O resumo do Brasil

4 de abril de 2017 § 12 Comentários

O resumo do drama brasileiro é esse aí. Na previdência publica x privada, então, a “boca de jacaré” absolutamente se escancara.

A instabilidade política é especialmente fabricada para impedir que isso mude.

O Brasil está sendo assassinado pra que uns poucos milhões de marajás não tenham de devolver o que nos roubam por dentro da lei.

O resto é mentira.

Marcado:, ,

§ 12 Respostas para O resumo do Brasil

  • ecadette disse:

    Muito bom
    Edson Cadette

    Sent from my iPhone

    Curtir

  • jeanmorgado disse:

    BINGO, matematicamente nao é possivel que uns poucos milhoes de trabalhadores,empresarios e consumidores entreguem todos os anos 45% do que conseguem ganhar para sustentar essa maquina estatal , onde ha décadas milhoes de funicionarios publicos que nunca pagaram nem produziram nada, tem salarios vitalicios, filhas de desembargadores mortos há 30 anos continuem ganhando 30 mil reais por mes, enquanto a casta politica se enriquece e se perpetua no poder atraves de seus filhos, netos, bisnetos….. o que estão fazendo é dividir o BRasil em 2 classes: 10% de marajás bilionarios e 90% de proletarios comendo as migalhas que caem da mesa dos dominadores, a Venezuela é só um aperitivo perto da brutal destruiçao economica e social que essa mafia de 4 partidos + o crime organizado estão provocando no nosso pais.

    Curtir

  • Favor cancelar a remessa a este subscritor, em virtude de falecimento em 13-1-2017. Obrigada

    Jayme Copstein

    jc1928@gmail.com

    Curtir

  • #FatorSYN! disse:

    #CambiaBrasil não há mais ¨tetas¨ para alimentar aqueles que não geram a verdadeira e possível distribuição de nossas riquezas #NaoSouPalhaço

    Curtir

  • carmen leibovici disse:

    No Brasil,praticamente os únicos cidadãos que “estão bem de vida”,tranquilos com a vida,são os funcionários públicos.nem se diga os marajas do setor publico.não que eles não devam estar bem-devem!,mas não em detrimento,e nas costas,dos demais brasileiros,que andam se esgoelando para sobreviver.isso,definitivamente não é justo.esse sistema de castas,sustentado com dinheiro publico,simplesmente não cabe.Brasil esta parecendo a Índia,onde os infelizes são convencidos de que são inferiores e assim,devem pagar seus impostos conformados.no brasilnao e induismo,mas será que a igreja católica não tem sua parcela de culpa nessa lavagem cerebral indecente que protege a casta superior dos políticos e serviço público brasileiros em geral?

    Curtir

  • Renato Pires disse:

    Curtir

  • Renato Pires disse:

    Curtir

  • Márcia disse:

    A verdade, na lata, e sem rodeios. E se esse gráfico não revela um golpe comunista, quer que eu o desenhe?

    Curtir

  • Eliseu Egídio Porto disse:

    Somos um povo leniente. Países sérios só são o que são porque o “respeitável público” fez suas revoluções para mudar o status quo. Todos sabemos onde está o problema; temos analistas sérios que escancaram a realidade na nossa fuça e mesmo assim continuamos deitados em berço esplêndido à espera de…do que, mesmo? Ah, sim! Da próxima eleição para, ou eleger a mesma corja de bandidos ou, quem sabe, conseguir uma teta pública para alimentar nossa incompetência. Vida de gado de um povo marcado.

    Curtir

  • Marcos Jefferson da Silva disse:

    Caro Fernão, está tramitando no congresso projeto de reforma política.
    Não vejo falarem de voto distrital, recall.
    Não existe nenhuma pressão sobre os parlamentares, nesse sentido?

    Curtir

  • José Silverio Vasconcelos Miranda disse:

    Nas cidades, principalmente nas maiores, é dificil encontrar uma família
    que não tenha um funcionário público. Seja na ativa, aposentado, civil,
    militar, de estatal ou assemelhado. É duro mas é pura verdade. De maneira tal que mudar o ” status quo” é quase impossivel. São corporações muito fortes e bem estruturadas. Fazem greves. Ninguém
    sente a falta ” deles” quando parados, pois pouco ou quase nada produzem. Estamos no mato sem cachorro e sem espingarda.

    Curtir

  • João Carlos disse:

    Roberto de Oliveira Campos dizia que quando o PT assumisse o poder seria muito difícil abandoná-lo. Eis a profecia se realizando.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento O resumo do Brasil no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: