28 de dezembro de 2019 § 7 Comentários

Em vez de Sérgio Moro é com Zé Antonio Dias Toffoli que Jair Bolsonaro se aconselha para tomar decisões na área da justiça. Certo: analfabeto é com analfabeto que se entende. Mas para o Brasil que sonha em civilizar-se é o pior dos mundos.

Marcado:,

§ 7 Respostas para

  • Mário Rubial Monteiro disse:

    Por alguma conspiração que não cabe aqui explicar, o Brasil é um país amaldiçoado, e eternamente condenado ao atraso. 519 anos se passaram e não conseguimos melhorar em nada. Apenas aprofundamos a eterna miséria. E dizem que Deus é brasileiro. Até ele já ficou cheio!

    Curtir

  • carmen leibovici disse:

    Bolsonaro se aconselha com Toffoli para tomar decisões na área da injustiça,como já está pra lá de claro;não na área da Justiça.

    Curtir

  • Cirval disse:

    O Brasil se parece com aquele mendigo que não tem onde cair morto, mas cria despesas. Será que o juiz de garantias permite às “otoridades” maior oportunidade de indicação, ou seja,maior reforço político? Afinal, a indicação é um instrumento que dá força política à “otoridade”. O criador dessa maravilha não conhece nada do país. Pensa que no Brasil só existem cidades com mais de 200 mil habitantes. É como a nossa Constituição que previu direitos impraticáveis no presente para consumo futuro. Contratos futuros. Como na Bolsa. Aliás, a nossa Constituição já deve estar duplicada, tamanha é a quantidade de emendas. Está se parecendo com um veículo automotor que vai ao mecânico todo o dia para trocar peças, ou seja, feito nas coxas. E dar um país a um presidente tão inerte, incompetente e arcaico como o Bolsonada combina. O Brasil funciona quando um presidente não atrapalha e, hoje, não é o nosso caso. Lamentavelmente.

    Curtir

  • A. disse:

    Desejar “Feliz Ano Novo” soa mais como deboche do que como votos de felicidade…

    Curtir

  • turisul disse:

    O que salva Bolsonaro de um impeachment é que, teoricamente, nos salvou do PT. Teoricamente…

    Curtir

  • terezasayeg disse:

    Cada vez mais isso me lembra Tancredi, personagem de Il Gattopardo, de Lampedusa, que diz ao tio: “É preciso que tudo mude para que tudo fique como está”.
    Velhos hábitos são muito arraigados…

    Curtir

  • Olavo Leal disse:

    Tenho frequentado esta coluna, fruto da publicação da mesma no Estadão, mas confesso que estou perdendo o impulso, tal a quantidade de comentários anti-Bolsonaro. Até parece que nosso Presidente não conseguiu realizar nada de bom, produtivo, favorável ao povo brasileiro. Comentaristas – e, a meu ver, tb o colunista! – parecem se perder, vendo apenas os pontos negativos do governo atual, que existem, mas não fazem frente às muitas realizações alcançadas.
    Esse foi, por sinal, o tema do editorial do Estadão referente aos 145 anos de vida, há dias: o jornal apoia um fato novo – República, revolução de 30, contragolpe de 64 etc, etc, etc – mas logo após “encontra” um ponto negativo e volta-se contra o até então apoiado. Virou rotina.
    Há cerca de ano e meio, não tínhamos muitas opções: (1) continuação do lulopetismo; (2) dar força à centro-esquerda do PSDB, que vinha de voos de galinha nas eleições anteriores e partiu para outro desses voos em 2018; e (3) Bolsonaro, que ganhou força como única possibilidade de derrotar o PT.
    Bolsonaro ganhou, com imensa vibração popular, e iniciou seu governo. Bastaram alguns vacilos ou contrapontos – ninguém é perfeito!!! – para que o jornal e seus “seguidores” mudassem de posição e passassem a atacar o governante, por vezes com certa ferocidade – cheguei a cancelar a assinatura, mas fui convencido a dar outra oportunidade, a qual, infelizmente, está se esgotando.
    Uma verdadeira pena que esse tipo de atitude prevaleça!!! Quantas realizações não mostradas. Temo uma volta ao lullismo.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

O que é isso?

Você está lendo no momento no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: