui no dia 15/3.

    Curtir

  • genesio teles disse:

    VERGONHA

    Curtir

  • Gustavo Goncalves (Silvestre) disse:

    A essencia da mentalidade revolucionaria e’ fragmentar a sociedade entre classes e instiga-los ‘a luta. As classes mais conhecidas sao: donos de terras x trabalhador rural ; industrial x operario. Me parece que o Foro de S. Paulo tem explorado novas formas de lutas de classe, tais como gays x heteros ; abortistas x nao-abortistas ; ateistas x cristaos e, finalmente: donos de carros x ciclistas.

    Nao e’ a toa que existe o termo “cicloativismo”. Eu mesmo ja trabalhei na industria automobilistica e – como qualquer um que tenha trabalhado – o aumento do numero de carros nao significa num aumento de poluicao nas grandes cidades.

    Quem se lembrar, no inicio dos anos 1990, os ambietalistas apostavam que no futuro do mundo haveriam as chuvas acidas e toneladas de lixo eletronico sem ter o que fazer. Isso estava em toda parte. Era ECO92 para os adultos e Capitao Planeta para as criancas. Mas nem um e nem outro aconteceu.

    Na verdade o que polui mais sao os veiculos a diesel. Estes veiculos demandam constante manutencao, e existe toda uma especializacao que deve ser feita na bomba injetora. Nao quero entrar em detalhes, mas a coisa tem que ter precisao matematica, coisa quase de engenheiro mesmo. Imagine ensinar isto para um bombista que veio do interior do Rio Grande do Norte? Acredite se quiser, mas e’ possivel.

    Estes sao os veiculos que soltam fumaca negra – e assassina – nas grandes cidades. A policia nao dispoe de opacimetro para fazer a fiscalizacao devida. A multa, quando aplicada, e’ rapidamente contestada porque o policial mede a fumaca pelo olho.

    Atualmente a maior frota que existe em SP de veiculos a diesel sao os onibus da prefeitura. Entre tantos esquemas em que o PT esta arrolado com o transporte publico, me parece que nosso querido prefeito Fernando Malddad ainda esta muito distante de tomar alguma atitude contra seus amigos cumpadres.

    Curtir

  • Eduardo,
    Bem abordado, é isso e mais alguma coisa da cabeça desses “croquetes” (entendido como aquilo produzido com os restos, sobras) petistas.

    Desde quando um ex-presidente poderia considerar de “luta” entre nós e eles. Incita ao invés de acalmar e atiça ao invasor Stédile dizer que vamos as ruas, etc etc.

    Dessa forma estamos caminhando á um confronto que se sabe como começa mas não se sabe como pode acabar.

    Curtir

  • Cobbuci
    Como é difícil construir uma Democracia. Se ao menos o BNDES emprestasse uma verbinha !

    Curtir

  • Eduardo,
    Emprestar eles emprestam, desde que vc dê um óbulo as obras assistenciais, normalmente entre 3 e 5%.

    Atendendo todas as leis universais e até fora do universo, todo trabalho precisa ser remunerado. Se não, é escravatura.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento As ruas do PT no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: