Lula de galho em galho: memórias

15 de janeiro de 2013 § 1 comentário

Não é verdade o que Hélio Bicudo diz aqui sobre a relação da imprensa com o governo Lula. Pelo menos não em relação à grande imprensa do Sudeste do Brasil. É porque ela tem cumprido o seu papel – absolutamente solitária dentro do ringue até que o STF entrasse em cena no último round dessa luta – que o Brasil sabe o que sabe hoje sobre o PT.

Hélio Bicudo, que trabalhou em redações boa parte de sua vida, está cansado de saber disso e tem outras razões que eu conheço para destilar esse fel. Sua vida inteira, aliás, tem sido embarcar cedo demais e desembarcar tarde demais das canoas erradas, fato de que é prova esta entrevista. Mas isso não vem ao caso…

Este filme vale pela edição que faz do espetáculo impressionante do nosso camaleão-chefe mudando de cor ao sabor das alterações do ambiente diante dos nossos olhos.

Isso não tem preço!

Filme enviado por José Neumanne Pinto

Marcado:

§ Uma Resposta para Lula de galho em galho: memórias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Lula de galho em galho: memórias no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: