Só para os meus amigos imbecis

16 de dezembro de 2022 § 7 Comentários

Trecho da minha participação no programa Pingos nos is de 15/12/2022

§ 7 Respostas para Só para os meus amigos imbecis

  • Bom dia Fernão! JORNALISTA Fernão, com todo o valor e responsabilidade que essa profissão implica! Sua fala ontem no Pingo nos I’s me trouxe um certo alento sob dois aspectos. O primeiro refere-se a um sentimento de exclusão: seria só eu, na camada da população de conhecimento e inteligência medianos, que tenho amigos, parentes e colegas de trabalho que endossaram e apoiaram essa insensatez de colocar criminosos no comando do país? Fiquei consolado em saber que as mentes mais brilhantes do país, como é o seu caso, também tem imbecis ao seu lado. O segundo aspecto é ouvir de você uma sensata resposta a esses irresponsáveis que estão ao nosso redor! Obrigado por sua coragem e resistência nessa guerra absolutamente desigual, onde estamos órfãos de instituições!

    Curtido por 1 pessoa

  • eloimaz disse:

    <

    div style=”display: block;” class=””>

    <

    div style=”-webkit-user-select: all; -webkit-user-drag: element; display: inline-block;” class=”apple-rich-link” draggable=”true” role=”link” data-url=”https://raw.githack.com/JohnRobson/Eleicoes2022/main/relatorio_eleicoes.html?s=08″><tab

    Curtir

  • Rubi Germano Rodrigues disse:

    Dia desses escrevi: “A esquerda desde muito perdeu argumentos capazes de superar os fracassos de gestão onde a sua receita foi aplicada. Nessas condições apenas a via da criminalidade pode lhe conceder acesso ao poder. Quem ainda pensa estar enfrentando um partido político regular de uma democracia é de fato um mané. O Brasil está sendo assaltado pelo crime organizado que está usando o PT, um partido moribundo, como fachada legitimadoras. Queriam o que? Que o crime organizado se apresentasse com Comando Vermelho, PCC, CCP ou Comando do Norte? Não se defende aqui agir fora das leis, mas identificar corretamente o adversário. A lei brasileira tem recursos suficientes para lidar com o crime organizado. O estamento militar, a quem cabe enfrentar as guerras, jamais será perdoado se permitir que o crime organizado tome conta do país.” Hoje acrescento: Se o crime organizado já não dominasse as instituições, não teria conseguido instalar um criminoso na chefia. Agora é oficial. Quem não tiver expertise na área, que se cuide. O Brasil luso se perdeu, em poucos anos o seu território será fatiado. Só então, os imbecis brasileiros, amigos ou não, se darão conta.

    Curtir

  • cmchorta disse:

    Caro Fernão,

    Obrigada por aliviar um pouco esse peso na minha consciência, provocando até mesmo uma boa risada… Imagine que escolhi a dedo o colégio Marista para colocar meus filhos, e não me dei conta do que estavam assimilando. Ocupava-me em providenciar seu sustento e sua saúde… Nem vou comentar o voto deles… Eu tive um pai que me colocou nas mãos livros de autores como Cherteston e companhia. Ele era um funcionário do Banco do Brasil e sindicalista, católico e muito estudioso, tendo sido transferido para o Banco Central quando foi criado. Estudando no colégio Estadual em Belo Horizonte, fiquei muito tentada a incorporar a turma dos ‘subversivos’. Conversando com meu pai, ele me contou como aconteciam as reuniões no sindicato, quando queriam aprovar greves ou manifestações. Apenas os ‘subversivos’ eram avisados que haveria uma votação. Assim, com o comparecimento em massa dos funcionários, a reunião era propositadamente alongada. Cansados e pensando na família que os esperavam em casa, os funcionários iam saindo da reunião. Quando o ambiente estava propício para a aprovação das medidas ‘subversivas’, estas eram então colocadas em votação. Assim, comecei a frequentar no colégio estas reuniões e comecei a entender o princípio do ‘o fim justifica os meios’. Desnecessário esclarecer que foi o suficiente para que eu abandonasse completamente a ideia de ‘viver’ a ‘revolução socialista’. A maioria dos estudantes que iam às passeatas não tinha ideia do que estavam realmente apoiando. Vieram as lutas armadas, os sequestros, os roubos a banco. Perdi muitos colegas: presos, torturados, desaparecidos. Outros sobreviveram e mudaram totalmente de opinião, depois de passar por exílio. Os sobreviventes que hoje ainda militam são pessoas de quem desconfio (dedos duros???…)… Enfim: tudo isso para confessar que sou responsável pelo comportamento de meus “parentes”… e merecedora das desgraças atuais e vindouras…

    Curtido por 1 pessoa

  • zerafaeldamico disse:

    FERNÃO, O VÉIO DE CAMPINAS ESTÁ SALVO NA TUA LISTA . grato.

    Curtir

  • ApCyrino disse:

    O leitor ELOIMAZ postou este link, que ficou difícil de usar. Como consegui acessar e recomendo MUITO a leitura, estou copiando aqui o link, para quem desejar entender melhor o que se passou nestas Fraudes-2022. https://raw.githack.com/JohnRobson/Eleicoes2022/main/relatorio_eleicoes.html?s=08

    Curtir

  • ApCyrino disse:

    Brilhante depoimento – análise – alerta – exortação, a respeito do qual deveriam refletir muito, não apenas os “amigos imbecís”, mas também aqueles investidos de deveres e poderes para reverter de última hora o estelionato praticado contra a Nação.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

O que é isso?

Você está lendo no momento Só para os meus amigos imbecis no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: