Quem tem medo do Congresso Nacional?

15 de março de 2012 § 2 Comentários

(A foto foi alterada para salvaguardar a honra da profissional)

Ver a trinca Sarney, Jucá e Renan levar uma rasteira nunca é razão pra chorar.

Mas a Dilma não bateu neles pelo que eles representam. Bateu só porque foi contrariada e desse jeito ela não brinca mais.

Eles todos se merecem.

Barraram a condução do meu amiguinho para a Agencia Nacional de Transportes? Não me deram a votação da lei que pune empresas que pagam menos às mulheres no Dia Internacional das Mulheres? Estragaram a minha festa?

Deixa estar, jacaré!

Bye bye, Jucá! E tome Eduardo Braga, seu Sarney!

E aproveita e prega o pé no dr. Vacarezza também que andou me contrariando na votação do Código Florestal. Aí ó!

Bem feito! Tá pensando!

Dona Dilma definitivamente não acordou de bom humor, seu Lula!.

A arraia miúda põe a boca no trombone. Passa recibo. Frisa a natureza comercial da transação. O PR “sai da coalizão”, oficialmente porque perdeu a teta.

Vocês resolvem a vida de todo mundo e não resolvem a nossa? PT saudações“.

O Blairo tá à venda, sim. Mas é preciso pagar, qualé!

Já os profissionais só chacoalham os guizos.

O Sarney tá mesmo na porta da saída. Os outros dois têm sete anos de mandato no Senado, mais que o dobro dos três que restam à dona Dilma.

Não vai faltar oportunidade…

E, de repente, vai que tudo isso ainda não acaba virando oportunidade para mais lucros.

Pois já não estão todos de braços dados – PMDB, DEM, PSDB e PP – assinando a moção do PT ao TSE para melar o impedimento das candidaturas de quem tem dividas de campanha penduradas?

Amigos, amigos, negócios à parte. Afinal, o dinheiro compra ate o amor verdadeiro.

Marcado:, , , , , , , , , , , , , ,

§ 2 Respostas para Quem tem medo do Congresso Nacional?

  • alberto mattos de faria disse:

    isso é pior que balaio de gato !!!

    Curtir

  • Varlice disse:

    Há muito os políticos se esqueceram do real significado dos votos que recebem do eleitorado e que os catapultam ao nirvana desfrutado no paraíso terrestre denominado Brasília.
    Esqueceram-se também das suas obrigações como representantes de seus eleitores; e de algumas palavrinhas perdidas ao longo do tortuoso caminho da vida pública – como ética, honestidade, integridade, lealdade, responsabilidade, competência…
    É um mundo à parte esse da capital federal – não só no Brasil, mas no planeta. E, sendo um mundo à parte, vive realidades muito particulares e especiais alimentadas por fisiologismos e cacoetes variados da pior espécie.
    Cabe ao eleitor – e somente a ele – negar aos maus políticos (sejamos generosos em acreditar que há algum bom) o voto e assim acabar com a, digamos o correto nome da coisa, putaria que permeia a política brasileira como um todo, dela não se salvando um só partido. Todos eles, em maior ou menor grau, vivem uma relação promíscua e vergonhosa entre si, ao mesmo tempo incestuosa e sodomita. Parecem gostar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Quem tem medo do Congresso Nacional? no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: