7 de outubro de 2019 § 8 Comentários

Constatada a ilimitada instabilidade do passado no país dos toffolis e dos gilmares até Marcelo Odebrecht, quem diria, vai pleitear a re-narração do seu. Todo dia, agora, ele dá declaração no sentido de “provar” que Lula nunca levou um tostão da Odebrecht. Tudo foi só o Palocci!

Marcado:, , , ,

§ 8 Respostas para

  • Alexandre disse:

    Aparentemente, ele aposta tudo no atropelamento da Lava Jato pelo establishment formados pelos grandes corruptos, em especial os de Brasília, petistas graúdos e seus cúmplices de outros partidos.

    Curtir

  • terezasayeg disse:

    Neste país até o passado é incerto. Vergonhoso!

    Curtir

  • RUBI RODRIGUES disse:

    Aposta equivocada do Marcelo. Aqui a Nação e as Forças Armadas estão do mesmo lado e estão tentando fazer transição para o futuro sem ruptura. A grande civilização dos trópicos acontecerá de qualquer forma.Quem rema contra está tendo a oportunidade de reconsiderar. Ainda.

    Curtir

  • Herbert Sílvio Augusto Pinho Halbsgut disse:

    “Quosque tandem Catilina nostra patientia?”. Quanto mais se agita o senhor Marcelo Odebrecht , mais a coisa fede no Brasil desconstruído no governo de Lula. Que descaramento de alguns homens públicos e seus amigos empresários!

    Curtir

    • Herbert Sílvio Augusto Pinho Halbsgut disse:

      Peço-lhes vênia, pois ainda atordoado com a notícia da outorga do título de cidadão honorário parisiense a Lula, pelo Conselho de Paris, acabei citando a famosa frase latina com erros, que corrijo a seguir: “Quo usque tandem abutere, Catilina, patientia nostra?”.

      Curtir

  • Luiz Calejon disse:

    Esse sujeito não honra as calças que veste.

    Curtir

  • Paulo Eduardo Grimaldi disse:

    Até as pedras sabem que Lula, instruído pelo guru José Dirceu, arquitetou o projeto criminoso de poder sem precedentes, aparelhando o STF com figuras conhecidas (destaque para “aquele” que foi reprovado duas vezes em concurso para juiz), instituindo a roubalheira generalizada para que as empreiteiras lhe pagassem o “dízimo” gerado pelo superfaturamento escandaloso. A delação premiada de membros da quadrilha trouxeram à luz os fatos.

    Curtir

  • Jose Jorge Mussi Neto disse:

    Quem não em condições de ser aprovado como juiz, pode ser presidente do supremo? Meus Deus!!!!! O onde vamos parar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento no VESPEIRO.

Meta

%d blogueiros gostam disto: