O olho de Obama

11 de setembro de 2013 § 1 comentário

burro12

Enquanto o PC do B, o protetor de Cesare Battisti, negocia com Vladimir Putin, o protetor de Bashar al Assad, para ouvir Edward Snowden de modo a deter a espionagem americana que ameaça a segurança do mundo e a lisura do jogo econômico internacional (Democratas, unidos, jamais serão vencidos!), é provável que os especialistas daquele “tradicional grupo de profissionais que blinda Dilma na rede” (veja a matéria “Top, top secret” aí embaixo) estejam examinando com o mais alto interesse o mais novo segmento da corda que vem sendo pacientemente trançada pelos capitalistas para o seu futuro enforcamento.

A imprensa especializada americana destaca hoje os novos sensores instalados no iPhone 5S lançado ontem pela Apple, como a mais decisiva confirmação da tendência, generalizada nessa indústria, de transformar todos os aparelhos de uso pessoal intensivo, especialmente o onipresente “celular inteligente”, em plataformas de múltiplos “sensores permanentemente ligados” (“always-on sensors”).

burro2

O iPhone 5S vem agora com um “co-processador de movimentos” empacotado num novo chip, o M7, cuja função é “monitorar permanentemente todos os sensores de movimentos já embutidos no seu telefone como o acelerômetro, o giroscópio e a bussola”.

Esses sensores, em si mesmos”, esclarecem os especialistas, “não são novidade. Mas dedicar um chip exclusivamente para monitorá-los, sim. O M7 acoplado a algo chamado CoreMotion API, que é um software que transforma os impulsos medidos por esses sensores em informações combinadas legíveis, torna essas informações disponíveis para qualquer aplicação que se baseie no seu uso”.

Um dos aplicativos baseados nessa API, informa a Apple, será o Nike+Move que fará com que o seu celular substitua o Fuelband da própria Nike, que são aquelas pulseiras que medem quanto você andou, por quanto tempo, em que direção, a que velocidade, empurrado por quantos batimentos cardíacos por minuto e queimando quantas calorias, entre outras informações.

burro2

Os Galaxy S3 e S4 da Samsung também embutem “acelerômetros”, por enquanto usados para funções inocentes tais como rejeitar uma ligação virando o aparelho para um lado e para o outro ou “dar zoom” numa foto imitando o gesto de afastar ou aproximar o telefone dos olhos. Os S4 já incluem, também, sensores de umidade e temperatura, por enquanto usados, alegadamente, apenas para “fazer os telefones contribuírem para sistemas mais amplos de previsão do tempo”.

Já os MotoX, da Motorola, estão “sempre ouvindo”. O chip de processamento de áudio que ele incorpora é “especializado na supressão de ruídos e no reconhecimento de voz”. Como reconhece certas palavras e movimentos, outro tipo de processamento dessas informações “allways-on”, segundo o site especializado AllThingsD, permite que esse telefone “antecipe os movimentos do usuário”. Por exemplo, segure o telefone como se fosse tirar uma foto e ele ligará automaticamente a câmera.

burro2a

Todos, entre esses aparelhos, que são motorizados pelo sistema Android, do Google, transmitem, ainda, dados sobre os deslocamentos físicos de seus usuários a partir dos GPS’s “allways-on” dos seus sistemas, mantidos assim “para montar e animar os Google Maps e os sistemas de monitoramento de tráfego”, muito em voga ultimamente.

Todos esses “features” e inocentes comodidades, entretanto, custam dezenas de bilhões de dólares e anos de trabalho para serem desenvolvidos, o que nos põe diante de uma flagrante desproporção entre custo e benefício.

Mas quando saímos do transe do brinquedinho novo e nos damos conta de que a pergunta sobre a real utilidade de todas essas aparentes bobagens poderia ser perfeitamente respondida com a mesma frase que o Lobo Mau devolvia à Chapeuzinho Vermelho quando ela candidamente o interrogava sobre a serventia daquelas orelhas, daquele nariz e daquela boca “tão grandes”, começamos a entender melhor em que terreno estamos pisando.

burro2

Por enquanto a única coisa que impede que todos esses chips fiquem “allways-on” todos juntos, ao mesmo tempo e o tempo todo é a charada tecnológica da duração das baterias que, por enquanto, não suportam esse desaforo todo.

Mas enquanto ela não se resolve os fornecedores dessas plataformas, pelas quais pagamos regiamente e que cuidamos de manter sempre ao alcance de tudo que eles querem saber, vão vendendo a peso de ouro as informações que elas nos arrancam enquanto brincamos com elas. De carona com eles vão também os analistas de “big data”, cada um com seu interesse específico, nadando de braçada nas nossas intimidades.

Em priscas eras, coisa de quatro ou cinco anos atrás nestes tempos de internet, temia-se o desenvolvimento do que se chamava então “uma internet das coisas” onde tudo – de sapatos a automóveis – estaria conectado, o que resultaria no permanente monitoramento de tudo que as pessoas fazem ou deixam de fazer.

burro2a

Era esse o cenário tenebroso à la “1984/Big Brother” dos pessimistas de então.

Agora, compreendendo melhor o real grau de inteligência dos portadores de celulares inteligentes, os fabricantes perceberam que em vez de colocar chips em tudo é mais fácil embutir todos eles nos celulares que eles carregam consigo de livre e espontânea vontade do confessionário ao banheiro, passando por tudo que está no meio, e registrar cada soluço que seus portadores dão – para vender ou manipular tais informações em função de projetos de poder ou simplesmente vigiar concorrentes, desafetos ou opositores para eventuais providências futuras – enquanto os alegres objetos desse monitoramento permanente, nus em pelo, distraem-se a vociferar contra “as óbvias intenções” de Obama e da CIA de despi-los, destruir democracias e atacar gratuitamente gente inocente.

Sai muito mais barato.

burro7

Faltam 33 votos para o golpe

13 de julho de 2013 § 16 Comentários

rui5

O golpe do “Plebiscito já” continua andando. E rápido!

PT, PDT e PC do B convocaram, sexta-feira, os chefes das centrais sindicais das passeatas fracassadas para consolá-los dizendo que estão mobilizando suas bancadas no Congresso onde é mais fácil juntar gente para propósitos como esse que nas ruas.

Pelas contas feitas entre Rui Falcão, o mais alto encarregado da articulação do golpe, e Jose Guimarães, o da cueca, irmão de Genoíno o condenado, reunidos sexta no Congresso, o golpe já conta com os 138 votos das bancadas somadas dessas tres “agremiações democráticas” que fecharam questão no “Plebiscito já” que pode salvar o PT do desastre quase certo em 2014 a que Dilma o condenou.

rui8

Para os 171 votos requeridos para um “Decreto Legislativo” impondo o “Plebiscito já” (figura jurídica que é uma contradição em termos, mas vá lá, isto é o Brasil…) faltam só 33, a serem colhidos entre sólidos baluartes da legitimidade democrática como Valdemar da Costa Neto, Paulo Salim Maluf, Fernando Collor de Mello, José Sarney e outros sócios preferenciais deste governo, só pra mencionarmos alguns dos mais interessados em que o poder jamais troque de mãos e a “caixa preta” da verdade inteira sobre a roubalheira na “Era PT”, que poderá leva-los à prisão perpétua, jamais venha a ser aberta.

Na terça-feira que vem os presidentes dos três partidos reúnem-se com a mais recente aquisição do peleguismo nacional, nada menos que a Ordem dos Advogados do Brasil. Este antigo baluarte da democracia hoje está que é “cú e cueca” com Rui Falcão e José Guimarães…

rui6

Não esquecer, finalmente, que a missão da “Jornada de Luta” sem lutadores desta última quinta-feira era explicitamente essa: reviver o “Plebiscito já“. E que quando não conseguiram quórum, partiram para o quebra-quebra que se viu no Rio.

Quanto mais isolados se virem, quanto mais notoriamente sem apoio, quanto mais ameaçados de perder o poder, portanto, mais esse pessoal “fecha” com a idéia de um golpe.

Essa é a turma que “cutumô” com jatinho da FAB e o mais que vem junto. Foram 1664 vôos neste primeiro semestre, 9 por dia, 39% a mais que no ano passado. Um monte deles passou por cima das manifestações de massa com massa onde o povo bradava nas ruas do país inteiro pelo fim do deboche no uso do dinheiro público.

Só o Alexandre Padilha, Ministro da Saude, voou 110 vezes nestes seis meses. Quase todo dia, portanto. Só o jatinho dele e mais esses vôos valem duas, tres vezes mais que o pacote de miseros 12 bi que dona Dilma magnanimamente e com o estardalhaço de sempre concedeu pra todo o sistema nacional de saude publica na semana passada.

rui11

Gente desse nível de cara de pau é capaz de tudo!

É tudo legal“, reagem em coro os nossos novos “jet-setters“. Legal segundo o decreto real, digo presidencial, nº 4244 que estabeleceu que assim é, e quem não gostar que coma bolos.

Não se engane, prezado leitor: assim como fazer o povão andar pra traz, por pouco que seja, depois de experimentar o melado é razão suficiente para a derrubada da Bastilha, não perder futebol na Tribuna de Honra, Trancoso de graça, carona pra corte em jatinhos particulares, puxação de saco e segurança perpétuas sem ter de trabalhar nem brilhar num mundo cada vez mais instável e competitivo é razão mais que suficiente pra qualquer golpe.

TQ SAO PAULO 27.02.2012 OE NACIONAL POLITICA ELEI‚ÍES 2012 Entrevista coletiva com Rui Falc‹o, Presidente Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) na

Por muito menos que isso centenas de milhões de litros de sangue têm sido derramados e Gulags inteiros têm sido erguidos e mantidos pra calar a boca dos descontentes ao longo da História da Humanidade.

De modo que é hora de voltar pra rua e não sair mais dela até que esse plebiscito esteja definitivamente enterrado.

PS.: A Polícia Federal “concluiu” após “exaustiva investigação” que não houve crime no boato sobre o fim do Bolsa Família. Do que decorre que houve crime no modo como o PT tentou explorá-lo pra confundir a sua proverbial incompetência com uma tentativa de golpe da oposição.

rui12

Onde estou?

Você está navegando em publicações marcadas com PCdoB em VESPEIRO.

%d blogueiros gostam disto: