Pensando o 2º turno – 2

7 de dezembro de 2020 § 23 Comentários

Tendo escrito o primeiro artigo desta série na noite do domingo da eleição, pois estava de partida na segunda pela manhã para local fora do alcance das loucuras internetáveis, ficou faltando a avaliação dos votos brancos, dos votos nulos e das abstenções que, repetindo com mais ênfase o que já acontecera no 1º turno, foram os grandes “vencedores” destas eleições não só em São Paulo como também no Brasil inteiro.

Bruno Covas foi eleito com 3.169.121 votos, Boulos ficou com 2.168.109. Abstenções, brancos e nulos somaram 3.649.457, quase meio milhão a mais que Bruno Covas.

O que leva-me a reafirmar a conclusão da primeira análise. Por que, afinal, os candidatos “outsiders” perderam foça? A resposta que o numero de “não votos” sugere é: porque não são realmente “outsiders”. A começar pelos candidatos e pelos representantes eleitos do “Novo”, nenhum tem nada de realmente novo a propor. O aparente “repúdio da anti-política” que se configurou nesta eleição pode ser mais adequadamente lido como mais uma atitude não necessariamente “anti-política” mas certamente “anti-essa-nossa-política” de um eleitorado órfão que permanece excluído dela antes e depois das eleições. Não significa, portanto, uma vitória dos “pró-política” e dos “insiders”. O grande vencedor da eleição continua sendo o anti-voto.

Outro dado notável que se repete apesar de todos os esforços da torcida é a rejeição maciça das candidaturas “de minorias”, seja as de raça, seja as de gênero, não só pelos eleitores como até mesmo dos próprios candidatos que poderiam supostamente beneficiar-se do incentivo a critérios de seleção “ideológico-afirmativos”. O Brasil ainda é saudável o bastante para não acreditar que todos os problemas do mundo podem ser resolvidos colocando-se um “exemplar” de cada “minoria” num canto da sala, como quer aquela imprensa americana doente que a parcela da imprensa nacional que não pensa, é pensada “dubla” em ordem unida. O brasileiro que ainda se dá o trabalho de votar, prefere os conteúdos aos invólucros.

Mas este é o assunto de amanhã.




Onde estou?

Você está navegando em publicações marcadas com votos brancos e nulos em VESPEIRO.

%d blogueiros gostam disto: