26 de fevereiro de 2020 § 12 Comentários

O último presidente que saiu pedindo que o povo se manifestasse a seu favor foi o Collor. Bolsonaro perdeu mais uma extraordinária oportunidade de ficar quieto…

§ 12 Respostas para

  • Alexandre disse:

    O Bolsonaro não está à altura do cargo, muito menos à altura das circunstâncias. Mas era melhor do que a alternativa que se apresentava no segundo turno.

    Curtir

  • Jose Simoes Neto disse:

    A economia real, desde os empregos para a população até o justo retorno para capitais não merecem uma paralização, mas se o risco que se anuncia é o de um neo-bolivarianismo avenezuelado, vamos “inpinchar”

    Curtir

    • LSB disse:

      Caro José,

      Há momentos para a paz e há momentos da guerra…
      Quem preferir a paz sob quaisquer circunstâncias; quem nunca optar pela briga; quem preferir calar, recuar ou aceitar diante de todas exigências para evitar a “guerra” somente estará fomentando o mal, o malfeitor, o tirano…
      Os cafajestes, os vigaristas, os pilantras, os malfeitores, os safados, os manipuladores, os sem caráter SEMPRE usarão a boa vontade, a paciência, a disposição ao diálogo como “arma” para dominar os “pacíficos”…
      O cúmulo do bem é o mal…

      Não acho que a primeira providência deve ser a “guerra” ou a “briga”, mas abdicar destas atitudes incondicionalmente é só aplainar o terreno para os “dominadores” sem escrúpulos dominarem…

      Tudo tem um limite e uma sociedade que não “traça” o limite que não deve ser ultrapassado (sob pena de “guerra”) somente estará cavando sua própria sepultura…

      Alguém já disse que o “mal somente prospera quando o bem se cala” como também alguém já disse que se “queres a paz, prepara-te para a guerra”…

      Imaginar que sempre há uma saída pelo diálogo é ser somente inocente…
      Prego o diálogo, mas tenho consciência que, NO LIMITE, tal disposição só faz o jogo “do inimigo”… a história está cheia desses exemplos de “síndrome de Chamberlain” (Churchill que o diga…)

      No mais, digo duas coisas:

      Se se quisesse mudar o Brasil rapidamente, bastaria um “locaute” por uns 2 meses… (mas, no caso, os empresários teriam que assumir tal risco…)

      Segundo, se houver um “impeachment”, aí sim afundamos de vez (com risco de cair em uma ditadura)…

      Abs
      LSB

      PS: Deixo duas reflexões da brilhante Ayn Rand expressadas no longo e famoso discurso de John Galt:

      ““O homem que se recusa a julgar, que nem concorda nem discorda, que afirma não haver absolutos e acredita desse modo se esquivar das responsabilidades – esse homem é responsável por todo o sangue que está sendo derramado agora no mundo.”

      “Há dois lados em toda questão: um está certo e o outro, errado, mas o meio é sempre mau. O homem que está errado ainda guarda algum respeito com a verdade, mesmo que apenas por assumir a responsabilidade de escolha. Mas o homem do meio é o calhorda que silencia a verdade para fingir que não há escolha nem valores, que está disposto a escapulir de todas as batalhas, a lucrar com o sangue dos inocentes ou a rastejar perante os culpados, que faz justiça condenando à prisão tanto o ladrão quanto a vítima, que resolve os conflitos obrigando o sábio e o insensato a encontrarem uma solução intermediária que agrade a ambos. Qualquer transigência entre a comida e o veneno só pode representar uma vitória para a morte. Qualquer transigência entre o bem e o mal só pode ser favorável ao mal. É como na transfusão de sangue que tira do bem para abastecer o mal: aquele que transige faz o papel de tubo de transfusão”.

      Curtir

  • Marcos Andrade Moraes disse:

    Vc votou nele e agora o trata como um bocó, mas ele não é. É amigo de miliciano querendo ser ditador.

    MAM

    Curtir

  • Ruy Augusto disse:

    Não há evidências de que o presidente tenha “pedido” para o povo se manifestar. Assim como jornalistas militantes, não vamos distorcer as palavras ou o contexto. Muitas vezes o presidente diz” pode ser” e os jornais publicam que ele afirmou.
    É nessa atual presidência que se está chamando cada ente da federação às suas responsabilidades. Tanto o Legislativo, o Judiciário assim como o próprio Executivo.

    Curtir

    • marina alves dos santos disse:

      Sim, não há evidências, o que é evidente é a má vontade com as causas que interessam aos brasileiros (povo). Aí, o Heleno e o, Bolsonaro, digamos a verdade reclamaram e parece que os apoiadores do presidente vão às ruas “legitimamente” no meu entendimento.. Eu mesma, se não fosse a idade avançada iria apoiar o andamento das Reformas que o Brasil precisa e que outros não fizeram.

      Curtir

  • carmen leibovici disse:

    Eu acho incrível como tem gente,inclusive jornalistas,que não conseguem pensar de forma isenta e entram nesse nós contra eles”.
    Não é questão de direita ou esquerda,é questão que Bolsonaro não pode fazer isso.
    Eu acho que não tínhamos alternativa entre PT e esse cara,mas,no meu modo de ver,ele está se saindo ” um retardado”,perigoso,diga se de passagem.
    No Guarujá,de acordo com os vídeos dele próprio,o povo não estava muito entusiasmados com o ” mito”,mas ele está forçando a barra…
    E esse “nós contra eles” tbm pode ser uma cortina de fumaça para tirar a atenção do que esse governo NÃO está fazendo.
    E ,por incrível que pareça,tem uma turminha da elite que está louca por uma ditadura militar.
    É gente que está olhando para seus próprios interesses,eventualmente escusos,que está apoiando isso.Parece.

    Curtir

  • carmen leibovici disse:

    Parece piegas dizer isso,mas enquanto não houver solidariedade entre as pessoas,nada vai mudar.Tem gente gananciosa demais.Eu não gosto disso.

    Curtir

  • 46rico disse:

    Até te achava inteligente antes do atual governo assumir. Parece que vc assumiu uma atitude completa de “isentão” após a população ter escolhido, nas urnas, quem direcionasse uma quase “revolução” de forma de governar.
    Fico em dúvidas do que vc desejava realmente isto. Antigamente demonstrava ser favorável a uma mudança até radical com implementação de voto distrital. Agora que uma mudança (pode não ser a ideal mas é uma mudança) vem sendo implementada vc se abstém e passa a criticar qualquer atitude do governo. Até as boas.
    É evidente que a esquerda nunca deixará as mudanças serem implementadas. Sempre procurará qualquer deslize do governo para tentar emperrar as mesmas e… com suas atitudes de isentão crítico vc faz certinho o trabalho deles.
    Parabéns! Vc pode até pedir uma carteirinha de auxiliar reserva da esquerda que quando eles voltarem ao governo vc ficará bem na foto.
    Por estas que, ao achar que sua agenda mais parece de anarquismo, passo a não mais ler o que escreves. Em nada tem me acrescentado. muito pelo contrário… tem me feito mal por discordar quase sempre.
    O atual Congresso tentando de todas as formas “emparedar” o Executivo e vc preocupado com videos repassados em midias sociais privadas e expostas por jornalistas de total viés de esquerda.
    Das duas uma… ou vc tem um viés de esquerda e apoia reservadamente emperrar o atual governo ou… pior ainda… é um iludido que acredita que agindo de forma “civilizada” e “moderada” e “conciliadora” os esquerdopatas e os corruptos do Centrão vão agir pensando no país como um todo.
    Espero que vc tome um rumo melhor. Não acompanharei para ver… mas espero.
    Valeu pelo que expunha até 2018, pois a partir dali perdeste o rumo.
    Felicidades.

    Curtir

    • LSB disse:

      Palavras duras, caro 46rico…

      O senhor levanta duas hipóteses para explicar as críticas expostas pelo Fernão (1 – viés de esquerda; e 2 – inocência acerca da luta política).
      Não sou advogado do Fernão nem tenho qualquer certeza sobre o que passa em sua cabeça, porém vou levantar uma terceira hipótese mais, digamos, favorável ao próprio.

      Não se trataria de viés de esquerda e nem inocência, mas sim um “alerta” ao Bolsonaro por estar, de certa forma, fazendo o “jogo da esquerda”.

      Em um post seguinte, Fernão expressou-se da seguinte forma:

      “Bolsonaro tem muito mais de Burraldo que de Maquiavel. E seus detratores muito mais de Maquiavel que de Burraldo”

      Ou seja, conforme as próprias palavras de Fernão, maquiavélicos são (seriam) exatamente os detratores do presidente!

      E este seria menos “Maquiavel” e mais “Burraldo” mesmo.
      Por que “Burraldo”?
      Por ele próprio (Bolsonaro) acabar “dando motivo”, “levantando a bola”, “facilitando a vida” dos seus detratores!

      Dá até para – um tanto quanto paranoicamente – dizer que Bolsonaro é agente da esquerda infiltrado para… acabar / queimar o filme dos conservadores e dos liberais para pavimentar a volta da esquerda…

      Enfim, penso que as críticas a Bolsonaro não se resumem a “vieses ocultos” ou “isentopatia com inocentite crônica”… pode ser apenas um “alerta” de que o próprio Bolsonaro está “jogando o jogo” de forma “imatura” ou “inocente”…

      Abs
      LSB

      Curtir

      • LSB disse:

        A propósito, a própria “figura / gravura / imagem” que o Fernão utilizou para ilustrar os 3 posts (o homem com a mão na cabeça) reforça minha hipótese…

        Abs
        LSB

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: