Comparando Brasil x EUA

25 de fevereiro de 2015 § 10 Comentários

Vídeo enviado por Carlo Vallarino Gancia

§ 10 Respostas para Comparando Brasil x EUA

  • Carmen Leibovici disse:

    O que me assusta é que o atual governo do PT não só que piorar isso mas desmontar a estrutura que ainda garante esse tão pouco.Eu não consigo entender o porquê dessa corja querer desmontar o Brasil assim como a Venezuela foi desmontada e a Argentina está sendo e também Equador e etc.
    Além de desmontar,eles estão tentando criar infelicidade para um povo de natureza alegre e feliz.
    Eu não consigo entender o que vai na mente desses “seres humanos”.É de um obscurantismo que não tem explicação…

    Curtir

    • Você diz que não entende, Carmen? Bem, não se trata de um processo misterioso. Consiste apenas no POPULISMO com fins eleitorais, com tanto mais sucesso quanto maior for a disponibilidade econômica do período em que ele se instala no país. Nosso patrimonialismo enfermiço serviu de leito para o maior espetáculo de arregimentação de grupos sociais em torno de um partido. Todo populismo é ECONOMICIDA, em qualquer época e em qualquer bandeira, seja de direita ou esquerda, pois cedo ou tarde a acomodação de amplos contingentes em empresas estatais, senão diretamente no aparelho de governo, termina em escassez crônica e inflação. O Brasil deveria reler a maior denúncia já feita contra o populismo de 64, e verificar como a história se repete….. http://carlosupozzobon.blogspot.com.br/2011/12/o-pais-dos-coitadinhos.html

      Curtir

      • Carmen Leibovici disse:

        Pois é…mas apesar desse passado,mais uma vez insistindo em se materializar no presente com toda a sua força maligna,apesar disso,eu acho que o Brasil pode ter um futuro diferente ,assim como tem um presente bom,apesar de tudo e de todas as limitações.
        Os imigrantes que sempre vieram vindo e que aqui construiram suas vidas,que o digam.
        O Brasil é um país querido por todos;brasileiros e não brasileiros.
        Essa desgraça do PT esperançosamente vai passar ,e eu espero que numa era de rápida , intensa e abrangente comunicação como a que vivemos,os paradigmas que temos do passado poderão ser quebrados em direção a algo novo e próprio desse povo brasileiro.

        Espero que sim…

        Curtir

    • CARMEN LEIBOVICI – O Poder enlouquece… e o Poder Absoluto enlouquece absolutamente… em breve, Boko Moko Haram em versão brazuca! Deus nos ajude…

      Curtir

  • Infelizmente não tem mais jeito. Teriamos que reinventar o País todo.

    Curtir

  • CECILIA THOMPSON disse:

    E O LIVRO que estuda as origens dessas diferenças? FERNÃO, tem de publicar o livro! É mais que hora…

    Curtir

  • Gustavo Goncalves (Silvestre) disse:

    Ja vi este video e e’ bem deprimente. Saudades dos EUA. A Florida e’ tudo de bom.

    Curtir

  • Helena Maria de Souza disse:

    Prezada Carmem, não sei sua idade, mas a geracão que hoje beira os 60 anos no Brasil, cresceu e amdureceu (ou não) politicamente durante os governos militares. Tudo que se refere à aquele período foi tachado de ruim ou péssimo. Aprendemos a odiar os EUA, e como era a época da Guerra Fria, que a maioria de nós nem de nossos pais, sabia bem o que siginificava, o regime soviético (muito distante) materializado em Cuba, significava a liberdade, a igualdade, a correcão dos rumos e dos erros do Criador da humanidade. Havia pobreza no mundo, o socialismo resolveria. Com ele todas as pessoas seriam iguais economicamente, todas receberiam a mesma educacão e saúde, e de quebra acabaríamos com todos os ricos, os responsáveis por TODO O MAL DA TERRA. Muito tentador. Enquanto os governos militares, confrontavam os jovens esquerdistas – pertencentes a diversas facões comunistas – espalhadas pelo páis, e construiam a infraestrutura que temos hoje (portos, rodovias, hidrelétricas entre outras) eincluáiam massissamente estudantes na rede públiica através da Lei 5.692 de 1971, as esquerdas ocipando os espacos da educacão e da cultura, disseminavam Gramnsci, o comunista italiano assassinado por Mussoline em 1936, e que preconizava a “revolucão comunista” não mais através de golpes de Estado, ou da vuolência como fora em 1917, na Rússia. Gramsci, ensinou que a revolucão deveria ser feita tomando os “coracões e mentes” das populacões. Por aqui , como disse o cantor/compositor Lobão, era uma total esquizofrenia. Segundo ele que estudou em colégio católico da classe média carioca, na década de 1970, tiham aulas de OSPB, e ao mesmo tempo discutiam as composicões dos autores de esquerda, representados pelo chicop Buarque. Ninguém nos disse, que os terroristas ou guerrilheios ( a escolha e sua) tão jovens como nós, não lutavam contra a ditadura por uma Democracia, mas porque pretendiam impor aqui uma ditadura como a cubana. Ou seja ditaduras, só servuiam sem fossem patrocinadas pelas esquerdas. Ninguém nos disse – e talvez não estivéssemos prontos para saber – que Che Guevara, foi assassinado pelo comunistas bolivianos, porque pelos acordos da Guerra Fria, a URSS, não aceitaria outra Cuba na Améria Latina e os EUA não mexeria em e com Cuba, o que ajudou a fortalecer o mito de indestrutível à ilha. Desculpe-me, mas isto não tem nada a ver com o PT. Antecede a ele. Histo é HIstória, E é Ideologia. Os comunistas, continuam acreditando (tem todos o direito) de que o mundo está todo errado, e que Marx, (um burgês, vagabudno, sustentado por Engels), pensou e tracou o mundo ideal perfeito onde não haverá pobres X ricos e o ESTADO controlará tudo, tomará conta de tudo, ordenará tudo, produzirá tudo. Não disse que não haverá LIBERDADEINDIVIDUAL, porque o indivíduo não conta. É uma categora que deve ser destruída, abominada, destruida. o que conta é o COLETIVO. OS comunistas e esquerdistas contiunaum acreditando e defendendo isto, apesar da História contabilizar 200 milhões de assassinados, por onde o regime foi instaurado, por não quererem aceitar o paraíso. Por aqui, o PT nunca se apresentou como comunista, embora os símbolos (a cor vermelha) e a ê nfase nos trabalhadores apontasse para isto desde sua fundacão. A maioria dos jovens estudantes de classe média e universitários, dos pobres doutrinados pela Igreja Católica Progressita, através das Comunidades Eclesiais de Base, dos sindicalizados sempre lutando por melhores salários e melhores condicões de trabalho nem perceberam isto. Tudo parecia tão lógico, tão natural. Ninguém, se deu conta de que os dirigentes sindicais não trabalhavam e eram “donos” dos seus sindicatos, que poucos desejavam um apefeicoamento profissional e que as categiras sempre em greve eram a de funcionários publicos, amparado pelas leis de estabilidade. Danaram-se os usuários daqueles servicos. Saúde e educacão desceram ladeira abaixo, já que seus “profissionais” estavam, em constante luta para melhorar suas p’roproas vidas.
    Dirante os 23 anos do PT (antes de chegar ao Poder), os ouvi, li, e vi dizeram que a questão do salário mínimo no brasil era uma questãó de vontade política, ou seja, não era alterada porque “não queriam”. Desde 1964, existe um órgão que pesquisa os precos de tudo o que é necessário para se viver. O DIEESE (você deve conhecer), mantido por sindicatos e sindicalistas apresenta todo comeco de janeiro, o valor do mínimo necessário para uma família de 4 pessoas viver com dignidade.
    Para 2015, o valor deveria ser R$ 3.079,31, mas a presidente do partido dos trablhaores há 12 anos no Poder, cravou R$ 788,00, ou seja 1/4 do que “sugere” o DIESSE. E os sindicalistas (?) aplaudem”, fazem coro e repetem o mantra do “nove dedos”, dizendo que “nunca antes na história deste país, os trbalhadores ganharam tão bem…” E agora? Descilpe-me, mas arrisco um palpite. A corja a que voc6e se refere, pretende desmontar o Brasil, porque só assim pode controlar o que restou das nossas riqueas. Um país onde existem cidadãos independentes do Estado e dos governos (como são os EUA) respnsáveis, e cientes de que tem que manter seus políticos sob rédeas curtas, isto jamais aconteceria. daí porque esses paises de m como Cuba, Veneziela, Bolívia, ao invés de investirem no crescimento do país, vivem de atacar os States. É preciso continuar odiando os norte-americanos, para não conseguir ver o fracasso da nossa po;ícia econômica, da nossa sociedade. Enfim…. Acredito que não ha nada misterioso nisto tudo. O que há é um metódico passp a passo dos esquerdistas para dominar o Estado brasileiro. Afinal eles detestam trabalhar, e adoram uma boquinha em todos e quaisquer governos. Para o povão não perceber (até porque a baixa qualidade da educacão não permite entender nadica de nada) bolsas mis, como se o Estado governo e governantes fosem fontes de inegotáveis recusros. Ah! e o que é o mais grave. O povão acredita que estes governos irresponsáveis são os que “amam o povão” porque lhes dá tudo.
    Este vídeo tem que ser divulgado é aqui. entre nós, brasileiros. Até porque mudancas quando houver, deverão comecar por aqui. Com a retomada da consciência. como????? Não tenho a menor idéia. Mas espero que um dia aconteca.

    Curtir

  • Carmen Leibovici disse:

    Oi Helena!Desculpe,só agora vi seu comentário.
    A minha experiência de vida é diferente da sua.Eu também vivi na época ditadura mas a perspectiva da minha família era outra.
    Meus pais fugiram de um regime comunista na Romenia e chegaram no Brasil em 1952 e o que eles queriam era trabalhar e dar educação para as duas filhas que nasceram dps,eu e minha irmã.
    Meus pais ,pelo contrário,não odiavam os Estados Unidos;eles gostavam dos Estados Unidos e de como esse pais progredia.Eu tinha é muito medo dos “comunistas”.Meu pai sempre pedia para nós nos mantermos afastadas e eu nunca me envolvi com nada ligado a esses movimentos.
    Eu sei por experiência familiar ,e portanto própria, que todas essas ideologias como comunismo,nazismo e etc.são ,como eu disse noutro dia,bla bla bla de ladrão .Meus pais foram roubados e maltratados pelos nazistas e pelos comunistas.Essa gente não presta.
    O Lula é um usurpador.
    Marx,como você menciona,talvez tenha sido sincero em sua teoria.Em Israel tentou-se implantar com sinceridade essa ideologia através dos “kibbutzim”que existem até hoje mas que estão em processo de “privatização”porque as pessoas concluiram que preferem viver desamarradas.
    Viver livre é a melhor coisa do mundo.
    O Brasil só precisa da sorte de ter lideranças mais altruistas que proporcionem ao povo,através das instituições, os benefícios que elas são eleitas para proporcionar e zelar por.
    O Fernão também tem razão quando diz que ninguém dá,a gente tem de cobrar mas para cobrar nós precisamos de plena liberdade ,que é pelo que estamos lutando neste momento crucial do Brasil ,e, ,esperançosamente,venceremos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Comparando Brasil x EUA no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: